O eleitorado paraibano e a 1ª pesquisa para governador! Por Rui Galdino Filho



 ( advogado e jornalista )

Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. A Paraíba tem hoje, dois milhões e oitocentos e noventa mil eleitores. Desse total, 53% são de mulheres eleitoras e 47%, são de homens eleitores. A capital do estado, tem o maior número de eleitores, quatrocentos e noventa mil. A cidade de Coxixola, tem o menor número, ou seja, mil e oitocentos eleitores. Campina Grande, tem duzentos e setenta e cinco mil eleitores. Esses são dados arredondados, divulgados pelo TSE, em 25/07/2016.

Pois bem. Ontem, 13/02/2017, saiu a divulgação da 1ª pesquisa eleitoral, com relação a intenção de votos espontânea para governador do estado em 2018. O Instituto 6Sigma, que tem errado no início e durante as campanhas e acertado no final, ou seja, na véspera das eleições, deixou muita gente doida e desnorteada com a divulgação da pesquisa. Dizem, que a tucanada não gostou do resultado, pois, seu maior líder, Cássio, ficou em segundo lugar dentro do grupo oposicionista.

Por outro lado, os cartaxistas comemoraram bastante, pois, seu líder, Cartaxo, mesmo sem muita penetração no interior do estado ainda, foi alçado como o primeiro colocado na pesquisa dentro do grupo oposicionista. A divisão e guerra fria instalada dentro do PMDB, levou seu maior líder, Maranhão, à posição de terceiro colocado dentro do grupo oposicionista. E o mais interessante, é que pela pesquisa, o líder do PSDB e o líder do PMDB juntos, tiveram o mesmo resultado do que o líder do PSD sozinho.

Isso quer dizer, que se o líder do PSD sair do atual grupo das oposições em um futuro breve, o desmantelo no grupo oposicionista será muito grande e talvez, não consigam eleger sequer um senador em 2018. A pesquisa, mesmo ainda distante das eleições, mexeu com a cabeça de muita gente, e trouxe a ascensão de um novo líder das oposições, o líder do PSD, Luciano Cartaxo, que deverá ditar as regras do jogo a partir de agora.

A pesquisa também trouxe outros dados interessantes. O líder dos girassóis, Ricardo, mesmo não podendo ser candidato, seria reeleito governador, e com isso, passa a ser o maior eleitor da Paraíba em 2018, ou seja, quem ele apoiar, poderá vencer! Aviso aos navegantes: não confundam eleições municipais, com eleição estadual, pois, são duas eleições completamente diferentes, onde vão prevalecer o trabalho e a comparação entre gestões.

Outro dado interessante na pesquisa, é que do lado governamental, os dois primeiros nomes que apareceram melhor posicionados e com percentuais iguais, foram da dissidência do PMDB que apoiam o governo do estado, ou seja, o senador Lira e o deputado federal Veneziano. Além disso, a pesquisa também trouxe uma novidade, o deputado estadual Buba Germano, apareceu em 3º lugar empatado com a vice-governadora, Lígia e na frente do deputado Gervasinho, presidente da Assembléia.

Bom, novas pesquisas virão e esses números deverão mudar no tempo e no espaço, até por que, o número de indecisos ultrapassou os 51 %, e o número de brancos e nulos, ultrapassaram os 11%, totalizando mais de 62% do eleitorado paraibano que ainda não sabem em quem votar. Já pensou? Como eu não acredito em pesquisas, vamos acompanhar o desenrolar dos movimentos político-partidários a partir de agora. O fato, é que 2018 já começou e quem não quiser entender isso, vai sobrar na curva!

Ricardo e Cartaxo juntos em 2018! - Por Rui Galdino Filho



E se Ricardo devolver a faixa governamental a Cartaxo em 2018?

Por Rui Galdino Filho ( advogado e jornalista )

Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. Eu sei que tem muita gente que treme, se esconde por baixo de lençóis e corre para as farmácias atrás de lexotam, quando falo e prego a união política entre o governador Ricardo Coutinho e o prefeito Luciano Cartaxo. Gente inclusive, dos dois lados, que sairiam perdendo espaços políticos e outras coisas a mais, com a união desses dois importantes homens públicos da Paraíba.

Ache ruim quem achar, doa em quem doer, porém, apesar dos pesares, das idas e vindas e de alguns desencontros, continuo defendendo a união entre Ricardo e Cartaxo. Eu sei que não será fácil, em virtude de alguns curto circuitos causados por terceiros interessados em ver o circo pegar fogo, no entanto, é possível sim. Até por que, não existe nenhum grande ou grave motivo que não possa ser superado entre os dois líderes.

Ricardo e Luciano, são dois homens de bem, honestos, trabalhadores, que realmente se preocupam com a maioria do povo pessoense e paraibano.
Ambos, tem uma história política bonita e de grandes vitórias. São políticos que tem sangue no olho e não teme desafios. Aliás, são também muito parecidos em seus modus operandi de governar. Já estiveram juntos, separados, um criticando o outro e vice-versa, porém, nada de mais entre os dois.

Quando defendo a união política entre eles, é por que sei que ambos tem uma bandeira em comum, que supera qualquer outro obstáculo, ou seja, eles sabem que JOÃO PESSOA e a PARAÍBA não podem RETROCEDER. Ricardo e Cartaxo, sabem também, que a união dos dois em 2018, sacramente a vitória dos dois grupos ( Ricardistas e Cartaxistas ) para as suas respectivas sucessões, sem correrem maiores riscos.

Pois bem. Tem muita gente colocando lenha na fogueira e tentando afastar cada vez mais Ricardo de Cartaxo e vice-versa. Enquanto isso, eu prego exatamente o contrário, ou seja, a UNIÃO dos dois. Votei em Cartaxo para prefeito, votei em Ricardo para governador e votei em Lucélio para Senador. Então, tenho que ser coerente e defender aquilo que acho melhor para João Pessoa e a Paraíba.

