Estatisticas do blog

No momento, 6 usuário(s) está(ão) lendo este blog. No total, 2302570 pessoas visitaram esta página.

Clima tempo

Twitter

Publicidade

  • 02.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    As belas do sábado - Fotos









    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 02.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Avesso do avesso - Palmari H. de Lucena



    Mutações de Rita Lee invadindo o espaço urbano com a contundência insistente do vento frio da noite. Ostentando longas cabeleiras vermelhas, duas mulheres caminhando em perfeita sincronia com as passadas insistentes, quase masculinas, de uma mulher rubenesca. Timoneira de uma arca carregada de pares e ímpares da espécie humana à procura da poção mágica do pecado genérico, mistura de contravenções e diversões. Desapareceram rapidamente no cânion de concreto, como se hipnotizados pelo mistério escondido nas sombras, transformando-se em escuridão. Pessoas retornando às suas libações, conversa de mesa de bar e os selfies obrigatórios. Cantarolando músicas antigas com letras interessantes, algumas parecendo possuídas pela sensualidade do repertório musical. Desafinados cantando baixinho para os amores do momento. Alguma coisa acontecendo na esquina da Ipiranga com a Avenida São João.

    Manifestantes empunhando bandeiras vermelhas, chavões de protestos reivindicatórios, marchando ao som de tambores indígenas. Passos deliberados, olhos fixos na calçada, calculando mentalmente a distancia à percorrer, pessoas olhando de soslaio sem gestos de empatia. Protestos considerados ácaros incômodos, povoando pequenas área do lençol de concreto cobrindo a imponência da avenida. Tropas de choque posicionadas discretamente na parte posterior de um edifício vermelho, camuflados por fileiras de pôsteres de uma exposição ao ar livre. Museu de arte, lugar estratégico para a supressão de qualquer possibilidade de desacato ou perturbação da ordem pública. Mulher jovem tocando um piano elétrico na calçada, repertório eclético e agradável oferecendo uma distração momentânea, uma oportunidade de fazer algo diferente. Acordes de Para Elisa de Beethoven, invadiram nossa mente...

    Mansão abandonada, presença humana de um cadeirante solitário, guardião do templo da oligarquia de alhures. Traços irados de pichações e desgaste material acrescentando uma sensação de perigo, um lugar fantasmagórico sem música, sons ou almas penadas. Terminal de telefone público, formato de capacete transformado em uma escultura com antebraços e mãos de tamanhos diversos e cores fulgurantes, Medusa urbana. Arte vencendo o vandalismo aleatório. Anoitecer escondido nos mistérios da garoa, protegido por um vento frio e cortante. Dormiríamos todos ao som de uma sinfonia de sirenes e gritos de miséria humana, confortáveis em quartos com calefação ou deitados lado-a-lado como dormentes nas calçadas frias da grande metrópole.

    Palmarí H. de Lucena é membro da União Brasileira de Escritores


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 02.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    MPF tenta liberar remédio derivado da maconha




     Josias de Souza
    O Ministério Público Federal foi à Justiça, na Paraíba, para tentar liberar a importação de medicamento que contém cannabidiol. Trata-se de substância derivada da maconha, cuja comercialização no Brasil é proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

    Numa ação movida contra a União e a Anvisa, o procurador da República José Godoy Bezerra de Souzasustenta que o produto é vital no tratamento de 16 pacientes diagnosticadas com epilepsia —12 crianças, dois adolescentes e dois adultos.

    Todos enfrentam crises convulsivas regulares, não tratáveis com remédios disponíveis no mercado nacional. Na petição, o procurador detalhou a situação de cada paciente. Há casos dramáticos. Por exemplo: uma criança de 2 anos que convive com 100 convulsões por semana. Outra de 4 anos que arrosta 20 crises por dia.

    Munido de prescrições médicas, o procurador argumenta na ação: “Há uma série de evidências e estudos científicos em que ficou assente a propriedade antiepiléptica do cannabidiol. Seu uso já é autorizado em vários países como Inglaterra, Nova Zelândia e Canadá e em mais de 20 Estados americanos.”

