A crise no PSB e a imprensa como incendiária

 
Não tem como negar o papel extremamente importante da grande maioria da imprensa paraibana no processo de desentendimento entre o Governador João Azevedo e o ex Ricardo Coutinho com consequências imprevisíveis parapróximos capítulos.

A entrevista dada pelo ex-governador na manhã deste domingo (15) na TV Tambaú já produziu – apesar de Ricardo ter afirmado que não iria provocar – manchetes em blogs e sites das mais ‘intriguentas’ possíveis.

Quase uma hora de entrevista, abordando temas dos mais diversos e as manchetes foram uma só: Ricardo critica gestão de João por inaugurar obras de seu governo!”.

Mal o domingo terminou e João já respondeu a Ricardo via imprensa que turbina falas de lado a lado.

O fato é que, pela imprensa o impasse no PSB não vai se resolver, é preciso que ambos os lados baixem as armas e comecem o diálogo, pela imprensa ambos podem terminarem literalmente queimados.

Em tempo: Lembrem do que disse o experiente jornalista político Wellington Farias: “nessa briga só quem não ganha é João e Ricardo”.

Marcos Sales
Contato com a coluna: @Salles_Marcos
Email: marcosexpresso@live.com

Secretária rechaça denúncias contra sua pasta e garante que a educação de Mari tem evoluído em investimento e qualidade
Bombeiros encontram corpo de mulher que estava desaparecida em Caiçara/PB
Menina de 14 anos é achada morta com marcas de facadas


Confira o resultado final do concurso com 71 vagas para professor e guarda municipal na Prefeitura de Conde

 
Os salários variam entre R$ 1.047,90 e R$ 1.607,96.

A homologação do Concurso para professor será no dia 19 de dezembro e para guarda municipal, a previsão é para o dia 26 de novembro. (Foto: reprodução)
A Prefeitura de Conde, publicou na tarde deste domingo o resultado final do concurso que oferece 71 vagas, sendo 51 para professores e 20 para guarda municipal. O certame foi aplicado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) e o resultado pode ser consultado no Portal da Prefeitura, na aba “Concurso Público, na edição nº 1.582 do Diário Oficial do município e no site da empresa organizadora.(Confira aqui)

As provas foram aplicadas no dia 19 de maio para um total de 5.188 inscritos. Os salários variam entre R$ 1.047,90 e R$ 1.607,96.

A homologação do Concurso para professor será no dia 19 de dezembro e para guarda municipal, a previsão é para o dia 26 de novembro. No dia 16 de setembro, os candidatos e candidatas para Guarda Municipal serão convocados para apresentação dos Exames Médicos.

Seguindo o cronograma proposto, o Teste de Aptidão Física que seria realizado no 16 de junho, foi adiado devido as fortes chuvas que caíram no município, sendo realizada no último dia 23 de junho. No dia 07 de julho, os aptos participaram da avaliação psicológica.

 

clickpb.com.br

 

 


Cinco deputados paraibanos assinam pedido de CPI da ‘Lava Jato’ na Câmara

 Brasília – Plenário da Câmara dos Deputados durante sessão extraordinária convocada para analisar a MP dos Portos, segue vazio.O pedido de CPI da Lava Jato foi validado pela Mesa da Câmara dos Deputados nesta última sexta-feira (13). A Mesa validou 175 das mais de 200 assinaturas obtidas pela oposição no requerimento que pede a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar, com base nas mensagens divulgadas pelo site The Intercept, supostas arbitrariedades e ilegalidades cometidas pelos membros da Força Tarefa da Lava Jato e pelo então juiz Sergio Moro. Ainda é necessário, contudo, que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), autorize a instalação da CPI. Dentre os doze depu

Entre os deputados que assinaram a criação da CPi da ‘Vaza Jato’, estão os cinco paraibanos: Aguinaldo Ribeiro, Damião Feliciano, Frei Anastácio, Gervásio Maia e Wellington Roberto. Autora do pedido, que também tem sido chamado de CPI da Vaza Jato, a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) contou que desde o recesso de julho vinha tentando recolher as 171 assinaturas necessárias ao pedido de CPI, que foi protocolado nessa quinta-feira (12). Ela comemorou, portanto, a conferência da Mesa e lembrou que agora cabe ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), instalar acomissão.

