Estatisticas do blog

No momento, 7 usuário(s) está(ão) lendo este blog. No total, 2377405 pessoas visitaram esta página.

Clima tempo

Twitter

Publicidade

  • 21.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Papo d‘ Esquina


     MAIS UMA PESQUISA SUSPENSA, PERFAZENDO JÁ CINCO PROIBIÇÕES

    A juíza auxiliar do TRE, Niliane Meira, suspendeu mais duas pesquisas do Instituto Souza Lopes, já publicadas pelo Sistema Correio de Comunicação. Com estas, já somam cinco as pesquisas suspensas com suspeitas de fraudes e outras irregularidades, quatro da Sousa Lopes, contratada pelo Sistema Correio e um do Ipespe, contratada pelo Sistema Paraíba. Mais uma vez foi o candidato a deputado Leandro Wagner quem impugnou a pesquisa, via seu advogado Francisco Ferreira. O advogado, em sua petição, apontou várias irregularidades no registro das pesquisas, que não informou os dados dos municípios e bairros onde foram coletadas as intenções de voto.. " Mais uma vez , o Instituto Souza Lopes , assim como também incorreu o IPESP na ultima pesquisa divulgada e suspensa pela justiça , não respeitaram a lei eleitoral.Como se pode acreditar em tais pesquisas sem nenhum cunho técnico/cientifico e que não cumprem as exigências previstas em lei e realizam tais pesquisas de acordo com a cara e o bolso do freguês. Assim fica difícil, pois esses institutos de pesquisas já foram desmoralizados diversas vezes, principalmente no pleito de 2010 quando apontavam a vitoria de José Maranhão até mesmo nas pesquisas de boca de urna.

    GUIA DE MARANHÃO FICA FORA DA PROPAGANDA ELEITORAL NO RÁDIO

    Em virtude de uma falha ocorrida na operação da Rádio Tabajara, o primeiro programa do candidato a senador pela coligação Renovação de Verdade, José Maranhão (PMDB), não foi veiculado na manhã desta quarta (20). Segundo nota divulgada pela Superintendente da emissora, Maria Eduarda dos Santos, o problema ocorreu devido "a um lapso operacional pelo responsável da edição do mencionado guia onde medidas administrativas já foram tomadas, para que isso não venha a ocorrer novamente". Ainda em nota, a superintendência da Tabajara informou que o guia eleitoral das 12h já foi devidamente editado, incluindo o espaço reservado para a mencionada

    RICARDO COM MARINA E CARTAXO COM DILMA

    Dentro dos acordos que foram firmados recentemente pouco importa os palanques presidenciais, pois desde sempre ficou claro que Ricardo Coutinho apoiaria o candidato do seu partido Eduardo Campos, que infelizmente foi vítima de acidente e Luciano Cartaxo a candidatura da companheira Dilma Roussef. Com a entrada de Marina Silva nada muda, ou seja, continua tudo como dantes do Quartel de Abrantes. Indagado sobre o assunto, o prefeito Luciano Cartaxo foi direto: ‘Eu já sabia que ele Ricardo votaria em Eduardo e ele que eu votaria em Dilma’. Então tá tudo bem resolvido e esclarecido.

    O CALÇADÃO DAS PRAIAS DE TAMBAÚ E CABO BRANCO
    ]
    O Calçadão das Praias de Manaíra, Tambaú e Cabo Branco sempre foi um problema muito grande para os caminhantes e desportista, pois o prefeito Cícero Lucena, gastou um verdadeira fortuna colocou ali um piso inteiramente imprestável para aquela área, ou seja, liso e escorregadio que logo pela sua fragilidade se deteriorou, ficando então cheio de falhas, causando acidentes aos frequentadores. Na gestão de Ricardo Coutinho como prefeito o mesmo colocou um novo piso da altura do Mercado do Peixe até as proximidades do Mag Shopping, ficando, porém Tambaú e Cabo Branco com o antigo piso, que veio ficando dia a dia pior. Agora o prefeito Luciano Cartaxo promete corrigir o grave problema colocando piso novo no calçadão das duas praias. Como sempre critiquei o prefeito Luciano Cartaxo e sua equipe todas as vezes que os mesmos mereceram e portanto, fico agora inteiramente a vontade para elogiá-lo.