    No Brasil, realça o procurador, a Justiça já autorizou a importação do cannabidiol para uso em casos isolados em três praças: Mato Grosso, Pernambuco e Distrito Federal. Segundo José Godoy, o Ministério Público Federal se equipa para protocolar na Justiça uma ação mais ampla.

    Nesse novo processo, a Procuradoria perseguirá três objetivos. Quer retirar definitivamente o cannabidiol da lista de proibições da Anvisa, obrigar o SUS a fornecer gratuitamente a substância.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 02.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    PSDB: PT cria ‘factóide‘ em ação criminal contra Aécio




    :
    Tucanos afirmam que "bateu o desespero na campanha do Partido dos Trabalhadores"; em nota à imprensa, coordenação jurídica da campanha de Aécio Neves rechaça iniciativa do Diretório Nacional petista, presidido por Rui Falcão, de pedir à Procuradoria Geral da República abertura de inquérito criminal contra presidenciável por pousos e decolagens no aeroporto de Cláudio; pista não está homologada nem tem cadastro da ANAC; "Criam factóides para desviar a atenção do povo brasileiro", registra texto assinado por deputado Carlos Sampaio; "As explicações já foram apresentadas. É hora de falarmos do futuro do Brasil"; palavra está com a PGR; íntegra da nota
    1 DE AGOSTO DE 2014 ÀS 20:54

    247 – O PSDB reagiu com uma nota dura à iniciativa do Diretório Nacional do PT de pedir à Procuradoria Geral da República abertura de inquérito criminal contra o presidenciável Aécio Neves.

    - Não tendo como explicar a queda da atividade econômica do país, a escalada da inflação e o desarranjo econômico nas contas do governo, criam factóides para desviar a atenção do povo brasileiro, registrou, em nota à imprensa, o coordenador jurídico da campanha tucana, deputado Carlos Sampaio.

    A alegação do PT à PGR, como mostrou documento publicado hoje pelo 247, é a de que o aeroporto do município de Cláudio, construído durante o governo de Aécio em Minas Gerais dentro de uma fazenda de sua família, não tem homologação e registro na Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

    O comando do partido da presidente Dilma Rousseff quer que a PGR mande abrir inquérito criminal por violação do artigo 261 do Código Penal, que tipifica o crime de colocar em risco "embarcação ou aeronave".

    Os tucanos querem sepultar o quanto antes essa polêmica que, é claro, interessa ao PT, na medida em que tem potencial para desgastar a imagem de Aécio.

    - A verdade é que o crescimento da intenção de votos em Aécio Neves, como revelam as últimas pesquisas eleitorais, a baixa aprovação do governo de Dilma Rousseff e seu alto e crescente índice de rejeição fizeram com que batesse o desespero na campanha do Partido dos Trabalhadores, acrescenta o texto tucano.

    O assunto ganhou vida própria e, agora, vai permanecer em aberto até um pronunciamento da PGR à respeito da solicitação do PT.

    Abaixo, íntegra da manifestação do PSDB:

    NOTA À IMPRENSA

    A declaração do presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) de que irá representar na Procuradoria-Geral da República pelo uso do aeroporto da cidade de Cláudio sem homologação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) revela a realidade da campanha de Dilma Rousseff.

    Não tendo como explicar a queda da atividade econômica do país, a escalada da inflação e o desarranjo econômico nas contas do governo, criam factóides para desviar a atenção do povo brasileiro.

    A verdade é que o crescimento da intenção de votos em Aécio Neves, como revelam as últimas pesquisas eleitorais, a baixa aprovação do governo de Dilma Rousseff e seu alto e crescente índice de rejeição fizeram com que batesse o desespero na campanha do Partido dos Trabalhadores.

    A consequência é que, não tendo mais o que dizer, se tornaram repetidores de um único discurso.