Tenho defendido inclusive, a união política na Paraíba, mas, vejo que não será possível, por que tem gente que só pensa em si, em dinheiro e em poder. E torcem para o quanto pior, melhor. É uma lástima! É preciso avisar aos navegantes de águas turvas, que DEUS existe e é justo. Ricardo e Cartaxo, tem mais motivos para estarem juntos do que separados. Quem ambos reflitam melhor sobre a possibilidade de aliança, pois, o que tem de acontecer tem muita força.

Respeito as opiniões em contrário, porém, pelo bem de João Pessoa e da minha querida Paraíba, vou continuar defendendo a futura união política entre Ricardo Coutinho e Luciano Cartaxo, pois, acredito no poder da convicção, da atração de pensamentos e propósitos positivos e aglutinadores. A união política de Ricardo e Cartaxo, pode não ser boa para alguns, porém, indubitavelmente, será ótima para a maioria do povo paraibano. Que venha 2018, com Ricardo e Cartaxo juntos. Que assim seja. ADELANTE!

Dr. Joás Filho, um homem de bem e de coragem! Por Rui Galdino Filho



 

Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. O Poder Judiciário paraibano tem um novo comandante para os próximos dois anos. Oriundo de tradicional família de juristas e políticos do nosso estado, o novo presidente do Tribunal de Justiça, é o jovem desembargador, Joás de Brito Pereira Filho, homem de reputação ilibada, estudioso do direito, amante dos esportes e temente a Deus.

Filho do saudoso jurista, Joás de Brito Pereira, homem íntegro e um dos melhores advogados que a Paraíba já teve, e sobrinho do saudoso, Joacil de Brito Pereira, outro exemplo de cidadão digno, escritor, grande tribuno, político e também jurista da mais alta respeitabilidade, Joás Filho, traz na sua genética, o sangue, a inteligência, a coragem e a tradição de toda uma família igualmente digna e que sempre honrou a Paraíba e o povo paraibano.

Oriundo da classe advocatícia, o novo presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, sempre foi um advogado estudioso e atuante. Pai de família exemplar, religioso e desportista, Joás Filho, herdou a prudência de seu genitor e o temperamento forte, quando necessário, do seu tio, Joacil. Qualidades estas, inerentes aos homens de bem, corretos, honestos e que não levam desaforo para casa.

Assume os destinos do Poder Judiciário da Paraíba, num momento de grande crise financeira, ética e moral que o Brasil atravessa. Vai comandar uma Corte dividida em virtude de problemas políticos internos, mas, já disse, que vai lutar bastante para unir o Tribunal, modernizar cada vez mais o Judiciário paraibano, o tornando mais célere e mais próximo dos jurisdicionados.

Uma das suas bandeiras, vai ser também, a valorização constante dos funcionários do Judiciário. Ao seu lado, estarão os também dignos e respeitados desembargadores João Benedito ( Vice-Presidente ) e José Aurélio da Cruz ( Corregedor ), que irão ajudar o presidente Joás Filho, a administrar, desenvolver e zelar pelo bom conceito que a nossa Justiça tem em todo território brasileiro.

Os jurisdicionados, funcionários do Judiciário e o povo paraibano, vão se orgulhar da gestão do Dr. Joás Filho, frente ao comando do Poder Judiciário da Paraíba, pois, trata-se de um jovem jurista estudioso, democrático, honesto, imparcial, corajoso e que está disposto a fazer as mudanças necessárias que o Judiciário paraibano precisa, demonstrando para todos que o verdadeiro juiz, não deve temer desafios, pressões internas e externas, e que dentro da sua competência e jurisdição, o bom juiz, é juiz 24 horas por dia.

Eu sei da responsabilidade e das boas qualidades do Dr. Joás Filho. Sei também, o quanto ele é temente a Deus, e isso para mim, já demonstra a grandeza de um homem que venceu na vida cedo e continua tendo sucesso no que faz. Sei da sua simplicidade e espírito público. Que o desembargador Joás, consiga unir o nosso Tribunal, formado por 19 desembargadores da mais alta respeitabilidade e credibilidade e faça com que o Poder Judiciário se aproxime mais do povo e dos jurisdicionados, afinal, quem trabalha honestamente e tem Deus ao seu lado, não tem nada o que temer.

Boa sorte, Dr. Joás!

Boa Sorte, Gervasinho. Adelante! - Rui Galdino



 
Por Rui Galdino Filho ( advogado e jornalista )

Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. Quem assume a presidência do Poder Legislativo da Paraíba no dia de hoje, é o jovem deputado estadual, Gervasio Maia Filho, carinhosamente conhecido por Gervasinho. Neto do ex-governador João Agripino, e filho do ex-deputado estadual Gervásio Maia, Gervasinho, traz nos ombros, a responsabilidade de manter a tradição, competência e seriedade da família Maia na política paraibana.

Seu avô João Agripino Filho, foi um dos maiores e mais respeitado governador da Paraíba de todos os tempos. Seu pai, Gervásio Bonavides Maia, economista e ex-deputado estadual, homem probo e de reputação ilibada, presidiu a Assembléia Legislativa no período de 1999 a 2003. Era também um político hábil, conciliador e que tinha muito prestígio na sociedade paraibana.

Hoje, avô e pai, em outra dimensão, ao vivo e a cores, estão ao lado de Deus, todos de mãos dadas, assistindo e prestigiando a posse do neto e filho Gervasinho, na presidência da Assembléia Legislativa da Paraíba. E de lá, sob o olhar sereno do Criador, João Agripino diz para seu filho Gervásio Maia: “ Filho, eis aí o meu querido neto Gervasinho, que tanto nos honra e nos orgulha, assumindo o que você já foi com muito brilhantismo ( Presidente da Assembléia ), e caminhando rumo ao que também já fui” ( Governador do Estado ). Quanta emoção!

E na mesma dimensão cósmica, bem perto de todos nós, Gervásio Maia, diz para João Agripino: “ É pai, realmente hoje é um dia especial para todos nós e para toda família Maia, no entanto, quero lembrar de uma coisa. Na posse do meu filho, entre familiares, pessoas do povo, correligionários, tantos e tantos amigos, tem um mago, com um estilo semelhante ao seu, atual governador, um amigo que sempre confiou em mim, e que eu quero agradecer, por ter nos proporcionado um dia tão especial como hoje”.