    A INTERVENÇÃO NA LAGOA E AS OBRAS QUE FALTAM

    Por falar em elogiar Luciano Cartaxo, parabéns ao mesmo pela intervenção no Parque Solon de Lucena, com a construção de um bueiro para despejar o excesso de água no Rio Sanhauá, bem como na Praça João Pessoa, que foi abandonada desde a gestão de Cícero Lucena e que só agora vem sendo totalmente remodelada. Por falar em intervenção, o prefeito Cartaxo, precisa iniciar com urgência a contenção da barreira do Cabo Branco e a reforma dos casarões da Cardoso Vieira, antes que desmoronem, a exemplo do que aconteceu com um antigo prédio ali nas proximidades, bem como a construção do Parque Parahyba nos canais do Bessa, cujas áreas em seus entornos são de propriedades da Prefeitura da capital, fazendo tal intervenção independente do terreno do Aeroclube, que seria também incluído no projeto quando ocorresse o julgamento final na Justiça, sobre a desapropriação daquele espaço.

    NO DIA DO ACIDENTE DE EDUARDO CAMPOS, CLONES NO ESPAÇO AÉREO DE SANTOS

    O prestigiado jornalista Leandro Mazzini, responsável pela coluna ‘Esplanada’, divulgou no seu espaço que é publicado em dezenas de jornais brasileiros, que correm rumores de pessoas importantes do estado de Pernambuco, sobre atentado, e sobre certos clones em vôo em Santos, bem como ainda do resultado extraído da caixa-preta do avião, ou seja, nenhum dialogo foi registrado entre os pilotos no dia do fatídico acidente. Que cada um tire as próprias conclusões.

    SEM CANDIDATOS, VEREADOR DA CAPITAL DIZ QUE VAI APOIAR QUEM LHE AJUDAR

    O vereador de João Pessoa Santino (PT do B) vem se notabilizando pelas bobagens que faça na tribuna e nas entrevistas que concede a nossa imprensa e ontem o mesmo revelou a um portal da cidade), que ainda não tem seus candidatos definidos, com exceção para senador, já que ele declarou apoio a Lucélio Cartaxo (PT). Sobre o que está faltando para definir sua postura, o parlamentar disse que aguarda para ver o que é melhor para ele. “Estou pensando o caso para ver o que é melhor para mim, mas por enquanto ainda estou em dúvida”. Afirmando que vai ajudar o candidato que também lhe ajudar, o vereador disse que ainda vai escolher o seu governador, deputado estadual e federal. Que tipo de ajuda será essa que espera o vereador? Será então que essas ajudas saem também para aqueles vereadores que já declararam apoio aos mais diversos candidatos?

    FREI ANASTÁCIO E NADJA PALITOT

    Nadja Palitot, que já esteve com Ricardo Coutinho, com José Maranhão e Luciano Cartaxo, revelou que agora vai de Cássio Cunha Lima, ou seja, não segue a orientação do seu partido o PT, de cuja agremiação pediu licença com apenas um ano de filiada. Quando foi lançada candidata a governadora pelo PT a mesma demonstrou muito entusiasmo, achando que aquela proposta era real. Naquela oportunidade o Frei Anastácio profundo conhecedor do PT avisou a mesma; ‘Cuidado você vai cair do cavalo’, tendo a mesma ignorado o conselho do Frade, tendo o tempo se encarregado de provar que o Frade estava certo, mas Nadja como não tem dificuldade de adaptação rapidamente já acomodou nas hostes tucanas, prometendo entretanto também votar em Lucélio Cartaxo.

    FREI ANASTÁCIO AMEAÇA IR A JUSTIÇA CONTRA DIRIGENTES PETISTAS

    Por falar em Frei Anastácio o mesmo anda bem contrariado com os dirigentes petistas tendo em vista que ele Anastácio ficou de fora da Abertura do Guia eleitoral, por ter criticado a aliança entre o PT e PSB. O Parlamentar disse que segue orientações nacionais do partido que determinou aliança com o PMDB e promete entrar na justiça para ter participação no guia eleitoral do PSB/PT, esclarecendo ainda quem deveria ser penalizado sim deveria ser os dirigentes petistas, por contrariar a direção nacional da legenda e fazer acordos que só interessam a determinados grupos e para atender interesses de poucos.O deputado estadual Frei Anastácio, líder do PT na Assembleia Legislativa, disse que ficou surpreso com as declarações do presidente estadual do PT, Charlinton Machado, de que ele seria julgado por não apoiar a aliança com o PSB. Frei Anastácio ressaltou que já foi perseguido por latifundiários, capangas, mas nunca esperou que fosse receber perseguição do partido que ele ajudou a construir na Paraíba. “Até o nosso programa foi cortado do guia eleitoral”, lamenta o deputado.