    As explicações já foram apresentadas, e a prova da legalidade dos atos praticados pelo governo do Estado de Minas Gerais é incontestável. Agora é hora de falarmos do futuro do Brasil. E o futuro do país é a mudança.

    Carlos Sampaio

    Coordenador jurídico da Coligação Muda Brasil


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 02.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Cartaxo dá prazos para revitalização da Lagoa, BRT, entrega de casas e barreira do Cabo Branco em JP




     
    Na comemoração do aniversário de 429 anos de João Pessoa, o prefeito Luciano Cartaxo destacou uma série de obras e deu um prazo pra a conclusão de grandes projetos como a Lagoa do Parque Solon de Lucena e a construção de casas populares.

    Cartaxo explicou que a Lagoa já está na primeira etapa que é o desassoreamento e está ganhando profundidade de 3 metros e meio. Ele garantiu que até outubro vai ser iniciado o projeto paisagístico com quadra de esportes, espaço para ciclistas, o anel interno vai ser fechado, a lagoa terá dois píers, academia, entre outros.

    “Queremos chegar no final do ano que vem com tudo pronto. Estou falando das obras mais imediatas, mas é uma das obras mais estruturantes (a lagoa), junto com o Centro Histórico, a barreira do Cabo Branco queremos iniciar as obras de novembro para dezembro. O bairro São José também em 2014, 2015… e o BRT (Bus Rapid Transit) estamos cobrando para colocar o edital na rua nos próximos dias”, conta.

    Cartaxo apontou que quer entregar até o final do governo também a Política Habitacional que já tem mais de 2 mil moradias entregues, e confirmou com a Secretaria de Habitação que entre setembro e outubro serão mais quase mil moradias e até o final do ano mais 300. “São mais de três mil casas, cinco mil em construção. 2013 foi a hora de plantar”, destaca.

    O prefeito ainda falou na jardinagem das principais avenidas da cidade, a revitalização de praças nos bairros e a nova iluminação em LED que já começou a ser colocada.

     

     

    Marília Domingues
    Paraíba.com.br


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 02.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Justiça indefere 34 registros de candidatura nas Eleições 2014 na PB Chapas ao senado do PSTU e PROS foram impugnadas.




    .
    Para o governo, candidatura de Major Fábio foi deferida.
    Do G1 PB

    Mais 34 candidaturas foram indeferidas nas Eleições 2014 na Paraíba, pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB) na sessão desta sexta-feira (1º). Foram 23 registros para deputado estadual e cinco requerimentos para deputado federal impugnados pelos membros do tribunal, além de duas chapas para o senado - PROS e PSTU. Segundo a assessoria de comunicação do TRE, cabem recursos em todas as decisões.

    saiba mais

    PRE já analisou 87% dos pedidos de registro de candidatura da ParaíbaPartidos terão que obedecer regras trabalhistas durante campanha na PBPara o governo do estado, apenas a chapa encabeçada por Major Fábio (PROS) foi julgada na sessão e considerada apta a disputar as Eleições 2014. O processo do candidato a deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) foi retirado de pauta e teve o julgamento de registro de candidatura adiado.

    Dos 121 processos em pauta, 119 foram julgados e dois adiados ou retirados. Não foram julgadas as 25 candidaturas do PROS a deputado estadual e três requerimentos para candidato federal. Segundo o TRE-PB, o pedido de registro foi prejudicado devido à falta de documentação da chapa proporcional.

    A candidata ao senado do PROS, Leila de Cássia Tavares da Fonseca, e seus suplentes Helderley Florêncio Vieira e Joseizo Laurentino de Souza tiveram os registros indeferidos. Segundo a assessoria de comunicação do TRE-PB, a chapa deixou de atender diligências judiciais.

    Já a chapa do PSTU ao senado federal, com a candidata Severina dos Ramos Silva Dantas e os suplentes Vera Lúcia Ribeiro de Lima e Lissandro Matias Saraiva, também foi impugnada pelo TRE-PB. A motivação não foi informada.

