Estatisticas do blog

No momento, 7 usuário(s) está(ão) lendo este blog. No total, 2791556 pessoas visitaram esta página.

Clima tempo

Twitter

Publicidade

  • 26.11.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Hospital confirma agravamento do estado clínico de ex-vereadora atropelada na Capital





    Sônia Germano foi arrastada por um veículo no bairro de Manaíra, Zona Leste de João Pessoa, e está internada em estado gravíssimo

    Cidades | Em 26/11/14 às 10h52, atualizado em 26/11/14 às 11h20 | Por Redação

    Local do atropelamento
    É gravíssimo o estado de saúde da ex-vereadora e ex-coordenadora do Projeto Cooperar, Sônia Germano, de 57 anos. Ela foi vítima de atropelamento no início da tarde dessa terça-feira (25).

     Portal Correio

    Sônia Maria Germano de Figueiredo foi atropelada e arrastada por um veículo no bairro de Manaíra, Zona Leste da Capital. Ela sofreu traumatismo craniano e fraturas em três pontos da perna. Conforme boletim médico divulgado pelo Hospital Emergência e Trauma de João Pessoa na manhã desta quarta-feira (26), a ex-vereadora passou por cirurgia e está em estado gravíssimo.

    A motorista que causou o acidente, que não foi identificada, dirigia um veículo com câmbio automático. Ela teria alegado que passou mal e perdeu o controle do veículo ao engatar a marcha ré. A ex-vereadora passava no momento e acabou atingida. O carro só parou ao colidir com uma grade. Muito nervosa e perguntando a todo momento como estava a vítima, a mulher foi socorrida por familiares


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 26.11.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Deputado estadual diz que é contra aumento do salário: “já tá bom demais‘




    ”Para Anísio, dinheiro que os parlamentares recebem dá para fazer muito trabalho | |
    O deputado estadual, Anísio Maia (PT), declarou, nesta quarta-feira (26), que é contra o reajuste dos salários dos deputados estaduais. De acordo com o petista, os parlamentares já ganham bem demais.

    Em entrevista ao Correio Debate, da 98 FM, Anísio Maia, disse que vai entrar com uma proposta de execução contra o aumento orçamentário da Casa. O aumento dos parlamentares estaduais acontecerá em efeito cascata caso os legisladores da Câmara Federal reajustem em R$ 33 mil seus vencimentos como está sendo discutido na Câmara Federal. Os deputados da Paraíba receberão cerca de R$ 26 mil, um aumento de R$ 6 mil reais a mais.

    “O deputado hoje ganha R$ 20 mil. Está bom demais”, disse Anísio Maia garantindo que, mesmo com o desconto de R$ 5 mil do Imposto de Renda, “dá demais” para fazer muito trabalho. “É muito dinheiro”, dispaou o parlamentar.

    A proposta da Câmara em aumentar é baseado no acumulado dos últimos quatro anos do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que é o medidor oficial da inflação no país. A intenção dos parlamentares também é de aumentar os salários da presidente Dilma Rousseff, do vice Michel Temer, e dos 39 ministros do Brasil. O último reajuste foi feito em dezembro de 2010.

    Atualmente, os salários dos parlamentares federais é de R$ 26.723, além de auxílio moradia de R$ 3.800, verba indenizatória de até R$ 41 mil e direito a apartamento funcional. No caso dos senadores, a verba indenizatória chegam a R$ 44,2 mil.


    Roberto Targino - MaisPB


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 26.11.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Salário de deputados estaduais da PB deve aumentar para R$ 26 mil em 2015




    Da Redação com Blog do Gordinho
    Os deputados federais querem elevar, a partir de janeiro seus próprios salários, além dos vencimentos da presidente Dilma Rousseff, do seu vice, Michel Temer, e dos 39 ministros. O reajuste de 26% deve ter um efeito cascata e elevar de R$ 20 mil para R$ 26 mil o salário dos deputados estaduais da Paraíba.

    O deputado Gervásio Maia (PMDB) considerou que o reajuste justo. "O salário é bom, mas a despesa também é muito alta. Principalmente nesse período de eleições. Eu estava com um colega que, por exemplo, estava fazendo um consignado no banco, para você ver como é a situação", falou.

    Já Anísio Maia (PT) é contra o aumento salarial. "O salário atualmente é de R$ 20 mil. Descontado os impostos ficam R$ 15 mil, mas mesmo assim ainda é muito dinheiro", disse.

    Para os parlamentares da Câmara Federal, a previsão é de que o salário passe de R$ 26.723 para R$ 33.769. O aumento tem como base o acumulado dos últimos quatro anos do índice oficial de inflação (IPCA), que segundo os técnicos é de 26,33%.