E disse mais: “ Pai, esse mago, é Ricardo Coutinho, que mesmo na bancada da oposição, votou em mim para Presidência da Assembléia em 1999; depois me confiou as chaves do cofre quando era prefeito de João Pessoa; e quando o infarto me trouxe para perto de ti, ele imortalizou o meu nome no maior conjunto residencial da era Lula, na capital paraibana”. E disse ainda: “ Pai, antes de partir, um certo dia, despachando com esse mago que era prefeito de João Pessoa à época, eu pedi para ele cuidasse de meu filho Gervasinho”. Aja emoção!

E João Agripino disse: “ Filho, a nossa conversa está muito boa, mas, vamos parar um pouco para escutar atentamente os discursos do governador Ricardo e do meu neto Gervasinho. Será que eles vão se lembrar de nós”? E Deus, que escutava tudo calmamente, disse: “ com certeza, inclusive, vai ter muito choro e aplausos, pois, vocês merecem”!

É Gervasinho, a sua responsabilidade realmente é muito grande. Espero que na sua gestão, você aproxime mais o povo da casa de Epitácio Pessoa. Empodere mais o povo e siga a bandeira dos socialistas. Partindo do princípio de que a Paraíba não pode mais retroceder, seja um girassol fiel, pois, dependendo da sua gestão à frente da presidência da Assembléia, você tem tudo para ter seu DNA aprovado no laboratório dos Girassóis, e como previu seu avô, na conversa cósmica com seu pai, você poderá ser o próximo governador da Paraíba, como ele também foi.

Gervasinho, nada acontece por acaso. E tudo que tiver de ser, será! Eu sei das suas boas qualidades, da sua retidão como homem público e da sua coragem para enfrentar desafios e realizar mudanças que se fizerem necessárias. Sei também da sua gratidão e de seu espírito público. Você é oriundo de uma tradicional família política do sertão paraibano. Por ser neto de João e filho de Gervásio, você tem sangue no olho e não leva desaforo para casa. Sei da sua capacidade, da sua ombridade e da sua honestidade. Realmente, você é um jovem político diferente. Hoje, você está assumindo a presidência de um poder, assim como seu pai também já assumiu com muito brilhantismo. Amanhã, você poderá assumir o governo do estado, assim como seu avô. Cuidado com o poder! Honre a sua família e o povo paraibano. Lembre-se que João e Gervásio, estão vendo tudo e estarão sempre ao seu lado. Seja feliz.

Brasil: Que as nossas Forças Armadas fiquem de prontidão, pois, vem muito desmantelo por aí ...Por Rui Galdino Filho



 Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. Ultimamente tem-se falado muito em corrupção em nosso país. Existem vários tipos de crimes de corrupção, uns mais graves e outros menos graves. No entanto, é preciso que o povo brasileiro saiba, que o crime de corrupção do dinheiro público, é o pior de todos, pois, é um crime mil vezes maior e mais grave do que os crimes de homicídio, sequestro, latrocínio, estupro, racismo, tráfico de drogas, etc, etc, etc.

Roubar o dinheiro do povo, ou seja, o erário público, o dinheiro que a população paga com muito sacrifício através de impostos, taxas, contribuições, multas, etc, é tão imensamente grave, que todos estes ladrões deveriam ser punidos com prisão perpétua, e além de devolver todo o dinheiro roubado com juros e correção monetária, deveriam também, perder 100% dos seus bens, negócios, empresas e demais vantagens.
Se rouba o dinheiro do erário público de um país, através de licitações dirigidas e fraudulentas, super faturamentos em obras e serviços, pagamentos de propinas, pagamentos de vantagens indevidas, pagamentos de salários acima do teto constitucional, porcentagens em emendas parlamentares, etc. Quando tudo isso ocorre, quem padece é a esmagadora maioria da população e o próprio país, que deixa de crescer e se desenvolver.

O nosso Brasil só não é ainda um país de 1º mundo por causa da corrupção. Se falta tudo de bom e de qualidade em nosso país, é por causa dos ladrões do erário público, que são nada mais e nada menos do que verdadeiros genocidas da nação. Dizem, que no Brasil, 40% do dinheiro público é desviado pelo ralo da corrupção. É por isso, que a maioria dos funcionários públicos ganham pouco, que o salário mínimo é uma miséria e que o maioria dos aposentados também recebem salários irrisórios.

Quantos brasileiros já morreram e ainda morrem nas filas dos hospitais por falta de leitos, equipamentos, médicos e medicamentos? Quantas pessoas já morreram e continuam morrendo de acidentes nas péssimas estradas de nosso país? Quantos nordestinos já morreram e ainda morrem de fome e de sede em virtude da seca e da indústria da seca que alimenta os corruptos?

E na área educacional que também falta tudo, escolas e universidades públicas sucateadas, professores e funcionários com baixos salários e alunos desmotivados. E a nossa segurança pública? Outro grave problema, cadeias e prisões sem a devida estrutura e superlotadas de pobres, pretos e prostitutas. Policiais e agentes com salários indignos e arriscando suas vidas no combate à criminalidade, viaturas sucateadas e armamentos com baixo poder de fogo.

E a nossa música, cultura, ciência e tecnologia, que são também de grande importância para o país, porém, sem a devida atenção e incentivo por parte do poder público. Além disso, milhares de municípios brasileiros sem a devida infraestrutura sanitária, ruas esburacadas, iluminação precária, praças, mercados e demais logradouros públicos sem manutenção.

E quando se pede providências ao poder público, a resposta é: FALTA DINHEIRO! Pois bem, realmente falta dinheiro, por que o dinheiro foi e ainda está sendo roubado pelos corruptos da nação, cujo o povo brasileiro já está sabendo quem são. Olha gente, PCC, Comando Vermelho e demais organizações criminosas, são fichinhas se comparados aos ladrões do dinheiro público desse país.