    Entre as candidaturas indeferidas, estão também a do deputado federal candidato à reeleição Wilson Filho (PTB), do vereador Raoni Mendes (PDT), candidato ao cargo de deputado estadual, e do cantor Genival Lacerda, candidato a deputado federal. Nos três casos, o TRE-PB julgou procedente ação de impugnação proposta pelo Ministério Público Eleitoral (MPE). De acordo o MPE, os candidatos foram condenados por doação de campanha acima do limite legal.

    Por meio de nota enviada pela assessoria de imprensa, Wilson Filho informou que vai recorrer da decisão no Tribunal Superior Eleitoral, bem como os advogados de Raoni Mendes também informaram que vão recorrer da decisão. A assessoria de imprensa de Genival Lacerda não foi localizada.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 02.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Rosas diz que repercussão sobre suposto palavrão de RC contra Radical é “factoide” criado pela oposição




      Radical disse que Ricardo mandou ele se foder durante debate | |
    O presidente do PSB na Paraíba, Edvaldo Rosas, criticou nesta sexta-feira (01) o que chamou de tentativa da oposição ao governador Ricardo Coutinho (PSB) em criar ‘factóides’ contra o gestor para tirar o foco da derrota sofrida por eles no primeiro debate realizado nestas eleições, nesta quinta-feira (31), pela TV Master. A acusação teria partido do candidato Antônio Radical (PSTU).

    Edvaldo disse que, durante o debate, o governador Ricardo apresentou propostas, comparando sua gestão com as anteriores e acusou a oposição de tentar desviar o foco do debate.

    “Como eles perderam o debate e não apresentaram propostas para o desenvolvimento da Paraíba, ficam criando factóides como este. Enquanto eles estão preocupados em atacá-lo, em mentir, em criar factóides para desviar a atenção do debate que realmente interessa. Ricardo em nenhum momento agrediu ninguém”, disse o presidente do PSB.


    MaisPB com Assessoria


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 02.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    A análise de quem viu de perto:- A verdade sobre o debate




     Por Fernando Caldeira

    O jornalista Wellington Farias registrou em sua conta do facebook há mais ou menos uma semana a seguinte mensagem: "anotem o que vou dizer: o candidato que for pro debate com oba oba, com conversa mole e dado à enganação, pode ficar certo que Ricardo Coutinho vai botá-lo pra correr. Quem não tiver proposta, não entre porque vai sair desmoralizado."

    Parece até que o nosso WF teve uma premonição ou aviso do além pois, sem tirar nem por, foi isso exatamente o que aconteceu no Debate dos Candidatos, na TV Master, nesta quinta-feira (31). O debate tem sim vencedor, e atende pelo nome de Ricardo Coutinho. Justamente o candidato a ser derrotado, porquanto Governador do Estado, enfrentando cinco concorrentes, saiu-se melhor, apesar dos constantes e insistentes ataques.

    Estive presente ao vivo no debate, do início ao fim, e vi tudo: caras, bocas, gestos, olhares, esquemas partidários, gente se passando por ‘macaca de auditório’, enfim, estive no “ringue”, vi a contenda, e posso contar.

    Diferente de alguns colegas de imprensa que comentam tendo saído do debate logo no primeiro ou segundo intervalos, ou que sequer no debate estiveram, e avaliam simplesmente pelo enquadramento das câmeras na TV, repito, estive lá de cabo a rabo, como se diz.

    Resumidamente, podemos fazer a seguinte avaliação:

    1°) em todas as suas participações, seja como perguntador ou como perguntado, Ricardo Coutinho manteve-se impassível e equilibrado, demonstrando clareza nas exposições e domínio dos temas abordados;

    2°) Cássio Cunha Lima mostrou-se nervoso por diversas vezes com os comparativos entre seus governos e o de RC, ora fazendo caras e bocas, ora ostentando forçado sorriso que imediatamente sumia tão logo as luzes da ribalta se apagavam. Os números comparativos entre seus governos e o de RC o tiraram do sério por diversas vezes;