    Os congressistas, além dos salários, têm direito a apartamento funcional ou auxílio-moradia de 3.800 reais e verba indenizatória de até 41.000 reais para deputados e 44.200 reais para senadores. O mais recente aumento dado aos congressistas e aos integrantes do Executivo federal ocorreu em dezembro de 2010.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 26.11.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Comissão aprova reajuste para ministros do STF e procurador geral





    Teto salarial da administração pública sobe para R$ 35,9 mil a partir de janeiro de 2015, de acordo com proposta, que será analisada ainda pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania; depois, será votada pelo Plenário e enviada para o Senado


    Agência Câmara - A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (26), os projetos de lei 7917/14 e 7918/14, do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Ministério Público da União (MPU), respectivamente, que aumentam de R$ 29.462,25 para R$ 35.919,05 o salário dos ministros do STF e do procurador-geral da República a partir de janeiro de 2015. O valor é usado como teto salarial do funcionalismo público.

    De acordo com o STF e o MPU, o aumento de 21,9% foi calculado a partir da reposição das perdas da inflação de 2009 a 2013 somadas à projeção do Índice Nacional de Preços ao Consumidor – Amplo (IPC-A) para 2014, em um total de 16,11%.

    Impacto
    O reajuste terá impacto em todo o Judiciário, já que os salários dos juízes são calculados a partir do subsídio pago aos ministros do STF. Os ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) ganham 95% do valor recebido pelos ministros do Supremo. Já os juízes da segunda instância ganham 95% do recebido pelos integrantes do STJ. Finalmente, os juízes de primeira instância ganham 95% dos de segunda instância.

    O STF afirma que o reajuste terá impacto de R$ 2,5 milhões só para o órgão e de R$ 646,3 milhões para as demais instâncias do Judiciário federal. No MPU, o impacto orçamentário é de R$ 226 milhões - o aumento do salário do procurador-geral da República também reflete em reajustes para os demais membros do Ministério Público da União.

    Critérios
    O projeto do Supremo também estabelece três critérios para os futuros reajustes salariais:
    - a recuperação do poder aquisitivo dos ministros;
    - o fato de que o salário dos ministros é usado como teto da administração pública; e
    - a comparação com subsídios e remunerações de outros integrantes de carreiras de estado, como diplomatas, e demais servidores federais.

    A proposta original define que esses critérios passarão a basear os reajustes a partir de 2019, mas o relator na Comissão do Trabalho, deputado Sandro Mabel (PMDB-GO), apresentou emenda antecipando esse prazo para 2016. Ele considerou o prazo original "inexplicavelmente distante", já que as normas têm "inegável relevância".

    Tramitação
    Os projetos serão analisados ainda pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois, serão votados pelo Plenário e enviados para o Senado.



    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 26.11.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Equipe é anunciada amanhã , mas não tomará posse




     EQUIPE É ANUNCIADA AMANHÃ, MAS NÃO TOMARÁ POSSE
    :
    Oficial: novos ministros da equipe econômica do segundo mandato da presidente Dilma serão oficializados nesta quinta-feira 27; no entanto, não há previsão da data da posse dos dois novos titulares, que substituirão Guido Mantega, da Fazenda, e Miriam Belchior, do Planejamento; os novos ministros, Joaquim Levy e Nelson Barbosa, concederão entrevista coletiva após o anúncio formal; Dilma também deve manter Alexandre Tombini no Banco Central e anunciar os presidentes da Caixa e do Banco do Brasil; Reuters noticia que Levy assume a Fazenda com missão de desmontar política anticíclica, segundo fonte do governo


    Luana Lourenço – Repórter da Agência Brasil

    Os novos ministros da Fazenda e do Planejamento serão anunciados oficialmente amanhã (27) pela presidenta Dilma Rousseff.

    No entanto, não há previsão da data da posse dos dois novos titulares da equipe econômica, que substituirão Guido Mantega e Miriam Belchior, respectivamente.

    A informação é do ministro da Secretaria de Comunicação Social, Thomas Traumann, que não adiantou os nomes que serão anunciados amanhã. Os dois novos integrantes do governo vão trabalhar no Palácio do Palácio com uma equipe que fará a transição entre a atual gestão e a próxima.

    Os novos ministros deverão conceder entrevista coletiva amanhã, após o anúncio formal.

    Abaixo, reportagem da agência Reuters que afirma, segundo uma fonte do governo, que Levy assumirá a Fazenda com a missão de desmontar a política anticíclica do governo:

    Levy assume Fazenda com missão de desmontar política anticíclica, diz fonte

    Por Luciana Otoni

    BRASÍLIA (Reuters) - Joaquim Levy vai ser anunciado na quinta-feira ministro da Fazenda com a missão de desmontar gradualmente a política anticíclica feita nos últimos anos, revertendo as desonerações tributárias, disse à Reuters uma fonte do governo que acompanha a montagem da nova equipe econômica.