“Todos nós temos acompanhado as denúncias da chamada Vaza Jato, a divulgação de diálogos e articulações e, na verdade, uma grande cumplicidade do ex-juiz Sergio Moro, do Deltan Dallagnol e da sua equipe de procuradores. Essa promiscuidade denunciada precisa ter uma resposta”, defendeu Jandira, dizendo que as pessoas têm perguntado o que vai ser feito diante disso.

“A CPI é necessário porque o Deltan já se recusou duas vezes a ir à Câmara e nós não podemos convocá-lo pela legislação brasileira. E o ex-juiz Moro foi lá duas vezes e não respondeu nada. Não negou o conteúdo das mensagens, mas colocou em dúvida a autenticidade que cada dia está mais comprovada”, acrescentou a deputada.

 

Pbagora.com.br

 

 


Eles têm a força: CPI dos Planos de Saúde ‘morreu’ antes mesmo de ser criada

 
Lobby de empresas que faturam R$ 175 bilhões barrou investigação no Senado

A Agemed e Assistência Médica Infantil (AMI) são as duas operadoras mais afetadas Foto: EBC

O poderoso lobby dos planos de saúde, que faturam R$175 bilhões por ano, não apenas consegue tornar dóceis os órgãos oficiais criados para fiscalizá-las, como sufoca qualquer tentativa de investigação. Em 2018, senadores emplacaram uma CPI para investigar os aumentos abusivos de planos de saúde. A então senadora Lídice da Mata (PSB-BA), hoje deputada, foi a autora. Mas a CPI nunca saiu do papel. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A CPI dos Planos de Saúde foi criada na prática em julho de 2018. Seis meses depois, “morreu” sem nenhum senador indicado.

Em 2017, planos de saúde aumentaram em média 13,5%, quase cinco vezes a inflação de 2,9%. Não foram processados por crime de usura.

Um dos objetivos da CPI era investigar por que a Agência Nacional de Saúde Suplementar é tão leniente com os planos que deveria fiscalizar.

“A ANS está mais preocupada com o pleito dos planos de saúde”, disse Lídice da Mata. E não está nem aí com os cidadãos, faltou dizer.

 

Diariodopoder.com.br

 

 


Caixa põe R$4,97 bilhões do FGTS na conta de 12 milhões de trabalhadores


A cada duas semanas serão liberar mais de R$5 bilhões, diz o presidente da Caixa

Caixa Econômica Federal iniciou neste sábado a liberação do saque de até R$500 em contas (FGTS) - Foto: Marcelo Camargo/ABr.

A Caixa Econômica Federal registrou 12 milhões de transações no primeiro sábado com agências bancárias abertas para o pagamento do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Segundo o banco, foram creditados R$ 4,97 bilhões nas contas de mais de 12 milhões de trabalhadores.

Por meio do Twitter, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, informou que o banco está preparado para atender os trabalhadores interessados em fazer a retirada dos valores disponíveis.

“A cada duas semanas, vamos liberar mais de R$ 5 bilhões. A Caixa está preparada para atender a população com tranquilidade nos mais de 55 mil pontos de atendimento em todas as regiões do Brasil”, disse.

De acordo com a Caixa, com os pagamentos do FGTS liberados na sexta-feira (13), o banco atingiu o maior número de transações da história no Internet Banking. Até ontem, foram mais de 33 milhões de movimentações, aumento de 97% comparado com o dia 14 de agosto.

Horário especial
A Caixa também vai trabalhar com horário estendido por duas horas nas próximas segunda (16) e terça-feira (17). Assim, as agências, que normalmente abrem às 11h, vão iniciar o atendimento às 9h. Já as que abrem às 10h iniciarão os trabalhos às 8h e as que abrem às 9h atenderão a partir das 8h e terão uma hora a mais ao final do expediente. No caso de agências que abrem às 8h, serão duas horas a mais ao final do expediente normal.

Depósito automático
A Caixa começou a fazer o depósito automático para quem tem conta poupança, seguindo calendário do mês de nascimento. Os próximos a ter acesso ao saque são os nascidos em maio, junho, julho e agosto, no dia 27 de setembro. Em seguida, no dia 9 de outubro, será a vez de os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro. Os clientes da Caixa que têm conta corrente podem fazer o pedido de crédito por meio dos canais de atendimento.

Segundo o banco, cerca de 33 milhões de trabalhadores receberão o crédito automático na conta poupança. Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais disponibilizados pela Caixa.