    3°) Vital Filho preferiu não entrar na ‘briga’ de ninguém, fazendo contra ponto aos seus principais contendores, postando-se como verdadeira oposição a RC e tirando de Cássio isso que o tucano queria como primazia, e saiu-se bem. Ademais, explorou com maestria o seu tempo, conseguindo expor efetivamente a apresentação de propostas para o Estado. Saiu-se bem;

    4°) Antônio Radical e Tárcio Teixeira, como era de se esperar, cumpriram seus papéis de “agentes revolucionários” do debate, pontuando a marca de seus respectivos partidos, PSTU e PSOL;

    5°) Major Fábio alternou posições de defesa de questões básicas mas significativas da população, como abastecimento d´água, por exemplo, com bravatas hilárias que serviram apenas para desopilar os fígados dos presentes.

    Ressaltando a maestria na condução por parte do apresentador Alex Filho, esses cinco itens elencados mostram bem, a nosso sentir, o que foi verdadeiramente o debate 5 contra 1, para usar um termo utilizado no mesmo!


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 01.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Bancos e repartições fecham e shoppings mudam horários no feriado de aniversário da Capital




     Bancos e repartições fecham e shoppings mudam horários no feriado de aniversário da Capital
    Trens que circulam na região metropolitana funcionam normalmente

    Divulgação/Secom Governo da PB
    Comércio de João Pessoa é facultativo no feriadão
    João Pessoa completa 429 anos nesta terça-feira (5) e o feriado municipal altera a rotina na Capital. Bancos fecham, shoppings também mudam jornada e comércio é facultativo. Já a circulação dos trens da região metropolitana se mantém normal.

    As repartições públicas estaduais, em toda a Paraíba, fecham. O feriado foi oficializado por meio da Lei nº 3.489, de 30 de agosto de 1967.

    Portal Correio

    Contudo, haverá funcionamento dos serviços essenciais, devendo os veículos oficiais, inclusive os de representação da administração direta e indireta do Poder Executivo, serem recolhidos às repartições de origem ou ao Centro Administrativo, após o término do expediente na segunda-feira (4), e liberados uma hora antes do início do expediente na quarta-feira (6).

    As exceções são para ambulâncias, veículos de fiscalização das Secretarias da Receita, da Administração Penitenciária, da Segurança e Defesa Social, das Policias Civil e Militar e do Gabinete Militar, que poderão transitar normalmente no período para execução das atividades essenciais.

    Bancos

    De acordo com o Sindicato dos Bancários, as agências fecham, com exceção dos terminais de autoatendimento.

    Comércio

    Segundo o Sindicato dos Logistas do Comércio de João Pessoa (Sindilojas), os proprietários dos estabelecimentos estão livres para decidir se vão abrir ou não durante o feriado.

    Shoppings

    O funcionamento de alguns dos principais shoppings de João Pessoa tem horário alterado devido ao feriado.

    Mag Shopping

    Abre em horário especial, a partir do meio dia e com o fechamento às 22h.

    Shopping Cidade

    O shopping Cidade fecha no feriado.

    Shopping Sul

    Com horário especial de funcionamento, o Shopping Sul abre às 11h apenas a praça de alimentação e a partir das 13h às lojas, com fechamento previsto para as 21h.

    Tambiá

    O Tambiá Shopping tem horário normal de Funcionamento. As lojas abrem às 9h e fecham às 20h; já a praça de alimentação, funciona das 9h às 21h; e os cinemas abrem de acordo com a programação em cartaz.
    Manaíra Shopping

    Nesta terça-feira (5) os horários de abertura e fechamento são normais, 10h às 22h.

    Trens

    A Companhia Brasileira de Trens Urbanos em João Pessoa informou que os trens urbanos funcionam normalmente, das 4h25 às 19h41, nesta terça feira (5), feriado do dia de fundação da cidade de João Pessoa e de Nossa Senhora das Neves, padroeira da Capital.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 01.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Wilson Filho e Ivaldo Moraes tem candidatura barrada pelo Tribunal Regional Eleitoral





    O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) indeferiu nesta sexta-feira (01) a candidatura a deputado federal Wilson Filho (PTB) e de Ivaldo Moraes (PMDB) a deputado estadual.