Ladrões do erário público, são os maiores bandidos e criminosos que existem em uma nação, pois, roubam a confiança e a esperança do povo em dias melhores. Roubam o dinheiro que deveria ser investido corretamente na saúde, educação, segurança, infraestrutura, melhores salários para o funcionalismo, etc, etc, etc. É por isso, que falta tudo no Brasil em benefício do povo.

O problema do Brasil não é falta de dinheiro, pois, dinheiro o nosso país tem até demais, afinal, ainda somos um país rico. Já imaginou se o dinheiro público fosse investido de maneira correta e honesta em benefício da maioria da população? Meu pai sempre me diz: “Filho, se não roubar, o dinheiro dar e ainda sobra”. Pois bem, a corrupção no erário público é o grande problema brasileiro e aqueles que sempre roubaram e continuam roubando o dinheiro do povo, são os verdadeiros genocidas da nação.

Quantos brasileiros honestos e idealistas já morreram defendendo um Brasil melhor e mais justo? Quantos ainda morrem esquecidos e abandonados pelo poder público? Que as nossas Forças Armadas, que também sofrem as consequências do roubo do erário público, fiquem atentas, pois, os corruptos e corruptores brasileiros estão todos milionários com o dinheiro da corrupção e apavorados com as denúncias e investigações em andamento, por isso, vão fazer de tudo para procrastinar os fatos e se manterem no poder.

O STF está para homologar na próxima semana, delações premiadas de 77 executivos da Odebrecht envolvidos na famosa operação lava jato. Comenta-se nos bastidores, que o conteúdo das delações são de extrema gravidade e vai envolver o dobro de pessoas já denunciadas na lava jato, que até agora, é considerado o maior escândalo de corrupção do planeta terra. Que as nossas Forças Armadas fiquem de prontidão, pois, vem muito desmantelo por aí ... Será que o Brasil, vai realmente começar a viver um novo tempo?

Que Deus abençõe o nosso país!

Eleições 2018: Michel Temer vem aí ! - Por Rui Galdino Filho




Resultado de imagem para fotos michel temer
Por Rui Galdino Filho ( advogado )
João Pessoa - PB

Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. O ano passado, com o impeachment da ex-presidenta Dilma e a consequente posse de Michel Temer, eu escrevi um artigo, dizendo que o presidente Temer, iria fazer um esforço muito grande para tirar o Brasil da crise econômica, política, social e moral que se encontra. Disse também, que o presidente Temer, político experiente e conciliador, estava com a grande oportunidade de fazer o governo da sua vida, pois, só dependia dele e da sua coragem em não temer impopularidade.

Pois bem. Desde o início do governo do presidente Temer, que setores contrários e de oposição, vem dizendo que Temer, é um presidente golpista, sem legitimidade para governar e que não tirará seu mandato até o fim. Em 2016, grupos organizados e demais pessoas foram para as ruas pregando o “Fora Temer” e “Eleições Já”. Eu vi gente pedindo até uma nova intervenção militar no país. Lembram?

Terminou 2016, e nada aconteceu. O presidente Temer, que não é golpista, pois, foi eleito junto com a presidenta Dilma, na mesma chapa, com o mesmo número de votos, e na condição de vice-presidente eleito, é o substituto eventual ou definitivo, de maneira legal e legítima, por isso, com o impeachment de Dilma, Temer, passou a ser o presidente constitucional do Brasil de maneira definitiva até 31 de dezembro de 2018.

Estamos em 2017, e Temer, começa a fazer as reformas que o país precisa, com muita coragem, competência, determinação e sem medo de ficar impopular. Ou seja, Temer, está fazendo o que os outros ex-presidentes não tiveram a devida coragem de fazer, temendo impopularidades. E é exatamente aí, onde está o grande segredo de Michel Temer, não temer impopularidade.

Por isso, Michel Temer, vai acertar e tirar o Brasil de toda essa crise que está passando. E por não temer impopularidade, vai fazer sim, o governo da sua vida e se tornar num curto espaço de tempo, um presidente respeitado e admirado pela maioria do povo brasileiro. As mudanças no país já começaram a acontecer, pois, Temer, apesar das críticas e das denúncias contra o mesmo, já consegue impor o seu ritmo de governo visando tirar o Brasil de toda essa crise.

O povo está calmo e aguardando os resultados do governo de Michel Temer. As reformas já começaram e outras virão em breve. E a se manter esse ritmo, a tendência é a economia melhorar e começar a reagir a partir do segundo semestre deste ano. Com isso, Michel Temer, já se firma no governo e já começa a sonhar com a sua reeleição para presidente da república em 2018, pois, além de ter o direito natural à reeleição, Temer, acredita que vai está de bem com o povo brasileiro no próximo ano.

O presidente sabe, que 2017 ainda vai ser um ano muito difícil e que o Brasil terá que passar por profundas mudanças. E Temer, vai promover e fazer as mudanças e reformas necessárias que o Brasil precisa, pois, o povo brasileiro quer um novo país, com menos corrupção e mais investimentos nas áreas sociais. Temer sabe, que essa é a sua grande chance de se consolidar como líder político, por isso, vai fazer sim, o governo da sua vida e tentar se reeleger em 2018.

Por que aliados de Maranhão, sem mandatos, estão atacando o senador Lira ?



 

Por Rui Galdino Filho

Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. Tenho acompanhado a “guerra fria” que está sendo travada dentro do PMDB paraibano nos últimos dias. O problema, é que pela primeira vez, desde 1998, ou seja, a quase 20 anos comandando o partido no estado, o senador José Maranhão, está enfrentando uma oposição interna qualificada, que desejam o fortalecimento da legenda, mais diálogo e apoio ao governador Ricardo Coutinho.

Até então, o senador Maranhão, vinha comandando sozinho e quem se atrevesse a lhe questionar ou ameaçar os seus ditames no partido, era estimulado a deixar a legenda e seguir outros caminhos. Isso aconteceu com o ex-senador Wilson Santiago e seu filho, o deputado federal, Wilson Filho, que hoje comandam o PTB no estado; bem como, os deputados estaduais Trócolli Júnior e Gervázio Filho, que hoje estão filiados ao PSB. Além de vários prefeitos, vice-prefeitos e vereadores que também saíram do PMDB em busca de novas legendas e novos espaços.

