Bira Delgado fala sobre os erros do governo Dilma



 O Eduardo Suplicy perdeu a eleição para o Senado, o Alexandre Padilha, (es-Ministro da Saúde), perdeu a eleição -fragorosamente,diga-se de passagem), e ambos foram "admitidos" pelo poste Haddad para atuar no seu secretariado, a maioria, de incompetentes também.

Assim fiquemos alerta: redução de ministérios em Brasilia, mais cabide de empregos em SP.

Toda redução de custos e a diminuição do gigantesco e paquiderme setor publico que se transformou o governo Brasileiro são bem vindas.

O que fica a conferir é se de fato os custos serão mesmo reduzidos, ou apenas uma cosmética de menor numero de ministérios, mas as "boquinhas" para os apadrinhados serão acomodadas nos ministérios remanescentes. É muito difícil acreditar na sinceridade deste Governo. Destruíram o Brasil, e ainda se vangloriam de que representam o melhor governo de que este pais jamais teve.

 

 
Nota do editor; O cacete sempre vem no lombo do povo.Ora,se a intenção do Governo é diminuir despesas, logo vem as inevitáveis perguntas: O governo cortou os luxos das viagens internacionais com centenas de assessores e o aluguel de limousines? cortou a excessiva publicidade governamental? cortou os cartões corporativos instrumentos de forte gastança? Cortou os milhares de cargos comissionados? Cortou algum dos inúteis 39 ministérios? Taxou as grandes fortunas, conforme prevê a Constituição de 1988?

Ou seja, mais uma vez o povo mais humilde é convocado para pagar a conta de uma banquete, que sequer participou, nem mesmo ficando debaixo da mesa, apanhando as migalhas.
 

 




Comentários


Comentar


Sidebar Menu