    O pleno julgou procedente a ação de impugnação proposta pelo Ministério Público Eleitoral. De acordo com a ação, Wilson Filho, que disputa a reeleição, tem uma condenação por doação de campanha acima do limite legal.

    Wilson foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa, que prevê a inelegibilidade pelo prazo de oito anos para os que forem condenados por doações eleitorais tidas por ilegais por decisão transitada em julgado ou proferida por órgão colegiado da Justiça Eleitoral. Os advogados vão recorrer da decisão para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

    Já em relação a Ivaldo Moraes, o empecilho seria uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo Nº10/2007 que correu sob segredo de justiça.

    O TRE-PB tem até o dia 05 de agosto para homologar todos os pedidos de registro de candidaturas. De acordo com o presidente da Corte, desembargador Saulo Benevides, durante este feriado o Tribunal estará funcionando normalmente em razão de que muitos registros de candidaturas ainda faltam serem julgados.

     

    Clickpb.com.br


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 01.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Leila Fonseca e Genival Lacerda têm registros de candidaturas indeferidos pelo TRE




     
    Mais dois candidatos tiveram os registros de candidaturas indeferidos nesta sexta-feira (1) pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB). Ficam fora da disputa à candidata do PROS ao senado, Leila Fonseca e o cantor Genival Lacerda (PMN) a deputado estadual.

    Leila teve seu registro barrado, nos termos do voto do relator, em harmonia com o parecer ministerial. A decisão foi unânime.

    No caso de Lacerda, a decisão foi também unanime dos membros do TRE. Eles julgaram procedente o pedido de impugnação da candidatura do cantor, feito pelo Ministério Público.

    O TRE-PB tem até o dia 05 de agosto para homologar todos os pedidos de registro de candidaturas. De acordo com o presidente da Corte, desembargador Saulo Benevides, durante este feriado o Tribunal estará funcionando normalmente em razão de que muitos registros de candidaturas ainda faltam serem julgados.

    Clickpb.com.br


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 01.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Servidora pública registra queixa na delegacia contra irmão de Cássio por gestos obscenos




     


    O vice-prefeito de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima Filho (PSDB), irmão do senador Cássio Cunha Lima, candidato do PSDB ao Governo do Estado, está sendo acusado por militantes do PSB de ter feito gestos obscenos durante a saída do debate promovido pela TV Master, na noite desta quinta-feira (31). O caso foi levado até a polícia, com militantes registrando boletim de ocorrência contra o vice-prefeito.

    Segundo testemunhas, Ronaldinho, como é mais conhecido, teria ficado irritado, na saída da emissora, ao ter ouvido que o irmão era ‘ficha suja’ por ter sido cassado pela Justiça por crime eleitoral. A funcionária pública Fátima Ventura, integrante da Executiva Nacional do PSB, foi uma das vítimas da tentativa de agressão praticada pelo vice-prefeito campinense.

    “Irritado com a manifestação da militância, ele (Ronaldinho) veio agressivamente em nossa direção, sendo contido por assessores. Não satisfeito, ele passou a fazer gestos obscenos em direção às mulheres da nossa militância”, contou Ventura.

    Fátima informou que a atitude desrespeitosa do irmão de Cássio contra as militantes do PSB foi testemunhada por várias pessoas, como o advogado Djalma Neto e a presidente do PSB Jovem, Priscila Gomes, que confirmou a tentativa de agressão em seu blog. “Depois de algumas palavras de Fátima Ventura, Ronaldo perdeu de vez a cabeça e fez gestos obscenos para a servidora”, narrou a dirigente socialista.