Na verdade, o PMDB que sempre foi um partido grande na Paraíba, vem perdendo musculatura política nos últimos tempos. Apesar de tudo, o partido ainda conta com 02 senadores, 03 deputados federais e 04 deputados estaduais. Com a ascensão de Raimundo Lira ao senado federal, a coisa começou a mudar dentro da legenda, pois, Lira, em pouco tempo de mandato, conseguiu se destacar no cenário nacional e tornou-se o fato novo da política paraibana e do PMDB estadual.

Além disso, o gabinete do senador Raimundo Lira em Brasília, tem sido parada obrigatória de todos os prefeitos e demais lideranças do estado, em busca de benefícios para seus municípios e regiões. Lira, também tem ajudado muito o governo do estado em suas reinvindicações perante o governo federal. Ou seja, o senador Lira, tem trabalhado muito em defesa dos interesses da Paraíba e do povo paraibano independente de cores partidárias e posições ideológicas.

Só para lembrar, quando foi senador pela 1ª vez ( 1986 – 1994 ), entre vários benefícios que trouxe para o estado, Lira, conseguiu muitos recursos para recapear inúmeras estradas da Paraíba, inclusive, a BR 230, estrada federal que corta o nosso estado, tornando-a uma das melhores do país. Conseguiu também recursos para duplicar a BR 230 que liga Cabedelo a João Pessoa, etc, e agora, no seu 2º mandato, entre outras coisas, já conseguiu R$ 165 milhões, para a duplicação da BR 230, no trecho entre Campina Grande e Cajazeíras.

Por isso, Lira, é conhecido como o senador estradeiro ( o senador das estradas ). Sem falar, nos inúmeros recursos que Lira, tem conseguido para os municípios paraibanos nos últimos tempos. Sem dúvida, é um senador trabalhador e dedicado aos interesses da Paraíba e seu povo 24 horas por dia. Eu não entendo, por que alguns aliados, sem mandato, do senador Maranhão, estão hostilizando e atacando o senador Lira, dentro do PMDB. Por que tanta irritação e contrariedade? Será inveja, ciúmes e despeito do trabalho que Lira vem desempenhando em favor da Paraíba e de seu povo nos últimos tempos? Então, o que será ?

Enquanto o senador Lira, reúne deputados do partido no sentido de unificar e fortalecer a legenda no estado, alguns aliados do senador Maranhão, sem mandatos, tentam detratar o senador dentro da legenda e perante à opinião pública. É inacreditável! É por isso, que todos os 03 deputados federais ( Veneziano, Hugo Motta e André Amaral ) e os 04 deputados estaduais ( Nabor Wanderley, Ricardo Marcelo, Jullys Roberto e Raniery Paulino ), estão solidários e ao lado do senador Lira, sem falar na maioria esmagadora de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e demais lideranças partidárias, que também estão ao seu lado.

O deputado Jullys Roberto, inclusive, além de está ao lado de Lira, prega a renovação urgente no comando do PMDB. O deputado Raniery Paulino, defende a candidatura de Raimundo Lira, ao governo do estado no próximo ano. Além disso, existe uma grande possibilidade do governador Ricardo Coutinho, apoiar o senador Lira, para sua sucessão. Será que o senador Maranhão, presidente do PMDB no estado, vai ficar contra tudo isso e permitir que seus aliados, sem mandatos, continuem a atacar o senador Raimundo Lira?

Os ataques ao senador Lira, são injustos e indevidos, pois, Lira, é um cidadão da mais alta respeitabilidade e envergadura moral. É um empresário bem sucedido e que nunca precisou da política para sobreviver. É um político diferente, simples, respeitador e que só tem ajudado a Paraíba e seu povo. É um homem honesto e trabalhador. Dentro do PMDB, Raimundo Lira, é quase uma unanimidade, falta apenas o senador Maranhão, que tem mandato até 2022, entender isso.

Que na reunião agendada para o próximo dia 20 de janeiro, o partido possa tomar um novo rumo! Seria bom, que todos os políticos paraibanos baixassem as suas armas e se unissem em prol dos verdadeiros interesses do nosso estado. Chega de tantas brigas e picuínhas por causa do poder. Calma gente, na vida tudo passa e tudo tem seu tempo! Por isso, tenho defendido a união de todos em torno da seguinte chapa para 2018: Raimundo Lira ( Governador ), Lucélio Cartaxo ( Vice-Governador ), Ricardo Coutinho e Cássio Cunha Lima ( Senadores ).

E quem não me escutar, vai sobrar na curva. Cuidado!

PMDB 1 X 2 : O partido na Paraíba poderá sofrer intervenção da Executiva Nacional ? – Por Rui Galdino



Por Rui Galdino Filho
Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. O racha político dentro do PMDB paraibano é muito grande. Por mais que queiram amenizar os fatos, a situação interna no partido é de vaca desconhecer bezerro. O problema vem se arrastando desde a saída dos deputados estaduais, Trócolli Júnior e Gervásio Filho, que se sentiram desprestigiados pelo senador Maranhão, e resolveram deixar a legenda.

E como se não bastasse, um vereador do partido na cidade de Bayeux, mandou um zap incendiário para o tesoureiro da legenda, Antônio de Souza, e o mesmo resolveu divulgar na imprensa o conteúdo daquela mensagem, detratando injustamente o senador Raimundo Lira e fazendo elogios rasgados ao senador José Maranhão.

Além disso, Antônio de Souza, considerado porta voz de Maranhão, também vem criticando o senador Lira e os três deputados federais do partido, sugerindo inclusive, que os mesmos deixem a legenda e migrem para outro partido, pois, segundo Antônio de Souza, o PMDB tem comando e não aceita desobediência, nem insubordinação por parte de nenhum filiado, que ouse desafiar o comando do senador José Maranhão.
Comenta-se também nos bastidores, que o ex-governador Roberto Paulino e seu filho, o deputado estadual Raniere Paulino, históricos na legenda, estariam insatisfeitos também com o comando da legenda, e já admitem a possibilidade de deixarem o PMDB e migrarem para outra sigla.