    "Não tem como o governo manter a política anticíclica", disse nesta quarta-feira a fonte, sob condição de anonimato. "Levy vai assumir o cargo de ministro da Fazenda para rever as contas, reverter desonerações, gerar mais receita e criar ambiente para a melhora do investimento privado."

    O desmonte dessa política, iniciada para estimular a atividade econômica, será feito de forma gradual. Mas novas medidas, acrescentou a fonte, não serão divulgadas nesta quinta-feira, quando o Palácio do Planalto divulgará os nomes dos futuros ministros da Fazenda e do Planejamento.

    O ex-secretário-executivo da Fazenda Nelson Barbosa ficará com a pasta do Planejamento e Alexandre Tombini continuará à frente do Banco Central.

    As desonerações tributárias, nos primeiros dez meses do ano, somaram quase 85 bilhões de reais, e são uma das principais responsáveis pelo mau desempenho fiscal do governo. Entre elas, estão a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de veículos, que termina neste ano, e a das folhas de pagamento de diversos setores, que continua.

    As medidas em estudo também envolvem mudança no seguro-desemprego e abono salarial, além de contenção de gasto da máquina pública.

    Também está em análise o aumento da alíquota da Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico (Cide) sobre combustíveis, zerada desde 2012. De acordo com a fonte, além de gerar receita anual superior a 10 bilhões de reais, o tributo vai melhorar a competitividade do etanol no mercado brasileiro.

    Esse conjunto de medidas está em fase final de elaboração e será anunciado nos próximos dias.

    PRIMÁRIO 2015

    A fonte informou ainda que a presidente Dilma pediu a Levy que prepare uma nova meta ajustada de superávit primário para 2015, mais compatível com a realidade de baixa poupança.

    A meta cheia da economia feita para pagamento de juros do próximo ano é de 147,3 bilhões de reais, equivalente a 2,5 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), mas o governo havia dito que perseguiria 2 por cento do PIB.

    A definição da nova meta de 2015 será, conforme a fonte, feita sem alteração das condições prevista no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentos (LDO) de 2015, que ainda não foi aprovada no Congresso Nacional.

    "Vai ter que ser uma meta que o governo consiga alcançar e ao mesmo tempo que assegure o ‘investment grade‘ pelas agências de risco", acrescentou.

    OUTROS MINISTROS

    Dilma anunciará também na quinta-feira o senador Armando Monteiro Neto (PTB-PE), ex-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), para o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, e a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), presidente Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), para a pasta da Agricultura.

    Além disso será anunciada a transferência do ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, para a Secretaria-Geral da Presidência da República, no lugar de Gilberto Carvalho.

    Segundo informou a fonte, o Palácio do Planalto trabalha para dar posse aos novos indicados na próxima segunda-feira.

    A atual ministra do Planejamento, Miriam Belchior, está cotada para o Ministério de Minas e Energia, mas ainda sem confirmação.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 26.11.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Papo d‘ Esquina


     

    GOVERNADOR LIVRE PARA PROMOVER MUDANÇAS, PRETENDER CONSERVAR CLAUDIO LIMA NA SEGURANÇA

    Os secretários do governo Ricardo Coutinho, visando facilitar a vida do gestor recém eleito, resolveram em bloco solicitar exoneração dos respectivos cargos. A informação de que dos 27 cargos disponíveis do primeiro escalação, apenas João Azevedo do Recurso Hídrico, Luiz Torres da Comunicação, o Coronel Euler no Comando da Polícia Militar e Claudio Lima na Segurança, como diria o ex-ministro do Trabalho de Collor de Mello, Rogério Magri, são ‘Imexiveis’. Sem querer sem advogado do diabo, o governador Ricardo Coutinho, deveria rever essa sua posição com relação as dois gestores da área da segurança pública, pois este aprendiz de digitador e toda a população da Paraíba, entendem que o ponto fraco hoje do governo RC é exatamente essa dupla da segurança pública.

    GOVERNADOR EXONERA 11 COMANDANTES


    Por falar em reforma, mesmo admitindo não mudar o comando geral da Polícia Militar o secretário da Segurança Claudio Lima, pelo menos no segundo escalão da PM a reforma teve início ontem com a mudança de 11 comandantes de batalhões e de companhias. A edição desta terça-feira do Diário Oficial do Estado traz mudanças radicais na área de Segurança Pública. O governador socialista exonerou 11 oficiais da Polícia Militar dos cargos comissionados e mudou quase todos os comandos da Policia Militar da Paraíba.