    PREFEITA TATIANA CORREIA É BEM ECLÉTICA

    A prefeita da cidade do Conde, Tatiana Correia, desde que se elegeu em 2012 se disse aliada do governador Ricardo Coutinho e dia desses revelando pseudo magoa com a exoneração de um seu aliado dos quadros do estado, anunciou o rompimento com o mesmo e imediatamente revelou apoio ao senador e agora candidato ao governo Cássio Cunha Lima, que refugou o apoio e disse que prefere naquela cidade a companhia de Aluísio Regis, ex-marido de Tatiana e também ex-prefeito daquela cidade. Quem pensa que a mesma descansou se engana redondamente, pois junto com alguns vereadores se diz agora apoiadora da campanha de Vital do Rego ao governo do estado. Como se comenta que a gestão da mesma vem sendo bem criticada será que vale a pena um apoio desses?

    SALVEM-SE QUEM PUDER

    Este aprendiz de digitador tem criticado aqui o verdadeiro balaio de gatos que vem acontecendo na política de nosso estado, quando dirigentes de legendas partidárias sem nenhuma coerência partidária, programática ou ideológica se unem para assim encabelar o confuso eleitor. Os acordos que vêm sendo anunciados por políticos que até ontem se digladiavam, comprovam que na hora do pleito vale tudo, ou seja, é um verdadeiro salvem-se quem puder em busca dos cada vez mais confusos eleitores.

    A FALA DE LOURDINHA LUNA SOBRE A PÁTRIA AMADA DESVALIDA

    Durmo cedo e sou madrugadora. Penso no país, depois da tragédia com Eduardo Campos, e não vejo sobrevivência para o sonho da Nação brasileira soerguer-se à corrupção, em que mergulhou... As perspectivas de melhora na vida humana são as mais frágeis. No plano federal feneceram a fé e a esperança de um condutor com credenciais para dirigi-lo. O sinistro ronda o país. A primeira derrota que se abateu sobre a perspectiva de moralidade da nação brasileira, no século XXI, registrou-se com a renúncia do Ministro Joaquim Barbosa ao STF. A prova está na permissão para o detento José Genuino cumprir sua sentença em cárcere privado... Os mensaleiros da Papuda aguardam a vez de deixar a reclusão, em definitivo... E assim o pais retrocede à perversão oficializada. O que esperar quando o país vai à deriva? Só a misericórdia de Deus pode socorrer "a pátria amada, desvalida"...

    A FALA DE WILMAR UCHOA ARAUJO SOBRE A PROMESSA DE DIVISÃO DO "BOLO" ESTATAL NA PARAÍBA.

    Só não vê quem não quer ou precisa fechar os olhos.Embora, no geral, isso também ocorre pelo País inteiro, mas aqui na Paraíba isso é muito mais VISÍVEL.A Paraíba tem uma grande parte de sua população ativa, formada por servidores públicos, e outra parte também muito numerosa, de pessoas que, de uma forma ou outra, retiram o seu "sustento" da política.Dessa forma, a parte que "sobra", é a que não depende do discurso "bonito” ou da promessa de divisão do "bolo" estatal. Resta, pois, torcer que essa ultima parte, faça a diferença e consiga eleger um candidato que trabalhe para toda Paraíba, e não somente para manter seus eleitores e seus "sócios".

    SUZANA VON RICHTHOFEN NÃO QUER MAIS O REGIME SEMIABERTO

    Depois de intensa luta jurídica por vários meses, na tentativa de sair para o regime semiaberto, finalmente - mesmo sendo a mesma mandante das mortes dos próprios pais, assassinados a paulada enquanto dormiam pelo seu antigo namorado e cunhado, que também já se encontram livres leves e soltos, a Justiça autorizou a progressão de pena para Suzana, que inexplicavelmente e sem contar com os seus advogados revelou pessoalmente ao magistrado, que abria mão do regime semiaberto e preferia permanecer trancafiada no presídio onde se encontra há alguns anos. Vai ver a mesma de repente achou lá alguma coisa bem interessante e não quer deixar de usufruir, ou quem sabe saindo dali perder esse seu achado para alguém.