Afinal, o que realmente está acontecendo no PMDB paraibano? Será que a maioria dos filiados cansaram do comando de José Maranhão? Ontem, o senador Lira, preocupado com a situação interna do partido no estado, reuniu-se com os três deputados federais e um estadual, para chegarem a um entendimento e entre outras coisas, decidiram o seguinte: todos vão continuar apoiando o presidente Michel Temer e o governador Ricardo Coutinho.

Porém, Antônio de Souza, que é o tesoureiro da legenda e porta voz do senador Maranhão, já disse, que quem quiser ficar aliado ao governador Ricardo, terá que sair do PMDB. E agora? Por causa dessa briga de apoiar ou não o governador Ricardo, o partido já perdeu dois deputados estaduais ( Trócolli e Gervazinho ), poderá perder em breve um ex-governador ( Roberto Paulino ) e mais um deputado estadual ( Raniere Paulino ) e agora, Antônio de Souza, que expulsar do partido um senador ( Raimundo Lira ) e três deputados federais ( Hugo Motta, Veneziano e André Amaral )??????

Pode, é brincadeira!!!!! O fato, é que a questão interna do PMDB da Paraíba, já é de conhecimento da Direção Nacional e também do presidente Michel Temer. Em virtude disso, comenta-se nos bastidores que o partido na Paraíba, caso não chegue a um denominador comum, poderá sofrer uma intervenção da Executiva Nacional em breve.
Hoje, dos cinco parlamentares do partido na Paraíba que tem voto nos painéis do Congresso Nacional, quatro estão aliados ao governador Ricardo, e apenas, Maranhão, está contra. O senador Lira, que é um cidadão conciliador e equilibrado, está fazendo de tudo para que a dissidência interna no partido não continue, porém, é necessário que o tesoureiro Antônio de Souza, se contenha e deixe de colocar gasolina na fogueira, pois, caso contrário, o partido no estado, poderá sofrer intervenção SIM, da Executiva Nacional.

Vamos aguardar os acontecimentos!

Lira, a imprensa e o PMDB! Por Rui Galdino Filho



 Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. Ontem, 10 de janeiro, o senador Raimundo Lira, reunião a imprensa paraibana ( rádios, jornais, televisões, sites e portais ) para um almoço de confraternização no restaurante Estaleiro, que fica localizado na praia do Seixas, na capital paraibana. Um encontro bastante descontraído, fotos e mais fotos, boas conversas, entrevistas, etc, e uma demonstração inequívoca, o quanto o senador Lira, tem apreço e respeito pela imprensa paraibana.

Durante o almoço com a imprensa, Lira, também foi bastante cumprimentado por várias pessoas que também frequentavam o restaurante na ocasião, faziam questão de bater fotos ao seu lado e incentivá-lo a concorrer ao governo do estado em 2018. Sempre ao lado do senador, fiquei impressionado, pois, não vi uma crítica negativa sequer, contra o senador Lira, tanto por parte dos colegas da imprensa, quanto pelas pessoas que ali também frequentavam o restaurante.

Na verdade, Raimundo Lira, é um cidadão de extrema capacidade de diálogo, empresário bem sucedido, que não precisa da atividade política para se locupletar, sério, honesto, trabalhador, homem que defende o valor da família e princípios cristãos, e que todos sabem, que ele usa ao máximo o seu mandato de senador, para ajudar a Paraíba e os paraibanos, independente de cores partidárias e posições ideológicas.

Depois de 20 anos afastado da atividade política, Lira, foi o fato novo na política paraibana e brasileira em 2016. Ficou bastante conhecido e respeitado nacionalmente e também no exterior, por ter presidido a Comissão Especial do Impeachment, com muita isenção, equilíbrio, independência e bom senso. Tem sido um senador assíduo, produtivo e um defensor intransigente pelos interesses da Paraíba.

É um peemedebista histórico, porém, vem sendo criticado injustamente por uma pequena parte do seu partido, pelo fato de está dando apoio ao governador Ricardo Coutinho. Na verdade, Lira, tem aumentado bastante o seu prestígio dentro do PMDB paraibano e nacional, e por isso, tem provocado ciúmes internos na legenda e tem demonstrado que não se curva a qualquer outro tipo de interesse, que não seja os interesses da Paraíba e dos paraibanos.

Mesmo sendo provocado indevidamente por um, dois ou três membros do PMDB, Lira, tem mantido a sua postura de cidadão reto, probo, respeitador e conciliador. Não destrata ninguém e segue firme em seus propósitos. Além disso, não está sozinho dentro do PMDB paraibano, ao seu lado estão os três deputados federais ( Veneziano, Hugo Motta e André Amaral ).

O fato, é que o senador Maranhão, que preside o partido no estado, quer a todo custo que o PMDB paraibano faça oposição ao governador Ricardo, e Lira, que também é senador, ao lado dos três deputados federais do Partido, formam uma maioria de 4 x 1, são aliados do governador e não se curvam ao comando individualista de Maranhão. Eis a questão! É preciso que o senador Maranhão entenda, que a questão interna do PMDB paraibano, não é estatutária e sim, política, e sendo política, quem vai resolver no momento oportuno é a Executiva Nacional, ouvindo a maioria dos seus membros.

Na verdade, a esmagadora maioria do PMDB paraibano está aliada ao governador Ricardo. Além disso, existe a grande possibilidade do governador, apoiar o senador Lira, para a sua sucessão em 2018, pois, o governador sabe da seriedade e competência de Lira, e também sabe que a Paraíba não pode mais correr o risco de retroceder. E será que o senador José Maranhão, vai ficar contra esse fato? Calma Maranhão, entenda que tudo tem seu tempo e que a vez agora é de Lira. Sou seu admirador, porém, vamos devagar com o andor, pois, o santo é de barro!