    TRÊS ALIADOS DE CÁSSIO CUNHA LIMA FECHAM COM ADRIANO GALDINO
    O poder é realmente inebriante e sempre muito convincente, ou seja, com tal força, mais três deputados ‘aliados’ do senador Cássio Cunha Lima (candidato derrotado ao Governo do Estado) oficializaram apoio à candidatura do deputado Adriano Galdino (PSB) à presidência da Assembleia Legislativa da Paraíba. João Henrique (DEM), Branco Mendes (PEN) e Edmilson Soares (PEN) disseram ter assinado a lista de apoio a Galdino para o biênio 2015-2016. “Pensamos no poder legislativo e entendemos a necessidade de alternância de poder”, disse o deputado estadual João Henrique. Ah bom, assim está tudo explicado!

    O CUIDADO COM OS CANTEIROS DA CIDADE

    Quem anda pela cidade percebe facilmente o bom trabalho que vem desenvolvendo pelo secretário e vereador licenciado João Almeida, que vem pouco a pouco fazendo o serviço de jardinagem de nossos canteiros e praças. O danado é que chega a informação de que o prefeito Luciano Cartaxo, estaria pensando em devolver o vereador para a Câmara Municipal, em razão da conduta de vereador Mangueira, que na condição de primeiro suplente ocupa a vaga de João. Já que Mangueira não ajuda em nada como parlamentar, podia pelos menos não atrapalhar.

    A MOBILIDADE URBANA E O PASSEIO PÚBLICO

    Por falar em Prefeitura, aqui em João Pessoa nenhum gestor conseguiu até hoje fazer cumprir a lei no que diz respeito ao quesito passeio público. Andar na nossa capital se transformou numa ação de alto risco, pois os buracos, entulhos e outras dificuldades existem praticamente em toda nossa cidade, prejudicando principalmente os deficientes e idosos, vítimas das dificuldades impostas e o desleixo dos nossos gestores. Com relação aos terrenos baldios o descaso é bem maior, ou seja, o sujeito compra um terreno para especulação imobiliária e o abandona por anos a fio, sem fazer ali nenhuma benfeitoria, prejudicando assim toda comunidade, sem sofrer nenhuma reprimenda, nem que fosse uma multa pesada, para assim doer no bolso do mesmo.

     

    A MORTE DA JOVEM TEM MUITO A VER COM A EDUCAÇÃO FAMILIAR

    Esse rapaz que assassinou friamente a jovem Maria Beatriz Souza Santana, no interior da Escola Violeta Formiga, segundo informações já havia sido detido com drogas no passado. Um fato, porém chamou a atenção daqueles mais atentos, a genitora do mesmo ao ser entrevistado por um repórter de um determinado canal de televisão e indagada se ele teria chamado a Polícia Militar a mesma respondeu; ‘Não eles vieram de enxeridos’. Precisa dizer mais alguma coisa com relação à educação dada a este jovem infrator?

     

    PARA QUE SERVE A TAL GUARDA MUNICIPAL?

    Por falar em tal assassinato, logo vem a inevitável pergunta; Se a função primordial da Guarda Municipal é cuidar do patrimônio da Prefeitura, como explicar que nos postos de saúde, Secretarias municipais e até mesmo em nossos cemitérios a vigilância e a preservação estejam aos cuidados de empresas de segurança? A quem interessa essa enorme despesa com os recursos públicos?

    LUCIANO CARTAXO EXONERA SECRETÁRIO ATRAVÉS DE RECADO
    Ontem o secretário municipal do Meio Ambiente Edilton Nóbrega, foi surpreendido com uma ligação telefônica do chefe de Gabinete da Prefeitura, Zenedy Bezerra, informando da sua exoneração do cargo, porém sem explicar as razões. O exonerado nem se fez de rogado e classificou como deselegante atitude do prefeito de João Pessoa, alegando que quando o convidou o fez pessoalmente e agora para exonerá-lo o faz através de um portador. Com a confirmação de sua saída já são 12 os cargos de primeiro escalão vagos na gestão municipal. Como existem muitas vagas no primeiro escalão de nossa Prefeitura quem se habilita?

    QUAL SERIA O MEL DA FEDERAÇÃO PARAIBANA DE FUTEBOL?

    Desde as primeiras horas da segunda-feira aqueles que pretendem se candidatar a presidência da Federação Paraibana de Futebol se acotovelam na porta daquela entidade, para assim serem os primeiros a registrarem as respectivas chapas. Dentre os mais conhecidos temos o médico e ex-deputado João Maximo Malheiros e o irmão do governador Coriolano Coutinho. Ali deve ser muito bom a atraente, tanto que Rosilene Gomes tentava se perpetuar no cargo quando foi afastada pela Justiça, no propósito de apurar possíveis irregularidades na sua gestão. Será que o mel da Federação de Futebol seria o salário de R$ 15 mil e a cota mensal de R$ 100 mil enviada pela CBF? Tomara que não. Em tempo: Ontem no momento do registro das chapas se viu até empurrões entre os candidatos e aliados.

