E os feriados, hem? - Marcos Pires



Na próxima sexta feira teremos mais um feriado. Pouco importa se é o dia da pátria, o dia das mães ou o dia da pizza; nós brasileiros adoramos feriados, a ponto de fazermos nossos calendários com base nos feriados. Só quem está de férias é que não dá o devido ao valor a um bom feriado.

Já perceberam, queridos leitores, que temos feriados ruins, bons e excelentes? Um feriado que cai num domingo é mais inútil do que olhos azuis em gente feia, me dizia a amiga J. F.. Essa amiga é daquelas que mede a sanidade das pessoas pelos feriados. “- Ô Marquito, se no começo do ano você vai logo procurar no calendário o seu aniversário e os feriados, está provado cientificamente que você é normal”. Será?

Mas voltemos aos feriados ruins, bons e excelentes. Do feriado ruim já tratei aqui, é aquele desperdiçado por cair num domingo. Os bons feriados caem na semana, de preferência numa sexta-feira ou na segunda-feira. Meu primo dizia que começar a semana com um feriado é como começar um jantar pelo pudim. Se eu pudesse escolher, votaria nos feriados que caem nas segundas-feiras, se bem que com essa perspectiva costumamos enforcar as tardes das sextas-feiras anteriores.

Quando eu comecei a desenvolver esse assunto estava próximo a um amigo que é desses religiosos fanáticos. Pois ele me disse que os feriados da igreja católica não deveriam poder ser usufruídos por ateus. E sublimou sua crença: “- Amigo, imagina que quando Ele nasce você ganha presente, quando Ele morre você ganha feriado e quando Ele ressuscita você ganha chocolate. Não é à toa que Jesus é tão querido”.

Numa coisa, entretanto, todos concordamos independentemente de nossas crenças religiosas; agosto é o pior mês do ano, porque não tem nenhum dia feriado. Deve ser por isso que chamam agosto de mês do cachorro louco.

Mesmo com religiões diferentes há mais o que nos unir no gosto pelos feriados. Por exemplo a raiva da babaquice daqueles calhordas que para se exibirem dizem que honram os feriados. Por exemplo; assistem aos desfiles no 7 de setembro e trabalham no dia 1 de maio. Tudo certo, com diz Van Van…por que então esse pessoal não honra o dia 2 de novembro, quando comemoramos finados?

Claro que mesmo um feriado bom, daqueles que caem na segunda-feira, pode se estragar com a chuva. Mesmo assim, feriado com chuva é igual a motel sem cama, sempre dá pra fazer alguma coisa.

No mais, o Brasil que eu desejo é aquele em que os feriados virem rotina.




Comentários


Comentar


Sidebar Menu