Por que tanto medo de um avião em terra? - Por Rui Galdino Filho



 Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. Todos nós sabemos, que ultimamente a Polícia Federal vem fazendo um extraordinário trabalho por todo o Brasil, investigando e prendendo pessoas envolvidas, denunciadas e condenadas pelo roubo do dinheiro do povo brasileiro, ou seja, pessoas envolvidas em todo tipo de corrupção do dinheiro público.

Grandes empresários, lobistas, políticos, assessores, etc, pessoas que jamais imaginaram que poderiam ser investigados, punidos e presos, pelo fato de serem importantes, ricos e acima do bem e do mal, estão sim, sendo investigados, punidos e presos. E isso, graças as ações da Polícia Federal, Receita Federal, Ministério Público Federal e Justiça Federal, onde podemos destacar a figura do juiz federal, Sérgio Moro.
A miséria e o atraso de nosso país, entre tantos outros fatores, o maior deles, é a corrupção do dinheiro público, que acontece através das famosas porcentagens de emendas parlamentares, superfaturamento em obras e serviços, super salários de agentes públicos, convênios e parcerias com instituições particulares, concessões de serviços públicos, vantagens e mordomias pagas com o dinheiro do povo, sonegações fiscais, etc, etc, etc...

Faz muito tempo que o Brasil não se desenvolve devidamente, em virtude dessa safadeza e corrupção que aí está. Só para se ter uma idéia, 40% do dinheiro da nação, é desviado para o ralo da corrupção. E o pior de tudo isso, é que os responsáveis por toda essa roubalheira do dinheiro público, são exatamente a classe rica que sempre comandou o nosso país.

É por isso, que são ricos e poderosos, pois, além de muito dinheiro roubado do povo, eles também tem o poder. Claro, que não são todos os políticos envolvidos em corrupção, são apenas 90% deles. Já pensou? E o pior é que são cínicos, demagógicos e dizem representar o povo que os elegeu. Que democracia é essa, que se rouba dinheiro público para gastar nas campanhas eleitorais, fazer patrimônio e se perpetuar no poder?

A maior e mais importante reforma que o Brasil precisa urgentemente, é a REFORMA POLÍTICA, pois, as demais reformas serão derivações da reforma política. No entanto, a maioria dos políticos, que são políticos profissionais e ladrões do dinheiro público, não tem o menor interesse numa verdadeira reforma política, pois, não querem perder seus privilégios e a possibilidade de se eternizarem no poder.

Porém, o Brasil acordou, e agora a poeira está sendo tirada debaixo do tapete! Por todo o país, as operações da Polícia Federal tem surtido efeitos e deixado muita gente alerta e desesperada. Corruptos começaram a ser punidos e a devolver parte do dinheiro roubado do povo. E quando a Polícia Federal age e aparece em algum lugar, é um verdadeiro “deus nos acuda”!

Ontem à noite, um avião da Polícia Federal e alguns agentes desembarcaram no aeroporto Castro Pinto. Fato este, incomum aqui na nossa Paraíba. E logo, alguém fotografou a aeronave e divulgou a notícia. Foi o bastante, para causar um grande frissom nos bastidores da política de nosso estado. Teve gente, que não dormiu de ontem para hoje.

Será que na nossa querida e pequena Paraíba, também tem políticos corruptos? E quem serão? Por que tem tanta gente com medo de um pequeno avião que pousou no Castro Pinto ontem à noite? Por que um avião em terra causa tanto temor? Será que a operação lava jato chegou na Paraíba ontem à noite? Ou este avião da Polícia Federal pousou apenas para abastecer e seguir viagem?
No decorrer do dia e da semana, haveremos de ter muitas novidades. Que este avião seja bem vindo, que a Polícia Federal seja bem vinda. Que as operações sejam realizadas e se aqui em nosso estado também tiver ladrões do dinheiro público, que todos sejam devidamente punidos e devolvam o que roubaram do povo paraibano e brasileiro. Eu já vi gente ter medo de avião no ar, porém, em terra, nunca vi! Então, por que tanto medo de um pequeno avião da Polícia Federal, que pousou ontem à noite em nosso estado?

Vamos aguardar os resultados!

O placar no PMDB da Paraíba é de 4 x 1, a favor do governador Ricardo. Por Rui Galdino Filho



 ( advogado e jornalista )

Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. O Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB da Paraíba, tem hoje uma bancada federal composta de 02 senadores ( José Maranhão e Raimundo Lira ) e 03 deputados federais ( Hugo Motta, Veneziano Vital do Rêgo e André Amaral ). Tem também deputados estaduais, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, em menor quantidade do que tinha antes.

O presidente da legenda no estado é o senador José Maranhão. No entanto, o partido apoiou oficialmente o governador Ricardo Coutinho nas eleições de 2014, ajudando a reeleger o governador, para mais um mandato de 4 anos, ou seja, até 2018. E com esse apoio em 2014, o PMDB, se comprometeu a ajudar o governador do ponto de vista político e administrativo até 2018.

Em 2016, contrariando à unanimidade da Executiva Estadual do partido, a Executiva Municipal do PMDB, resolveu lançar o então deputado Manoel Júnior, para ser o vice e compor a chapa com Luciano Cartaxo – PSD, chapa essa que saiu vitoriosa no 1º turno da eleição. Em 2016, houve uma divisão interna na bancada federal do partido, ou seja, José Maranhão e Manuel Júnior ficaram contra o governador, no entanto, Raimundo Lira, Veneziano Vital e Hugo Motta continuaram aliados do governador.

Então, até 2016, o placar da cúpula estadual do PMDB, era de 3 x 2 a favor do apoio ao governador Ricardo. Agora em 2017, com a posse definitiva do suplente de deputado federal André Amaral, que ficou no lugar de Manoel Júnior ( que não tem mais vez , nem voz a nível federal ), o placar da cúpula estadual do PMDB, passou a ser de 4 x 1 a favor do apoio ao governador Ricardo, ou seja, aumentou, e apenas o senador José Maranhão, continua contra.