Além das agências bancárias, a Caixa disponibiliza os seguintes canais de atendimento: o aplicativo do FGTS, a página na internet, o Internet Banking Caixa e o telefone 0800 724 2019.

Para aqueles que não têm conta poupança na Caixa, aberta até o dia 24 de julho de 2019, ou conta-corrente, o calendário começa no dia 18 de outubro, para os nascidos em janeiro, e vai até 6 de março de 2020, para os nascidos em dezembro.

Diariodopoder.com.br

 


Bolsonaro recebe visita de Moro e lista medidas do governo nos últimos dias

 

Presidente relaciona nas redes sociais as conquistas mais recentes da sua administração

O ministro Sérgio Moro em visita ao presidente Bolsonaro no hospital. Foto: Redes Sociais

O presidente da República, Jair Bolsonaro, publicou em sua conta na rede social Twitter neste domingo (15) um conjunto de medidas anunciadas na última semana pela sua administração. O governante está em repouso se recuperando de cirurgia em um hospital da cidade de São Paulo.

Bolsonaro elencou entre as realizações anunciadas pelo governo o saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), a ampliação de mercados de carne e leite no exterior, a medida provisória (MP) que prevê a criação da carteira estudantil digital e a Semana do Brasil, parceria empre governo e iniciativa privada em que lojas aproveitam o feriado da Independência (7 de setembro) para oferecer descontos e ampliar vendas.

O presidente ressaltou também a notícia da ampliação de equipes de saúde primária, o projeto de irrigação Jaíba, segundo ele, o maior da América Latina, reformas de pistas de pouso e decolagem de aviões em diversos pontos do país e a MP que prevê pensão a crianças com microcefalia decorrentes do vírus Zika.

O presidente segue no Hospital Vila Star, em São Paulo, recuperando-se da cirurgia em razão da facada levada durante a campanha nas eleições presidenciais de 2018. Foi o quarto procedimento desde o episódio ocorrido em 6 de setembro de 2018. Segundo a assessoria de imprensa da Presidência, na tarde de hoje (15), Bolsonaro caminhou e está acompanhando um jogo do Campeonato Brasileiro de Futebol. Também pelas redes sociais, o presidente comentou que conversou com a filha Laura, de 8 anos, do casamento com Michelle Bolsonaro. Na tarde de hoje, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, esteve no hospital paulistano acompanhado da mulher Rosangela Moro e publicou uma foto em seu Twitter em que o casal aparece ao lado do presidente e da primeira-dama, Michelle Bolsonaro. (ABr)


Morre o cantor português Roberto Leal, aos 67 anos

 
Artista luso-brasileiro lutava contra um câncer e estava internado desde a última quarta (15) num hospital de São Paulo

Divulgação(foto: Divulgação)
O cantor português Roberto Leal morreu na madrugada deste domingo, em São Paulo, vítima de um câncer. Divulgada no jornal lusitano O Público, a informação foi confirmada pelo político José Cesário, deputado do parlamento português e amigo do músico. "A tristeza é enorme! Portugal e o Brasil estão de luto. Até sempre!", publicou Cesário no Facebook.


Talentos da minha terra - Cantora e compositora Gabriela Grisi

Naturalidade: João Pessoa – PB

Nascimento: 10 de junho de 1991

Formação artístico-educacional: Canto Popular (2011) pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Atividades artístico-culturais: Cantora, compositora e instrumentista.

E-mail: gabigrisi@gmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/GabriellaGrisiBR

Considerada um dos novos talentos do cenário artístico paraibano, Gabriella Grisi se apaixonou pela música desde a infância, influenciada por sua avó, que tocava piano, e seu pai, que cantava como hobby.

Com apenas 9 anos de idade, subiu no palco pela primeira vez para fazer um dueto com o cantor Benito Di Paula, um dos grandes nomes da música popular brasileira.

Aos 13 anos, começou a estudar música por influência do seu irmão, que tinha ganhado um violão como presente de aniversário. Aos 14, iniciou os estudos em Teoria Musical, na Escola de Música Anthenor Navarro, onde cursou canto lírico por dois anos, com a professora Sara Martins, e piano durante três anos e meio, com o maestro Luiz Carlos Durier. Apesar da formação musical erudita, Gabriella se identificava mais com o estilo de música popular.

