Censura ao STF - Lourdinha Luna



 
A MIDIA (escrita, falada, televisionada e internauta) tem sido cruel com o STF por ter votado pela permanência de RENAN CALHEIROS na Presidência do Senado.

O Colegiado, composto por cientistas do Direito, tem sido independente em suas decisões jurídicas. Pelo menos uma vez, fora criticado, pela ação do Ministro Marco Aurélio Mello que inocentou, depois de cassado, seu primo Collor de Mello de qualquer ato ilícito, na Presidência da República em 1989/92. Se não me falha a memória foi por unanimidade.

A FICHA LIMPA permitiu-lhe candidatar-se a Senador por Alagoas e reaproximar-se de Lula e de Dilma, ambos ainda Presidentes da Republica do Brasil e seus fidagais inimigos.

O caso foi lembrado pelo Presidente do STF Joaquim Barbosa, numa sessão que discutiam sobre penas do MENSALÃO, tendo como oposicionista o ministro Marco Aurélio.

Como me falta autoridade legal para comentar o fato, acredito que a vitória de Renan fora ditada pela prudência, no caminho da paz para os brasileiros, cansados de sofrer com os desatinos que lhe são impostos.





Comentários


Comentar


Sidebar Menu