Sobre Pedro Marinho


Foi gerente de vários hotéis em João Pessoa-Pb, Professor de Hotelaria no Senac, Advogado, OAB-PB 12947-B, membro da API - Associação Paraibana de Imprensa, número da carteira 206, de agosto de 1970 e jornalista com registro no Ministério do Trabalho sob nº 3089, e sócio da FENACOM - Federação Nacional dos Comunicadores sob nº165 , colaborando em diversos jornais da Paraíba e Rondônia por mais de 40 anos. Autor do livro biográfico: Joaquim Pereira, Maestro da Orquestra Sinfônica da Paraíba e do livro Procissão das Pedras. Ocupante da Cadeira nº 06 da Academia Paraibana de Música, que tem como patrono o maestro Joaquim Pereira e membro da Academia Vilhenense de Letras em Rondônia.

Cedido ao Governo da Paraíba, trabalhou no Gabinete Civil do Palácio do Governo e no DETRAN-Pb, tendo representado em várias solenidades públicas, os Governadores Antonio Mariz e José Maranhão.

Atualmente é aposentado como delegado de Polícia do Extinto Território Federal de Rondônia, tendo na ativa cedido pelo Governo Federal, exercido as suas atividades profissionais na Secretaria de Segurança daquele Estado durante 25 anos, tendo ocupado todas as suas diretorias, inclusive a Direção Geral. Sendo ainda, professor de várias gerações de policiais e autor do Hino Oficial daquela instituição policial civil.

Quando da aposentadoria recebeu a Comenda "Jorge Teixeira de Oliveira", outorgada pelo Governo do Estado de Rondônia, tendo ainda recebido o título de "Amigo da Cultura" concedido pela Câmara Municipal de Porto Velho e ainda diversos elogios na ficha funcional pelo trabalho como Delegado de Polícia. Ocupou ainda o cargo de Corregedor-Chefe da Corregedoria Fiscal do Estado e ainda o cargo de Chefe de Gabinete da presidência da Assembleia Legislativa de Rondônia. Como sindicalista foi Diretor Financeiro do Sinpfetro – Sindicato dos Policiais do ex-Território Federal de Rondônia, por três mandatos consecutivos.

Sidebar Menu