Sua primeira composição foi feita ainda na adolescência, com 16 anos de idade, quando uma de suas professoras sugeriu que ela escrevesse uma música como trabalho escolar. Com a ajuda dos amigos Cileninha e Rostand, a jovem escreveu a canção “Meninos do Brasil”.

Gabriella revelou como foram os seus primeiros passos na carreira artística. “Trabalhar com música desde cedo é uma decisão difícil. Pensei em trabalhar com outras coisas antes, mas como a arte e a música sempre foram muito presentes na minha vida, eu não consegui deixá-las de lado”.

Em 2008, participou do Festival Nacional de Arte (FENART), na cidade de João Pessoa (PB), em parceria com o grupo Voluntários da Pátria. No ano seguinte, começou a cursar Jornalismo na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), mas abandonou a graduação. A partir de então, sua família percebeu o quanto a carreira musical era a verdadeira paixão da cantora, e passou a apoiá-la. A artista ingressou no curso de Canto Popular da UFPB, estudando com a professora Daniella Gramani.

Multi-instrumentista, Gabriella toca violão, piano, guitarra, escaleta e flauta doce. Tem o hobby de escrever nas horas vagas. Sobre suas influências musicais, revelou: “Vou de Nina Simone a Jackson do Pandeiro. Adoro a música nordestina, como Alceu Valença, Geraldo Azevedo, Zé Ramalho, Antônio Barros e Cecéu, Caetano Veloso, Djavan e tantos outros artistas brasileiros”.

No ano de 2011, realizou um pocket show no sarau poético “O Corujão”, da Livraria Letras e Expressões, no estado do Rio de Janeiro. Na ocasião, Gabriella Grisi foi apresentada para a plateia pelo cantor Jorge Ben Jor.

Em 2013, como um dos resultados do curso de Canto Popular, a cantora montou o show “Cravo e Canela”, inspirado no livro “Gabriela”, do escritor Jorge Amado. Brincando com o universo de dualidade da personagem do romance, que misturava o sensual com o inocente, e o doce com o apimentado, a cantora preparou um repertório que misturava composições autorais e músicas de artistas nordestinos, como Geraldo Azevedo, Alceu Valença, Lula Queiroga e Dominguinhos. O musical fez parte do Projeto Vozes e foi apresentado na Estação Cabo Branco, na cidade de João Pessoa (PB).

No início de 2014, o show “Cravo e Canela” fez parte do Projeto Quintas Aumentadas, da Usina Cultural Energisa, na capital paraibana. No evento, Gabriella foi acompanhada pelos músicos Helinho Medeiros (teclado e acordeon), Gledson Meira (bateria), Léo Meira (guitarra), Adriano Ismael (contrabaixo), Léo Santos (percussão), Giovanna Maropo e Letícia Costa (backing vocal), com participação especial de Soraya Longo e do cantor Felipe Alcântara, do grupo Os Gonzagas.

Em 2015, Gabriella Grisi montou o show “O Afro-samba”, reunindo principalmente suas influências do jazz, samba e da música afro. A ideia do musical começou em São Paulo, quando a artista cantou “Berimbau” com o amigo e pianista Daniel Grajew, em um bar de jazz chamado All Of Jazz. “Na ocasião, o dono do bar me chamou pra fazer um show. Foi então que surgiu o insigth de fazer os afro-sambas com alguns elementos do jazz”, explicou a cantora.

O espetáculo foi feito em homenagem a Vinicius de Moraes e Baden Powell, e teve canções clássicas como “Samba da Benção”, “Canto de Ossanha”, “Pra que Chorar?” e “Berimbau”. Gabriella explicou que a escolha do repertório foi influenciada pelo disco “Os Afro-sambas”, de Vinicius e Baden, além de outras parcerias da dupla.

Com o acompanhamento dos músicos Daniel Pina (baixo), Felippe Francis (violão), Ricardo Brito (piano e direção musical) e Beto Preah (bateria), o show “O Afro-samba” foi apresentado no Restaurante Pontal do Cabo, na Praia do Cabo Branco, em João Pessoa.

Em 2016, a artista lançou pela internet seu EP intitulado “Cravo e Canela”. Com composições autorais, o disco conta com a participação da cantora Lucy Alves, na faixa “A Flor do Sertão”.

