A titulo de esclarecimento



 

Determinado portal está se prestando a fazer o papel da imprensa nanica, criando uma fonte graúda para, descaradamente, vender ao leitor que ainda acessa seus arquivos a imagem de um Ricardo Coutinho leviano e dado a trocar de partido em troca de um favor.

Quando a verdade é bem outra.

Ricardo começou e continua na esquerda.

Saiu do PT, seu primeiro partido, porque políticos ciumentos e sem votos sabotaram sua pretensão de ser candidato a prefeito de João Pessoa.

Entrou no PSB e enfrentou os piores dissabores, sem arredar um milímetro das suas convicções.

Firme e decidido, renegou dinheiro de campanha em troca da privatização da Cagepa, coisa que seu adversário, à época, não fez.

E se recebe o reconhecimento de Lula, não é por causa de promessas vãs e traiçoeiras, como insinuou o portal, mas por ter demonstrado, seguidas vezes, o apoio incondicional ao ex-presidente nos momentos mais difíceis da sua vida.

Dizer que Ricardo troca o apoio do PT pela promessa de entrar no partido depois das eleições é leviandade e, mais que isso, molecagem.

Foi moleque quem criou a versão e é moleque quem a divulga.

A história de Ricardo Coutinho não comporta negociatas e trairagens.

Ricardo nunca traiu.

Foi, sim, traído pelos que dele receberam apoio e crédito.

Por isso Ricardo é forte.

E o povo confia nele.

É homem de palavra, ao contrário dos moleques que tiram de si o hábito da safadeza e tentam jogá-lo nos ombros de quem fez da coerência e da coragem seu norte na política.

blogdotiaolucena

 





Comentários


Comentar


Sidebar Menu