Impeachment de Dilma Rousseff - Lourdinha Luna




Espantou-me a resiliência e autoridade de quem vem sendo bombardeada há dois anos, pelo que há de mais suspeito no Congresso Legislativo do pais. Na cova dos trânsfugas e ingratos não há mais lugar a preencher. Não sou petista e entendo que falta a Presidente, na atual conjuntura, condições para governar. No entanto, que sou capaz de, com isenção, comentar os fatos.

ilma se defendeu e foi ouvida com atenção, em respeito a sua coragem e decisão de relatar os fatos., no Plenário do Senado Federal., ontem, 29.08.2016. Respondeu às perguntas maliciosas de seus inquisidores, com argumentos válidos e observações criteriosas que, pelas faces se notava o quanto repercutia em seus íntimos as revelações pertinentes que deram causa ao processo de inquisição.

Quem acompanha, pela mídia e os debates nas Casas Legislativas, sabe que o motivo especial, de seu afastamento, diz respeito ao inconformismo do PSDB com a derrota, de 2014, que o distanciou do Poder. Desamparado, o Partido perdedor, aliado ao ex-denodado PMDB valeram-se do deputado EDUARDO CUNHA, que selecionou entre os vários pedidos de impeachment, um que não o envolvia e conseguiu apear DILMA DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA.

Grave são as denuncias de corrupção contra o ex-Presidente da Câmara dos Deputados, porém, com a proteção do interino MICHEL TEMER, do PMDB e acolitado pelo PSDB e partidos menores, Cunha vai ser devolvido às suas atividades e só mais adiante, derrubará o amigo do peito,TEMER, porque ESSA VIDA É UM BUMERANGUE, A ARMA ATIRADA, RODOPIA E VOLTA AO ATIRADOR. Acautelem-se os que não gostariam de ver seus nomes citados na tramoia, pois em breve as livrarias estarão cheias de livros relatando a falsa que já entrou para a historia do século XXI do Brasil.





Comentários


Comentar


Sidebar Menu