    TEMOS ATÉ PROPINA COM RECIBO

    Realmente os nossos políticos e gestores públicos perderam a vergonha por completo. Não é que o diretor de Engenharia da Galvão Engenharia Erton Medeiros Fonseca, preso na sétima fase da Operação Lava-Jato, da Polícia Federal, entregou comprovantes do pagamento de R$ 8,8 milhões de propina. O advogado do diretor José Luis Oliveira Lima, informou que a empresa foi obrigada a pagar a uma empresa denominada LSFN Consultoria Engenharia a propina em questão, pois sofria ameaças de retaliação caso não fosse dada a propina solicitada. Tal conduta dá uma idéia do nível a que chegou a política com as boquinhas e bocarras montadas na enferrujada e decadente máquina pública.

    FINALMENTE O PROJETO MORADOURO


    Desde o início da gestão de Ricardo Coutinho que foi prometido a construção de apartamentos ali naquele destruído casario, localizado na Vardouro. De acordo com a secretaria de habitação, Socorro Gadelha, as obras serão iniciadas em janeiro e terão duração de oito meses. “Esse projeto de moradia tem como objetivo levar vida para os antigos casarões e requalificar a área do Centro Histórico proporcionando qualidade de vida para os moradores da região”, explicou. . O Projeto Moradouro teve um investimento total de R$ 3 milhões, com recursos do Governo Federal e contrapartida da prefeitura. Os imóveis serão comercializados, em média, por R$ 90 mil, e o tamanho varia de 53m² a 72m². Já os pontos comerciais serão a partir de R$ 95 mil.Depois de seis anos de Ricardo Coutinho, dois de Luciano Agra e agora dois anos de Luciano Cartaxo, parece que finalmente aquela importante obra irá sair do papel. Antes tarde do que nunca.


    SAUDADE DO ESCÂNDALO NO GOVERNO DE ITAMAR, APENAS A FALTA DA CALCINHA DE LILIAN RAMOS


    O Brasil é realmente um pai surreal, há pouco mais de um ano parou em todos estados da Federação, pelo valor de R$ 020 referente ao reajuste das tarifas dos transportes coletivos. Hoje temos o escândalo da Petrobras que chega a cerca de R$ 21 bilhões e necas de pitibira de manifestações populares. Que bom o tempo ainda de Itamar Franco que o grande escândalo foi no Sambódromo. Com a foto de Lilian Ramos, usando uma saia branca curta e sem calcinha no camarote presidencial. Como diria o nosso amigo Albergio Gomes Medeiros: Escândalos como os daquela postagem limpavam nossas vistas; já os de hoje limpam nossos bolsos.

    AS 91 FAZENDAS DE EUNÍCIO DE OLIVEIRA E O MST

    O senador Eunicio Oliveira, que acabou de perder a disputa para o governo do Ceará, mesmo nascido em família das mais humildes, é um raro exemplo de súbito e extraordinário enriquecimento, contando hoje com nada mais nada menos que 91 propriedades rurais espalhadas pelo País. Para se ter uma idéia da sua riqueza o MST acaba de invadir uma de suas fazendas localizadas no Estado de Goiás, denominada Santa Mônica, uma mega propriedade que se entende por terras de três municípios. A fazenda tem plantações de soja e a criação de 7 mil cabeças de gado para corte. Mesmo não tendo nada contra a boa riqueza, ou seja, aquela adquirida graças ao suor do rosto, vai uma perguntinha: Para que o cidadão necessita de 91 propriedade rurais, enquanto outros não possuem sequer um palmo de terra para sobreviver?

    JULIO RAFAEL SERÁ LEMBRADO EM CENTRO DE ARTESANATO

    O falecido Julio Rafael, petista de altos coturnos contrariando a legenda sempre esteve ligado ao governador Ricardo Coutinho. Desde o tempo em que o mesmo brigava dentro do PT para disputar a Prefeitura de João Pessoa. Agora o governador RC pretende lembrar Julio Rafael dando o seu nome ao novo Centro de Artesanato de Tambaú. Julio Rafael já teve o seu nome imortalizado na praça localizada defronte ao Sebrae, órgão que era dirigido por Julio Rafael quando se deu a sua doença e morte.

    A BOCA MALDITA – LOURDINHA LUNA

    A colaboradora do nosso blog Lourdinha Luna, sempre se manifesta nas redes sociais e o faz sempre com inteligência e muito bem antenada com os acontecimentos que nos cercam. Lourdinha a partir deste ponto: ‘O sistema de comentário malicioso ou apressado em relação ao que pode acontecer, mudou-se do "Ponto-de-cem-reis" para o Cooper do Cabo Branco. Pessoas (homens e mulheres) se apressam na suposição de que o futuro quadro governamental, em face de sugestões dos Partidos aliados, possam apresentar nomes descompromissados com o interesse coletivo e o atendimento ao público voltar ao estilo indesejável... Não há porque temer. Ricardo Coutinho é da taba e conhece os caboclos... Lourdinha se tias criticas forem com relação ao retorno de certos gestores de governos passados, os comentários fazem todo sentido do mundo, ou seja, não podemos retroagir, mas se o fato é em razão do acolhimento de nomes de aliados, não sei qual é a estranheza de tais pessoas com relação às indicações de partidos da base. Ora, sempre foi assim, quem ajuda a ganhar ajuda a governar. Será que se Cássio tivesse sido eleito com 14 partidos na sua coligação o resultado seria outro?