Gabriella Grisi tem um projeto no YouTube, chamado “Gabi Convida”, onde canta com amigos artistas. Em novembro de 2016, se mudou para Houston (EUA), para passar uma temporada aprimorando o inglês, tocando e seguindo seu sonho de divulgar a música brasileira pelo mundo.


Mega-Sena acumula e estimativa de prêmio é de R$ 120 milhões no próximo sorteio

Walla Santos
Walla Santos


A quina teve 154 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 47.474,72. Já a quadra teve 13.387 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 780,19.


Por G1
 

O prêmio acumulou pelo 12º sorteio seguido. (Foto: Walla Santos/ClickPB/Arquivo)
Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.188 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (14) em São Paulo. O prêmio acumulou pelo 12º sorteio seguido.

Veja as dezenas sorteadas: 02 - 17 - 21 - 28 - 51 - 60.

A quina teve 154 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 47.474,72. Já a quadra teve 13.387 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 780,19.

A estimativa de prêmio do próximo concurso é de R$ 120 milhões, segundo a Caixa Econômica Federal.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.


Cida tacha de “infeliz” falas de presidente da ALPB sobre RC

 “De minha parte não tenho dificuldade” diz Romero sobre aproximação com João

A deputada estadual Cida Ramos, PSB, classificou como infeliz, durante entrevista essa semana, a fala do presidente da Casa, Adriano Galdino (PSB), que acusou o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) de atropelar, passar por cima, e, até mesmo, humilhar colegas para garantir a presidência do PSB na Paraíba, quando, na verdade, educadamente, poderia ter expressado o desejo de comandar a legenda.

“Acho uma fala infeliz. Ricardo procurou construir a maioria para que João pudesse governar de forma consensual para que essa casa tivesse uma contribuição muito forte na gestão de João. Eu acho que cada um é responsável pelo que fala, agora, a verdade, ela é única e é a verdade do povo da Paraíba”, disse.

Ainda ontem, em entrevista, o presidente da Casa avisou que deixaria os quadros do PSB paraibano assim que houvesse uma janela partidária. Ele adiantou que, mesmo que haja uma reconciliação entre Ricardo e João, a decisão dele já está tomada.

PB Agora


Eu ouvi exatamente o contrário


Hervásio Bezerra disse, em entrevista radiofônica, que João não era o candidato de Ricardo.

Segundo ele, o candidato de Ricardo seria Gervásio, que deixou de ser por causa de estrepolias que aprontou ou fez.

Pois eu ouvi exatamente o contrário.

Quando ninguém falava de João como aspirante a qualquer cargo político, Ricardo pedia para eu espalhar que o próximo governador seria um rapaz de origem pobre, de Cruz das Armas.

E esse rapaz era João Azevedo.

Ricardo acreditou em João quando ninguém acreditava.

Nem o próprio Hervásio.

Que dizia, pelas ruas de Bananeiras, que com João não se ganharia a eleição.

Todo mundo de Bananeiras sabe disso.

 

blogdotiaolucena.com.br

 

 

Lá em Bananeiras Hervásio afirmava que João era um candidato ruim, que João não gostava de fazer campanha, que João preferia, nos fins de semana, tomar vinho em casa com a família.

Inclusive tinha um assessor de Hervásio em Bananeiras que chamava João de Joca.


Risco-país despenca para o menor patamar desde 2013 e Bolsonaro comemora

 

Presidente divulgou mensagem de confiança na recuperação do País
Redação Redação 14/09/2019 às 17:58 | Atualizado às 00:37
0
Presidente Jair Bolsonaro em uma de suas caminhadas nos corredores do hospital, em São Paulo.
A queda do risco-país para o menor nível desde 2013 foi comemorada pelo presidente Jair Bolsonaro em mensagem no Twitter.

Ele se refeiu ao fato de que nesta sexta-feira (13) o contrato de Credit Default Swap (CDS) de cinco anos do Brasil, que serve de termômetro para o risco-país, operou no nível de 118 pontos, menor patamar desde maio de 2013, conforme cotações da IHS Markit.

O CDS é um contrato financeiro que funciona como uma espécie de seguro contra o calote ao investidor.

“Risco-país cai para o menor nível desde 2013. Boas notícias não param de chegar”, escreveu Bolsonaro. “Aos poucos, com a ajuda de todos, podemos recuperar mais rapidamente nosso amado Brasil!”.


Sidebar Menu