    Esta coluna é publicada no http:/www.blogdopedromarinho.com e em quatro portais.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 21.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    As belas da quinta - Fotos









    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 21.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Deputado reclama da ausência dos colegas em plenário e pede cumprimento de Regimento




     Passadas três semanas com a pauta trancada em face da ausência dos parlamentares em plenário, o deputado estadual João Gonçalves (PSD), demonstrou insatisfação com a falta as sessões na Assembleia Legislativa da Paraíba.

    João que é um dos mais assíduos na Casa de Epitácio Pessoa, se preocupou com a existência de um “recesso branco’” em face das proximidades das eleições e mandou um recado:

    “Ninguém é obrigado a vir, mas tem a obrigação de trabalhar e comparecer em Plenário. Está faltando eles cumprirem com o Regimento Interno e com o que a Casa exige. Ou seja, para receber os salários tem que comparecer”, disparou.

    Cobrando compromisso dos colegas, João se disse decepcionado com a grande quantidade de cadeiras vazia: “Eu defendo que a Casa possa voltar a sua normalidade. Não podemos entender que meia dúzia venha trabalhar enquanto o restante fica fazendo campanha em suas bases”, enafatizou.

    Na sessão desta quarta (20) na Assembleia Legislativa, apenas 14 parlamentares compareceram ao trabalho, enquanto 22 faltaram ou não justificaram ausencia.

     

    PB Agora


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 21.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Marcos Valério é alvo de nova denuncia do MPF


    Fernando Donasci
    Fernando Donasci

     Josias de Souza

    O Ministério Público Federal protocolou na Justiça Federal em Belo Horizonte nova denúncia contra Marcos Valério, o operador preso do mensalão. Dessa vez, Valério é acusado de sonegar impostos. Coisa R$ 16,6 milhões, assim divididos: R$ 3,6 milhões relativos à omissão de rendimentos e R$ 13 milhões referentes a operações feitas por uma empresa chamada 2S Participações.

    Afora o processo do mensalão, que levou Valério à cadeia, essa é a 14ª ação movida pela Procuradoria contra o personagem em Belo Horizonte. Das outras 13, oito já resultaram em condenação. Datada de 18 de agosto, a nova denúncia anota que o crime de sonegação foi praticado entre 2003 e 2004.

    Submetida a uma fiscalização da Receita Federal, a 2S Participações, que tem Valério como sócio, não conseguiu demonstrar a origem do dinheiro que entrava em seu caixa. Ao tentar se explicar, a empresa alegou, por exemplo, que parte dos recursos vinha de repasses de uma corretora de valores, a notória Bônus Baval. Que negou os aportes.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 21.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Conselho de Ética aprova a cassação de André Vargas




      Josias de Souza

     

    O Conselho de Ética da Câmara aprovou o relatório que recomenda ao plenário da Casa a cassação do mandato do deputado paranaense André Vargas (ex-PT). Registraram-se 11 votos a favor e nenhum contra. Esse era o quórum mínimo exigido pelo regimento. Foi preciso recorrer a uma manobra para alcancá-lo.

    Na abertura da sessão, havia no plenário do Conselho de Ética apenas oito deputados, quórum insuficiente para deliberação. Outro parlamentar chegou atrasado. Faltavam dois.

    Relator do processo contra Vargas, Júlio Delgado (PSB-MG) operou para incluir na composição do conselho, como membros suplentes, dois deputados: Pastor Eurico (PSB-PE) e Rubens Bueno (PPS-PR). Com isso, obteve-se o quórum mínimo. O caso vai ao plenário. Para que o mandato seja efetivamente passado na lâmina, são necessários 257 votos, num colégio de 513.

    Em nota, André Vargas criticou o “açodamento e politização excessiva” na condução do caso. “Todo o processo foi conduzido sem quórum e de forma autoritária, sem permitir o livre exercício da minha defesa”, anotou. “A instrução é nula e procuraremos demonstrar isso na CCJ e no Judiciário.”