    Esta coluna é publicada no http:/www.blogdopedromarinho.com e em quatro portais.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 26.11.2014 | Autor: Pedro Marinho

    As belas da quarta - fotos









    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 26.11.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Hora do Riso...- Empreitada


    Aroeira
    Aroeira


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 26.11.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Polícia Militar e Corpo de Bombeiros convocam candidatos ao Curso de Soldado para Exame de Aptidão Física





    A Polícia Militar da Paraíba e o Corpo de Bombeiros realizam, a partir desta quarta-feira (26), o Exame de Aptidão Física (EAF). Estão sendo convocados os 1.632 candidatos aprovados no Concurso Público para Soldados das corporações. Os exames físicos serão realizados em João Pessoa, Campina Grande e Patos até o dia 13 de dezembro e o resultado será divulgado no dia 19 de dezembro. As matrículas acontecerão até o dia 31 de dezembro.

    O concurso foi realizado em agosto deste ano e ofertou 600 vagas, sendo 520 para a Polícia Militar e 80 para o Corpo de Bombeiros. De acordo com a presidente da Comissão de Avaliação Física do Concurso, coronel Maria Filha, em João Pessoa os testes físicos acontecerão no Centro de Educação da Polícia Militar, em Mangabeira, nos dias 26, 27, 28 e 29 de novembro e dias 1 e 2 de dezembro, sempre nos turnos da manhã e tarde.

    Em Campina Grande, os exames físicos serão aplicados nos dias 4, 5, 9 e 10 de dezembro, no campus de Educação Física da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB); enquanto na cidade de Patos os candidatos ao Curso de Formação de Soldados farão os exames de aptidão física dias 12 e 13 de dezembro no campo de futebol “O Palmeirão” e no Tiro de Guerra.

    Cada candidato terá dois dias de avaliação física. No primeiro dia, o teste consistirá em flexões na barra fixa; abdominal e corrida de 100 metros. No segundo dia, os candidatos vão praticar salto em altura e corrida de 12 minutos, conforme adiantou a coronel Maria Filha.

    Bombeiros Militar - O Corpo de Bombeiros, por sua vez, está convocando os candidatos para o Exame de Aptidão Física por grupos.

    Grupo 1 (Campina Grande)

    - Ginásio de Esporte da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) – Rua Baraúnas, 351 – Bairro Universitário (Bodocongó), a partir das 7 h, nos dias 26, 27 e 28 de novembro.

    - Grupo 2 – (Patos)

    Tiro de Guerra de Patos – Rua Sargento Everaldo, 611, Bairro Belo Horizonte, dias 1, 2 e 3 de dezembro, a partir das 7h.

    Grupo 3 – (João Pessoa)

    Centro de Educação da PMPB – Rua Coronel Dr. Francisco de Assis Veloso, s/n – Mangabeira VII, nos dias 9, 10 e 11 de dezembro, a partir das 7 h.
    Fechar [x]
    Secom-PB


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 26.11.2014 | Autor: Pedro Marinho

    PMJP antecipa pagamento dos servidores e salário começa a ser pago na sexta-feira




    Operação inclui todas as categorias e será estará concluída no dia seguinte

    Divulgação
    Prefeitura Municipal de João Pessoa
    A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) anunciou nesta terça-feira (25), que está antecipando o pagamento dos servidores municipais, tanto ativos quanto inativos. Os salários, por conta disso, começam a ser depositados na próxima sexta-feira (28). A operação, incluindo todas as categorias, estará concluída no dia seguinte.

     Portal Correio

    A medida, de acordo com o secretário de Administração de João Pessoa, Roberto Wagner, mantém o compromisso do prefeito Luciano Cartaxo de determinar o pagamento dos salários sempre dentro do mês trabalhado. “Essa segurança faz com que pessoas possam organizar melhor a forma de gerir os seus vencimentos”, acrescentou.