    Na tarde desta sexta-feira (1), bastante abalada com a repercussão do episódio nas redes sociais, Fátima Ventura decidiu registrar o fato junto à Delegacia de Polícia, na tentativa de evitar que o vice-prefeito de Campina de Grande continue atentando contra a honra das mulheres.

    blogdotiaolucena.com


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 01.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Israel e Hamas acertam cessar-fogo humanitário de 72 horas em Gaza



    Por iG São Paulo | 31/07/2014 19:06
    Acordo foi anunciado por secretário de Estado norte-americano e o secretário-geral da ONU

    Israel e Hamas concordaram com um cessar-fogo de 72 horas no conflito na Faixa de Gaza a partir de sexta-feira (1º), afirmaram o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, e o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, nesta quinta-feira (31).

    O cessar-fogo começará às 8h no horário local (2h em Brasília) de sexta-feira, disseram em uma declaração conjunta. A nota afirmou que as "forças no solo vão permanecer no local" durante a trégua, sugerindo que as forças terrestres israelenses não vão se retirar.

    "Apelamos a todas as partes para agir com moderação até que este cessar-fogo humanitário comece, e para que respeitem plenamente os seus compromissos durante o cessar-fogo", disseram Kerry e Ban. "Este cessar-fogo é fundamental para dar a civis inocentes uma parada muito necessária na violência."

    Saiba mais: Entenda o atual conflito entre Israel e Hamas

    O Hamas, grupo que controla a Faixa de Gaza, disse que vai respeitar o cessar-fogo. "Reconhecendo um chamado da Organização das Nações Unidas e considerando a situação do nosso povo, as facções de resistência concordaram com uma calma humanitária e mútua de 72 horas enquanto o outro lado respeitá-la", disse o porta-voz do Hamas, Sami Abu Zuhri. "Todas as facções palestinas estão unidas em relação a esta questão."

    Cessar-fogo é oportunidade, diz Kerry

    O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, chamou o cessar-fogo de 72 horas acordado por Israel e o Hamas para o conflito na Faixa de Gaza de uma "oportunidade" e disse que é imperativo que os lados em conflito façam seus maiores esforços para encontrar um ponto comum.

    Kerry afirmou que o ministro das Relações Exteriores do Egito vai convidar as partes para participar de negociações "sérias" no Cairo e que os Estados Unidos planejam enviar uma pequena delegação. Ele classificou o cessar-fogo como "tempo precioso".

    "É uma oportunidade, um momento para que as diferentes facções sejam capazes de se unir com o Estado de Israel em um esforço para tentar encontrar maneiras para um cessar-fogo sustentável e, então, obviamente, por um longo período de tempo", disse Kerry a repórteres.

    Kerry afirmou que os EUA estão agradecidos que a violência possa parar por mais de 24 horas. "Esperamos que este momento de oportunidade seja agarrado pelas partes, mas ninguém pode forçá-las a fazer isso", acrescentou Kerry.

    "Não há garantias. Esta é uma questão difícil, complicada, e eu acho que todo mundo sabe que não foi fácil chegar a este ponto. Todo mundo sabe que não será fácil ir além deste ponto, mas é imperativo que as pessoas façam o maior esforço para tentar encontrar um ponto comum", disse Kerry.

    Conflito

    Desde o início da operação Margem Protetora, no dia 8 de julho, 1.360 palestinos morreram - a maioria civis. Do lado israelense, morreram 56 soldados e dois civis. Um trabalhador tailandês em Israel também foi morto.

    Segundo a ONU, 425 mil pessoas em Gaza tiveram de deixar suas casas por causa da operação. A organização diz que está amparando 225 mil palestinos em 86 abrigos ao longo da Faixa de Gaza. Acredita-se que cerca de 200 mil estejam na casa de amigos e parentes.

    O número total de desabrigados e desalojados chega a um quarto da população da Faixa de Gaza (1,7 milhão).