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 21.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Defeito irreparável!





    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 21.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Aécio visita a Paraíba nesta quinta-feira e participará de comícios nas cidades de Patos e Pomba





    O candidato a presidente pela coligação Muda Brasil, Aécio Neves (PSDB), visita nesta quinta-feira (21), os municípios de Pombal e Patos. Ele participará de comícios nas cidades, ao lado do senador Cássio Cunha Lima.

    Em Pombal, o ato político acontece às 20h, na praça Getúlio Vargas. Já em Patos, o comício será as 21h30, na Rua Antônio Félix.

    "Retorno a Paraíba com bastante alegria, para discutir propostas que fortaleçam a região", disse Aécio Neves.

    De acordo com o candidato, o Nordeste será prioridade na sua ação de governo. "Pretendo construir, realmente, um Brasil que resgate a confiança e a esperança dos cidadãos. Principalmente daqueles que mais precisam da ação do Estado", afirmou.

    Aécio discutirá, em sua visita, sobre um programa voltado exclusivamente para a região, que visa trazer choque de infraestrutura e transformações sociais.

    O senador Cássio Cunha Lima disse que a presença de Aécio reafirma o compromisso do presidenciável com o Nordeste. “Nossa região necessita de ações reais para o seu desenvolvimento. E Aécio tem consciência dessa realidade ”, disse Cássio.

    Aécio esteve na Paraíba em 27 de junho. Na oportunidade, o senador participou do Maior São João do Mundo, acompanhado de Cássio, do prefeito Romero Rodrigues, e de vereadores do partido. Eles também foram ao Sítio São João e ao Salão do Artesanato na cidade.

    Assessoria


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 21.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    TRE absolve Cássio e retira aplicação de multa




    O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) absolveu o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), na tarde desta quarta-feira (20), do pagamento de multa no valor de R$ 5 mil pela prática de propaganda eleitoral extemporânea. A Justiça Eleitoral acatou o recurso apresentado por Cássio contra a penalidade
    .
    Na mesma sessão a Justiça Eleitoral não acatou o recurso apresentado pelo Ministério Público para aumentar a multa, que passaria de R$ 5 mil para R$ 25 mil.

    O pleno entendeu que a imagem de Cássio nas inserções partidárias veiculadas no início do ano não caracterizaram campanha particular enquanto candidato, mas sim um representante do partido.

    Em representação da Procuradoria Regional Eleitoral na Paraíba (PRE/PB), a Justiça Eleitoral havia condenou o candidato Cássio Rodrigues da Cunha Lima pela prática de propaganda eleitoral extemporânea. Na decisão, o TER havia aplicado multa de R$ 5 mil.

    A propaganda realizada por Cássio Cunha Lima, que este ano é candidato ao cargo de governador da Paraíba, pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), foi veiculada nas diversas redes de televisão do estado nos meses de abril a junho de 2014.

    Parlamentopb.com.br


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 21.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Frei Anastácio rebate ameaças do presidente do PT na Paraíba




    Parlamentar disse que segue orientações nacionais do partido que determinou aliança com o PMDB e promete entrar na justiça para ter participação no guia eleitoral do PSB/PT

    O deputado estadual Frei Anastácio, líder do PT na Assembleia Legislativa, disse que ficou surpreso com as declarações do presidente estadual do PT, Charlinton Machado, de que ele seria julgado por não apoiar a aliança com o PSB. Frei Anastácio ressaltou que já foi perseguido por latifundiários, capangas, mas nunca esperou que fosse receber perseguição do partido que ele ajudou a construir na Paraíba. “Até o nosso programa foi cortado do guia eleitoral”, lamenta o deputado.

    “Estou apenas seguindo as orientações nacionais do meu partido, que determinou aliança com o PMDB. Mesmo assim, o assunto ainda não teve um ponto final na justiça. Terá um ponto final sim, em Brasília. Não entendo o fato de terem cerceado o meu direito de aparecer no guia eleitoral do rádio e da TV, alegando que meu programa chegou com atraso”, desabafou o deputado acrescentando que não recebeu nenhuma orientação sobre até que hora poderia entregar as mídias do programa na produtora da coligação.