E não só isso, Maranhão, que apoiou a reeleição de Ricardo em 2014 e agora está contra, está também aliado ao senador Cássio – PSDB, outro grande opositor ao governador Ricardo. Porém, dos 5 membros da bancada federal do PMDB da Paraíba, o governador Ricardo, tem o apoio de 4 membros ( Raimundo Lira, Veneziano, Hugo Motta e André Amaral ), ou seja, 01 senador e 03 deputados federais, ficando o senador Maranhão, sozinho internamente e completamente vencido a nível de votos perante à Executiva Nacional do PMDB.

A continuar esse placar de 4 x 1, a favor do apoio ao governador Ricardo Coutinho, quando chegar a eleição de 2018, mesmo o senador Maranhão, sendo o presidente do PMDB no estado, é evidente, que ele será voto vencido perante a Executiva Nacional, e a tendência natural do PMDB da Paraíba é ficar ao lado do governador Ricardo, na eleição de 2018, que inclusive, poderá apoiar o senador Raimundo Lira – PMDB, para o governo do estado.

Então, essa história de trancoso que estão dizendo por aí, que a Executiva Nacional do PMDB, não interfere nas questões estaduais, é puro desespero e conversa pra boi dormir, pois, pode até não interferir nas questões municipais, por se tratar de casos específicos de cada cidade, porém, com relação a eleição estadual, onde o partido poderá ter um candidato a governador com chances de vitória, a história é outra, e a Executiva Nacional do PMDB, vai ouvir a todos e com certeza vai INTERFERIR SIM, e ficar com a maioria da vontade da bancada federal, que hoje é de 4 x 1 a favor do apoio ao governador Ricardo Coutinho, e ponto final.

É preciso deixar bem claro, que o perfil do eleitor tem mudado bastante nos últimos tempos. O povo não suporta mais ver tanta safadeza, cinismo e corrupção por parte da maioria dos políticos. É por isso, que a tendência do eleitor é votar em pessoas verdadeiramente sérias, honestas e trabalhadoras. O eleitor está mais consciente e mais atento, por isso, a eleição de 2018 vai ser bem diferente e vai nos mostrar quem realmente terá votos na Paraíba e no Brasil.

O Brasil precisa de uma Ditadura Democrática - Rui Galdino Filho



 

Por Rui Galdino Filho ( advogado e analista político )
 

Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. A triste situação que o nosso país atravessa causada pela corrupção, está piorando cada vez mais. Quem roubou e continua roubando o dinheiro do povo, diz da boca pra fora, que é a favor das medidas de combate à corrupção, porém, na prática, age de maneira completamente diferente e luta desesperadamente e cinicamente na surdina, na tentativa de dificultar e até mesmo de não permitir, que leis mais severas e modernas sejam aprovadas em defesa do combate à corrupção.

Isso é uma vergonha, é um afronte à decência e uma tapa na cara das pessoas de bem do nosso Brasil. Até quando o nosso país vai continuar sendo roubado e vilipendiado por indivíduos que se dizem “representantes do povo”? Qual o povo que essa “gente” diz representar? Eis a questão! O fato, é que o povo brasileiro acordou e não aguenta mais presenciar tanta safadeza e corrupção em seu país. CHEGA!

Graças à Polícia Federal, Receita Federal, Ministério Público Federal e Justiça Federal, que alguns corruptos do dinheiro do povo começaram a ser punidos e presos. No entanto, isso só não basta. É preciso também recuperar todo o dinheiro roubado e aprovar novas leis no sentido de dificultar futuros roubos, facilitando as investigações e punindo com mais rigor os corruptos da nação. Mas, quem aprova ou não as leis, são exatamente essa “gente” que está envolvida com todo tipo de safadeza e corrupção. E agora?

Vocês acham que deputados e senadores corruptos vão aprovar leis que o prejudiquem e que dificultem o seus futuros políticos? Claro que não! É por isso, que a maioria deles são ricos e poderosos, pois, assim ficaram, roubando impunemente o dinheiro do povo. Desse Congresso que aí está, não podemos esperar nada de bom e de positivo para o povo, pois, é o pior e mais corrupto de todos os tempos.

Também é verdade, que no meio de todo este joio, existe algum trigo. Existem deputados e senadores de bem e não corruptos, porém, são pouquíssimos e nada podem fazer, pois, a vontade da maioria que é corrupta, sempre prevalece. E agora, o que fazer? Fechar o Congresso? Como cortar gastos, diminuir vantagens, tirar privilégios, acabar com mordomias, etc, se a maioria dessa “gente” que diz nos representar não querem fazer?
Se o dinheiro do povo brasileiro fosse aplicado corretamente e sem roubalheira, seríamos o país mais rico e respeitado do mundo. O nosso problema é a corrupção e a desordem, por isso, não temos o devido progresso.

Infelizmente, as nossas prisões estão superlotadas de pobres, pretos e ladrões de galinha. Enquanto isso, os grandes ladrões da nação, estão soltos e se achando os verdadeiros paladinos da moralidade. Está tudo invertido!
E o pacote de leis contra a corrupção? KKKKKKK! Além de ter sido totalmente destroçado pelos deputados federais, agora, estão querendo inibir e punir os que estão investigando toda a safadeza. Pode? Pode sim. No Brasil, enquanto não chegar ALGUÉM que tenha coragem para mudar essa realidade, tudo pode! E não se enganem, pois, a safadeza e a corrupção vão continuar. Aonde estão os homens e mulheres de bem desse país? Aonde estão as nossas Forças Armadas?

Falaram tanto dos governos militares. Lembram? E agora? O Brasil está vivendo uma bagunça generalizada, sem ordem e sem rumo. Aqui, o mal está vencendo o bem e isso não pode continuar, pois, o bem deve prevalecer. Os militares cometeram excessos, porém, eu nunca ouvi dizer que eram ou são corruptos. E os civis? Meu Deus, foi pior! E agora, pra onde vamos? Na verdade, o Brasil precisa de uma DITADURA DEMOCRÁTICA, ou seja, um regime forte, eleito pelo povo, que não permita baderna, nem corrupção e nem injustiça. Seja militar, seja civil, precisamos de um LÍDER corajoso e honesto. Alguém que tenha o respeito e a confiança do povo. Não vejo outro caminho!

Sidebar Menu