    Roberto Wagner reforçou ainda que o rigor com o calendário de pagamentos foi um dos compromissos do prefeito Luciano Cartaxo quando assumiu o comando da administração municipal.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 26.11.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Senador paraibano e ex-candidato a governador é indicado para o TCU





    Nome de Vital do Rêgo será submetido à análise da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania; caso aprovado, ainda terá de passar pela análise do Plenário do Senado

    Tribunal de Contas

    Senador Vital do Rêgo
    Com o encerramento do prazo para inscrição de nomes indicados para o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), o senador paraibano Vital do Rêgo foi o único inscrito para a vaga do ministro José Jorge, obrigado a se aposentar porque completou 70 anos no último dia 18. Com isso, o parlamentar é o indicado à vaga pela bancada do PMDB.

     Portal Correio

    O anúncio foi feito pelo presidente do Senado, Renan Calheiros, na noite desta terça-feira (25).

    Renan afirmou que o nome de Vital do Rêgo será submetido à análise da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Se aprovado, ainda terá de passar pela análise do Plenário do Senado. O TCU é um órgão de controle externo, auxiliar do Congresso Nacional.


    Vital do Rêgo é relator da Lei de Diretrizes Orçamentárias e analisa mais de 1.600 emendas parlamentares. Ele prometeu empenho no sentido de apresentar o texto final da LDO até a próxima quinta-feira (27) na Comissão de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização, para discussão e votação.

    A LDO dá origem à Lei Orçamentária Anual (LOA). Do total de emendas apresentadas ao projeto da LDO 2015, 1.235 são emendas que alteram partes do texto. As outras 418 são emendas ao chamado Anexo de Metas e Prioridades, que foi incluído na proposta do Executivo para que deputados, senadores, comissões e bancadas estaduais do Congresso possam determinar que ações, programas e obras têm de ser priorizadas pelo Governo Federal no próximo ano.

    Além da LDO, Vital trabalha na relatoria do Código Penal e do Código de Processo Civil.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 26.11.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Registro de candidaturas para FPF termina em confusão; confira o vídeo




    wscom.com.br

    As chapas dos candidatos Coriolano Coutinho e João Máximo conseguiram registrar as candidaturas.

    Na tarde desta terça-feira (25), ocorreu o registro de candidaturas para chapa dos candidatos que irão concorrer à vaga de presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF). O registro foi marcado por um tumulto, que se iniciou quando os candidatos e seus apoiadores se aglomeraram em uma sala na sede da FPF para registro das chapas. Troca de acusações sobre irregularidades das chapas foram proferidas pelos apoiadores dos candidatos e o empurra-empurra foi registrado em vídeo.
    Por causa da confusão, o prazo para inscrições das chapas foi prorrogado até 1º de dezembro. Mas, as chapas dos candidatos Coriolano Coutinho e João Máximo conseguiram registrar as candidaturas.
    O jornalista Maurílio Júnior registrou a confusão. Confira:




    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 26.11.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Campanha de Dilma declara arrecadação de R$318 milhões





    Ichiro Guerra:
    Esse é o número que consta na prestação final de contas eleitorais ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) da campanha à reeleição da petista; candidatura gastou R$ 318,35 milhões, abaixo do previsto, que era de R$ 383 milhões; excedente de R$ 169 mil será repassado para a direção nacional da sigla, para contribuir com o pagamento de outras campanhas eleitorais; comitê financeiro da presidente vai declarar ainda cerca de R$ 32 milhões em despesas com materiais de campanha a governador e deputados nos quais a imagem e nome da presidente também apareceu; contas de Dilma serão analisadas pelo ministro Gilmar Mendes


    247 – A campanha da presidente Dilma Rousseff à reeleição declarou à Justiça Eleitoral arrecadação de R$ 318,52 milhões.

    Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, o número está na prestação final de contas apresentada ao TSE nesta terça-feira 25. A candidatura afirma que gastou R$ 318,35 milhões, valor abaixo do previsto pelo PT, que era de R$ 383 milhões. O excedente de R$ 169 mil será repassado para a direção nacional da sigla, para contribuir com o pagamento de outras campanhas eleitorais.

    O comitê financeiro da presidente vai declarar ainda cerca de R$ 32 milhões em despesas estimadas, ou seja, aquelas referentes a materiais de campanha a governador e deputados nos quais a imagem e nome da presidente também apareceu. O custo da campanha deve chegar assim a R$ 350 milhões


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 26.11.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Aécio e o impeachment: ‘É uma das sanções‘




     
    Após breve descanso, presidente do PSDB volta com pilhas recarregadas; entre a linha moderada do partido, praticada pelos governadores Geraldo Alckmin e Marconi Perillo, e a tropa de choque com Aloysio Nunes e Carlos Sampaio, Aécio Neves fica com colegas de Brasília; "Dilma já cometeu crime de responsabilidade", atacou ex-candidato, em entrevista, referindo-se a remanejamento de verbas acima de 20% do Orçamento; "Eu não quero falar essa palavra ainda, mas é uma das sanções", respondeu Aécio sobre questionamento de impeachment contra presidente Dilma Rousseff; ele usou de uma imagem de espionagem internacional para falar sobre Joaquim Levy, escolhido para o Ministério da Fazenda: "É como se um grande quadro da CIA fosse comandar a KGB"


    247 – Após um breve descanso, o ex-candidato, senador e presidente do PSDB, Aécio Neves, reassumiu seu posto no comando da tropa de choque do partido contra a presidente Dilma Rousseff. Para quem esperava, porventura, um político moderado nessa fase de transição de equipe econômica, como têm sido os governadores tucanos Geraldo Alckmin (SP) e Marconi Perilo (GO), aconteceu exatamente o oposto.