    “Hoje, ficamos atônitos pelo fato da ausência de nossa participação no guia eleitoral, pelo fato de termos gravado o programa numa produtora independente, sem a inserção do número 40. Iremos recorrer na justiça o direito de participar democraticamente do guia eleitoral, no rádio e na TV, sem o número 40”, disse o deputado.

    O deputado disse que quem deveria entrar em julgamento seria a direção estadual do PT, que está desobedecendo às determinações nacionais do partido, em nome de projetos pessoais e de grupos. “Estou com minha consciência limpa e continuarei seguindo a coerência e o trabalho”, disse o deputado.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 21.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Marina candidata; PSB perde a presidência





    Partido formaliza na noite desta quarta-feira 20 chapa presidencial com Marina Silva, em substituição a Eduardo Campos, e socialista Beto Albuquerque como vice; ex-ministra indica, logo na primeira hora, deputado Walter Feldman como coordenador, avisa que não subirá em todos os palanques articulados pelo ex-governador e impõe seu estilo sobre presidente Roberto Amaral; "Perdemos a eleição hoje, disse um auxiliar dos socialistas, subindo as escadas da sede nacional do PSB", relata o diretor do 247 em Brasília, Paulo Moreira Leite; "A candidata não é do PSB, não pensa como o PSB, não tem muitos amigos no PSB nem irá governar, em caso de vitória, com o PSB", enumera ele; "Marina é Rede"
    20 DE AGOSTO DE 2014 ÀS 20:03



    247 - O PSB formalizou nesta quarta-feira a chapa presidencial com a ex-senadora Marina Silva como candidata à Presidência da República e o deputado federal Beto Albuquerque (PSB-RS) como vice.

    No entanto, mesmo que vença a disputa, o PSB não chegará à presidência, segundo avalia Paulo Moreira Leite, diretor do 247 em Brasília. Marina foi, é e continuará sendo rede.

    Leia, abaixo, um trecho:

    Momentos antes da candidatura de Marina Silva ser oficializada, em evento marcado para esta quarta-feira, o Partido Socialista Brasileiro enfrentava um ambiente menos festivo do que se poderia imaginar. Para além de toda dor provocada pela morte de Eduardo Campos, um líder que soube se impor pela força de mando mas também pela capacidade de oferecer respostas políticas que agradaram a maioria do partido, ficou uma questão grande demais para ser ignorada, mas grave demais para ser discutida abertamente. A candidata não é do PSB, não pensa como o PSB, não tem amigos no PSB nem irá governar, em caso de vitória, com o PSB. Marina é Rede.

    Perdemos a eleição hoje, disse um auxiliar dos socialistas, subindo as escadas da sede nacional do PSB, em Brasília — que fica numa sobreloja da Asa Norte, num conjunto de salas que, pelo caráter austero, lembra uma escola de computação. "O que é combinado não é caro," afirmou o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, ao chegar, depois de participar, no Lago Sul, de uma reunião de dirigentes do partido com a própria Marina. Nem todos os detalhes do acordo entre Marina e o PSB são conhecidos e é provável que muitos deles jamais se tornem públicos. O certo é que, ao longo do dia, os dirigentes do PSB se encarregaram de amassar, embrulhar e colocar na lata do lixo uma ideia exótica que havia circulado na véspera — a de obrigar a candidata a assinar uma carta com compromissos com o partido sob condição de garantir sua candidatura.

    Marina Silva não se tornou candidata presidencial porque o PSB queria mas porque não possuía outra opção.

    A rendição a nova candidatura se fez em nome da mais preciosa e fugaz mercadoria da vida política. Não é o poder, como muitos pensam. Mas a perspectiva de poder, como já entenderam os profissionais do ramo.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 21.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Ex-médico Roger Abdelmassih é execrado na chegada ao Brasil





    Comovidas, dezenas de vítimas celebraram, com vaias, a chegada no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, do médico Roger Abdelmassih, preso ontem no Paraguai; ele é condenado por 56 estupros de pacientes; Abdelmassih prestou esclarecimentos na delegacia da Polícia Civil, no aeroporto, e partiu rumo à Penitenciária do Tremembé; advogado Marcio Thomaz Bastos não quis comentar a prisão, mas disse que aguarda julgamento do TJ-SP de apelação contra a condenação e defende que caso ainda não foi concluído


    247 – Condenado a 278 anos de prisão por 56 estupros e quatro tentativas de abuso a 39 mulheres, suas pacientes, o médico Roger Abdelmassih desembarcou nesta tarde no Aeroporto de Congonhas, zona sul de São Paulo. Ele foi recebido sob vaias e gritos por vítimas revoltadas e comovidas com a tão aguardada prisão.

