O sacrossanto Lula e seu endeusamento pelos apresentadores do Programa Correio Debate - Albergio Gomes Medeiros



Albergio Gomes Medeiros

 Ontem ouvi um dos programas de rádio local, especificamente o Correio Debate, e, com exceção de Fabiano Moura, os demais integrantes do programa "canonizaram" Lula, e crucificaram Temer e corriola, demonizando-os porque estão posando e replicando fotos e visitas das obras de transposição do São Francisco.

Sem dúvida que a paternidade da obra é de Lula, incontestavelmente; mas os ilustres e apaixonados comentaristas esqueceram, propositalmente, de que praticamente todos os programas que o messiânico Lula da Silva diz ser "pai", foi simplesmente usurpado de seus antecessores, o que também é irrefutável. Ponto!!!!

De outra banda, numa abordagem reducionista, porém válida, é sabido que os traficantes têm sucesso nas comunidades em que ocupam e lideram, obtêm facilmente refúgios, e têm recrutamentos exitosos de "soldados", enfim tudo em razão do vácuo dos Poderes Públicos, haja vista imprestáveis serviços e assistências, ausências essas supridas pelo traficante e líderes das áreas. Todavia, não obstante tais prestações assistenciais às expensas e patrocínio dos meliantes se configurem em boas ações, os propósitos e ações outras não elidem nem descriminalizam as atividades diuturnas praticadas por aqueles delinquentes.

Logo, mesmo sendo a transposição uma obra de inestimável valor para o sertão do nordeste brasileiro, e tendo a digital do sacrossanto Lula, na louvável iniciativa de realizá-la, todavia, não tem o condão nem o viés de descriminalizar as ações realizadas nos oito (8) anos em que esteve como Presidente, nem elide a descerebrada e claramente inimputável sucessora.
Vade retro.




Comentários


Comentar


Sidebar Menu