    Irritado com duas decisões do Senado, nesta terça-feira 25, Aécio abriu baterias, primeiro, na tribuna da casa e, em seguida, em entrevista. O senador mineiro atacou a decisão da comissão de Orçamento de aprovar o projeto governista que acaba com a meta de superávit fiscal. Neste tema, ele afirmou que a presidente Dilma Rousseff "já está cometendo crime de responsabilidade", por ter, segundo ele, remanejado mais de 20% das verbas orçamentárias na forma como foram aprovadas pelo Congresso.

    Moderado Aécio só foi no modo, mas no objetivo atuou no ataque. "Não quero falar essa palavra", respondeu ele, a respeito de uma pergunta sobre a possibilidade de um processo de impeachment contra Dilma. "Mas essas é uma das sanções legais", completou.

    Abaixo, a entrevista de Aécio:

    - Com o sr. avalia o momento político da presidente Dilma Rousseff?

    Aécio Neves - Vejo hoje uma presidente da República sob chantagem, da sua própria base. Estamos vendo que a dependência dela é tão grande da base, que ela inicia um governo como se estivesse terminando. Ela não tem liberdade para montar o seu governo. Ela hoje monta seu governo em função da dependência absurda que ela tem no Congresso. Isso acontece porque ela cometeu crime de responsabilidade. A lei orçamentária é muito clara. Ela permite o remanejamento, mas Dilma já cometeu esse crime porque a lei orçamentária permite o remanejamento de até 20% de cada dotação, desde que se cumpra a meta fiscal. Esse remanejamento vem ocorrendo e o governo já sabia que não cumpria a meta fiscal e vem ampliando, pedindo créditos para gastar ainda mais. O que se quer agora e que modifique-se a meta e aí ela não receba a sanção. Essa lei vai ser conhecida como a lei da anistia da presidente Dilma, se for aprovada. Eles têm maioria, mas o nosso papel é denunciar isso e em última instância ir ao Supremo Tribunal Federal, que é o que nós vamos fazer.

    Esse crime de responsabilidade fiscal pode levar ao impeachment da presidente?

    Eu não quero falar essa palavra ainda, mas é uma das sanções. Não podemos viver num país onde a legislação é alterada em função dos interesses do governante de plantão e de uma eventual maioria que amanhã pode estar no outro campo. Aí altera-se novamente a lei? O papel da oposição é lutar politicamente. O que vai acontecer, não se iludam, é que a nota de crédito do Brasil vai ser rebaixada. Isso significa menos empregos e menos desenvolvimento. Quem paga ao final desta conta de um governo ineficiente, perdulário, que enganou a população brasileira é o cidadão brasileiro, principalmente o mais pobre.

    O que o sr. achou da indicação de Joaquim Levy para o Ministério da Fazenda?

    É uma decisão da presidente. É um quadro qualificado, com quem tenho uma relação pessoal. Mas fico com uma expressão usada hoje pelo ministro Armínio Fraga, que viu na indicação de Joaquim Levy como se um grande quadro da CIA fosse convidado para comandar a KGB.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 26.11.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Raniery Paulino diz que ainda não está “a vontade” para anunciar apoio ao governador Ricardo Coutinho




     Socialista diz que travessia para o lado do socialista se tiver que acontecer será bem feita | |
    O deputado estadual, Raniery Paulino (PMDB), declarou, nesta terça-feira (25), que ainda não se sente a vontade para anunciar apoio ao governador Ricardo Coutinho (PSB).

    “Eu não tenho dificuldade de convivência com ninguém. Mas eu tenho que está de bem comigo mesmo. Hoje eu ainda não me sinto a vontade", disse Paulino lembrando das bandeiras que defende na Casa.

    De acordo com Raniery Paulino, se a “travessia” para o lado do socialista tiver que acontecer, ela tem que ser “bem feita”.

    Raniery lembrou de matéria na Casa que ele não poderia votar a favor do governo, a exemplo da que reajusta os salários dos defensores públicos. Ele anunciou que votará pela derrubada do veto do governador ao projeto aprovado pelos paralmentares.

    “Eu não tenho essa pressa, essa urgência”, destacou Paulino afirmando que precisa preservar os seus conceitos.


    Roberto Targino - MaisPB

     


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários


ver mais antigas