    Abdelmassih, que tem a licença de médico cassada e estava foragido há quatro anos, foi capturado ontem em Assunção, capital do Paraguai, onde vivia com a mulher e dois filhos gêmeos de três anos. Ele foi reconhecido próximo à escolha onde deixaria as crianças. Seu advogado, Marcio Thomaz Bastos, não quis comentar a prisão.

    Um dos mais conhecidos especialistas em reprodução assistida, o médico foi trazido em um avião da Polícia Federal e levado diretamente para uma delegacia da Polícia Civil no aeroporto, onde prestou esclarecimentos e de onde foi transferido para a penitenciária do Tremembé, no Vale do Paraíba, um percurso de cerca de 1h30.

    Em nota, Thomaz Bastos afirmou que aguarda "o julgamento da apelação interposta perante o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo contra a decisão que o condenou, portanto, a decisão não transitou em julgado, bem como do habeas corpus em trâmite perante o Supremo Tribunal Federal". Os criminalistas não quiseram comentar a prisão.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 21.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    POLÊMICA- Papa Francisco diz que lhe restam apenas ‘mais dois ou três anos’ de vida




    Religioso tem 77 anos e é um dos mais ativos que já passaram pelo cargo | |
    De maneira inédita, o Papa Francisco conversou com jornalistas sobre sua saúde e perspectiva de vida. Durante coletiva de imprensa que aconteceu no voo de retorno ao Vaticano da viagem à Coreia do Sul, nesta segunda-feira, ele disse que tenta observar seus erros e pecados para não ser orgulhoso, já que lhe restam apenas “dois ou três anos de vida”. As informações são do Daily Mail.

    Francisco tem 77 anos e, apesar da idade avançada, é um dos mais ativos que já passaram pelo cargo. Na entrevista, ele considerou a possibilidade de se aposentar, caso suas condições de saúde física e mental lhe sirvam como obstáculo para concluir suas ações.

    No ano passado, o Papa Bento XVI renunciou ao cargo, sendo o primeiro em mais de 600 anos a tomar tal atitude (o último que havia abdicado foi Celestino V, em 1294, por causas políticas). Francisco disse que “há 60 anos, era praticamente impossível um bispo católico se aposentar, mas hoje em dia é comum”.

    O Papa argentino teve de retirar um de seus pulmões durante a adolescência por causa de uma infecção grave. Porém, ele contou aos jornalistas nesta segunda-feira, que sofre por doenças de nervos e que, de vez em quando, precisa tratá-los com mate (o chá bastante tomado em seu país de origem). “Uma dessas minhas neuroses é ser muito caseiro”, brincou já que suas últimas férias fora da Argentina foram em 1975, quando visitou uma comunidade jesuíta.

    Ainda nesta viagem, ele afirmou que pretende se aproximar dos católicos na China, que, desde a instauração do comunismo, não obedecem à autoridade máxima de sua Igreja e, sim, à supervisão da Administração Estatal para Assuntos Religiosos.


    Terra

     


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 21.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Ei, ei, ei, Eymael...: presidenciável recebe título de cidadão pessoense




    Assessoria

    Foto: Walla Santos
    O político e empresário José Maria Eymael recebeu o Título de Cidadã Pessoense da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) na tarde desta quarta-feira (20). A entrega da honraria aconteceu em sessão solene, uma propositura do vereador João Corujinha (PSDC), ao porto alegrense fundador do Partido Social Democrata Cristão.

    Estiveram na composição da mesa o propositor da homenagem, o homenageado e o vereador Edson Crus (PP) que secretariou os trabalhos.

    "Tenho a honra de homenagear esse grande político, pai de família e cidadão. Advogado especialista em Direito Tributário de grande trajetória profissional e na luta pelo povo brasileiro tendo sido um dos 12 parlamentares mais influentes da Constituinte. Sempre se destacou pelo compromisso com a defesa da família, com firme postura e segurança. Esta Casa aplaude e reverencia sua trajetória", destacou João Corujinha que fez uma breve retrospectiva da vida do homenageado.