    * Com Reuters


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 01.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    João Pessoa das antigas - Fotos


    Ponto de Cem Réis
    Ponto de Cem Réis
    Varadouro Varadouro



    Antes do Hotel Tambaú
    Antes do Hotel Tambaú

    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 01.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Jurídico do PSB diz que PT Nacional avalizou aliança com PSB na PB e vê parecer do MP como ‘forte aliado





    O assessor jurídico do PSB, advogado Fábio Brito, comentou em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação que visualiza o parecer do Ministério Público como um ‘forte aliado’ na defesa da tese de legalidade e regularidade dos atos praticados pelo PT no instante que resolveu firmar aliança com o PSB. Ele destacou também que o PT Nacional no contexto da documentação que foi divulgada em seu site, avaliza a aliança com o PSB na Paraíba.

     

    Para Brito, ‘os argumentos são robustos e vêm fortalecer a tese’. Ele acredita que os membros Tribunal Regional Eleitoral (TRE) devem também considerar o posicionamento do Ministério Público, ‘na hora de manifestar seus votos’.

     

    Quanto a questão que o PMDB levantou de não ter conhecimento dos documentos anexados nos processos, o advogado destacou que a análise do procurador foi contextualizada e não se pautou especificamente em nenhum documento. “Os documentos que foram encartados estão disponíveis na internet e compravam apenas que a Secretaria de Organização do PT Nacional tinha conhecimento da coligação PT/PDB desde o dia 26. Queremos trazer para o debate a verdade. Quem tem medo da verdade é que pode querer retirar algum documento dos autos”, alfineta.

     

    O advogado garantiu que o PMDB tinha ciência dos documentos que estavam sendo anexados nos três processos que discutem esse assunto e reclama: “Não queria se fazer de desconhecido para tentar desqualificar a peça que está muito bem construída, embasada, em análise contextualizada da situação e não apenas de um único episódio”, explica.

     

    A defesa da coligação, se baseia no primor de que a aliança se consolidou respeitando todas as diretrizes do estatuto do partido, bem como da comissão executiva nacional. “É preciso que se respeito o ato de vontade dos convencionais, a aliança não se constitui por ato de força, ato que naõ seja de consenso das partes envolvidas. Principalmente quando o tema é democracia. Daí a nossa afirmação de que mais ainda encontramos no posicionamento do procurador regional eleitoral um reforço da tese que viemos defendendo desde o início do processo.

     

    Brito esclareceu quanto as deliberações dos partidos, atentando para a ordem cronológica: “Vamos ver que o PT baixou a diretriz no dia 26, aquela que Rui Falcão (presidente do partido) editou. Onde falava que é possível a coligação com o PSB cumpridas algumas condicionais e todas elas foram cumpridas. No mesmo dia 26 que o PT se reuniu e deliberou por apoiar o PSB, o partido encaminhou um comunicado à Executiva Nacional do Partido, através da Secretaria de Organização do PT Nacional. Logo em seguida no dia 30 de junho o site do PT Nacional divulga relação de candidatos que cumpriram as normas estatutárias e as resoluções do partido, dentre elas está lá a candidatura de Lucélio Cartaxo como senador”, explica.

     

    “O PT comunicou à Nacional que iria, na Paraíba, se coligar com o PSB apoiando a reeleição de Ricardo Coutinho e tendo nessa chapa a vaga a senador de Lucélio Cartaxo e o PT no dia 30 chancela essa candidatura ao senado, nós entendemos que está muito claro do ponto de vista jurídico que todas as normas legais estatutárias, bem como resoluções foram de fato observadas e obedecidas”, conta.


    Para o advogado, no contexto da documentação apresentada pelo PT Nacional, esse é o entendimento que o jurídico da coligação tem. Ele comentou ainda que com base nisso, o PT avalisa a aliança com o PSB: “Obviamente que o PT Nacional depois desses diass editou dois Atos que questionamos como se contrapondo a toda sequência de Atos que vinham sendo apresentados até então que valida a coligaão PT/PSB e demais partidos”, conclui.
    Fechar [x]
    PSB diz que PMDB está ‘revoltado’ com parecer do MPE e garante que não existe documento estranho ao processoPMDB pede vista de parecer do MPE e ainda confia em julgamento favorável para aliança com PT
    Marília Domingues / Fernando Braz


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários


ver mais antigas