    O homenageado destacou sua emoção em receber a honraria e enfatizou que sua responsabilidade na luta pelas melhorias para cidade de João Pessoa crescia junto com a homenagem. "A emoção toma conta da minha alma. Agora posso dizer que esse gaúcho é também pessoense. De um lado está honra e de outro o compromisso com esta cidade que me outorga esta cidadania. Vem junto a responsabilidade e o compromisso de fazer tudo que estiver ao meu alcance para contribuir por uma vida melhor para todos os pessoenses", afirmou.

    Breve Histórico

    José Maria Eymael nasceu em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, em 1939 e iniciou a militância política no Estado, como líder universitário da juventude cristã. Formou-se em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Mudou-se para São Paulo aos 24 anos. Em 1986 elegeu-se deputado federal por São Paulo e participou da Assembleia Nacional Constituinte que elaborou a Constituição Federal de 1988.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 21.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    MPE instaura inquérito e manda PF investigar suposta compra de prefeito denunciada pela coligação de Ricardo Coutinho




     

    O Ministério Público Eleitoral (MPE) instaurou inquérito e pediu a Polícia Federal para apurar a denúncia de suposta compra de prefeito para as eleições estaduais deste ano. O caso foi denunciado pela coligação ‘A Força do Povo‘, que tem como candidato à reeleição o governador Ricardo Coutinho (PSB).
    No último dia 24 de julho de 2014, a coligação apresentou em entrevista coletiva na sede da Associação Paraibana de Imprensa (API), um áudio de uma conversa em que ex-secretário estadual da Pesca, Sales Dantas, se passa por um assessor do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), também candidato a governador, oferecendo dinheiro para comprar o apoio político do prefeito de Caiçara, Cícero Francisco da Silva.
    No diálogo, Sales Dantas, se passando pelo assessor do tucano, oferece R$ 600 mil ao político para ter o seu apoio nas eleições do dia 5 de outubro.
    Segundo o documento assinado pela promotora de Justiça Eleitoral Gláucia Maria de Carvalho Xavier, o MPE “requer que sejam procedidas investigações acuradas e criteriosas a respeito dos fatos narrados e promovidas diligências como audição de testemunhas, juntadas de documentos, tomadas de depoimentos de outras pessoas arroladas no curso das investigações policiais e outras cabíveis ao caso”.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 20.08.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Juíza tira do ar mais duas pesquisas Souza Lopes encomendadas pelo Sistema Correio


    blogdotiaolcuena.com 

    A juiza auxiliar do TRE, Niliane Meira, suspendeu mais duas pesquisas do Instituto Souza Lopes, já publicadas pelo Sistema Correio de Comunicação. Com estas, já somam cinco as pesquisas suspensas com suspeitas de fraudes e outras irregularidades, quatro da Sousa Lopes, contratada pelo Sistema Correio e um do Ipespe, contratada pelo Sistema Paraíba de Zé Canjiquinha.

    Mais uma vez foi o candidato a deputado Leandro Wagner quem impugnou a pesquisa, via seu advogado Francisco Ferreira. O advogado, em sua petição, apontou várias irregularidades no registro das pesquisas, que não informou os dados dos municipios e bairros onde foram coletadas as intenções de voto.. " Mais uma vez , o Instituto Souza Lopes , assim como também incorreu o IPESP na ultima pesquisa divulgada e suspensa pela justiça , não respeitaram a lei eleitoral. Ora , como confiar nos dados de uma pesquisa onde a empresa pesquisadora não traz a conhecimento da justiça eleitoral os dados obrigatórios para conferência da veracidade e autenticidade das informações ? Como confiar nos números de uma pesquisa que tem 7 dias para trazer esses dados e passa meses sem apresentar ? Durante esse tempo todo , pode haver qualquer manipulação nos questionários e consequentemente nos dados e números para divulgação . Por isso a resolução 23.400 do TSE exige o tempo de no máximo 7 dias para apresentação desses dados internos", concluiu o advogado .

    Veja a decisão da magistrada:




    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários


ver mais antigas