Estatisticas do blog

No momento, 7 usuário(s) está(ão) lendo este blog. No total, 3067051 pessoas visitaram esta página.

Clima tempo

Twitter

Publicidade

  • 30.01.2015 | Autor: Pedro Marinho

    As belas da sexta - Fotos









    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.01.2015 | Autor: Pedro Marinho

    João Pessoa das antigas - Fotos






    Prédio dos Correios sendo construído
    Prédio dos Correios sendo construído

    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.01.2015 | Autor: Pedro Marinho

    Banda do 15º Batalhão de Infantaria, executa ‘Prece Sonora‘ do maestro paraibano Joaquim Pereira




     O Maestro Joaquim Pereira de Oliveira nasceu em Caiçara na Paraíba, dirigiu as bandas da Polícia Miitar da Praaíba a do 15º RIe da Academia Miliitar de Agulhas Negras em Resende- RJ . Foi um dos fundadores da Orquestra Sinfônica da Paraíva e seu segundo regente. Deixou mais de 2000 composições, inclusive uma sinfonia. Seu nome é lembrado nos pavilhões das badas do 15º Batalhão em João Pessoa e na AMAM em Resende, além do Rodovia que liga Belém, Caiçara, Logradouro. Na capital seu nome é lembrado numa praça localizada na Epitácio Pessoa e numa rua no Bairro de Mangabeira.




    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.01.2015 | Autor: Pedro Marinho

    Auxilio-reclusão: Familiares de presidiários receberam meio bilhão de reais em 2014





    O auxílio-reclusão, benefício previdenciário mensal pago a dependentes de trabalhadores presos em regime fechado ou semiaberto, chega a apenas 6,3% da população carcerária brasileira, de aproximadamente 711,4 mil detentos. Mesmo assim, no ano passado, o governo federal desembolsou R$ 549,2 milhões para beneficiar familiares de 45,1 mil presos.


    “O benefício tem pouquíssima amplitude, porque as pessoas presas, em geral, são dos extratos sociais mais vulneráveis da sociedade, que trabalham em situação informal e que não estão contribuindo para Previdência”, comentou o defensor público e coordenador do Núcleo do Sistema Carcerário da Defensoria de São Paulo, Patrick Cacicedo.
    O valor médio do auxílio é de cerca de R$ 1.015,00. Contudo, ele difere de acordo com o histórico previdenciário de cada preso, com o quanto contribuía quando em liberdade, fazendo com que o benefício varie de um salário mínimo, de R$ 788, ao teto, de R$ 4.663,75.

    Em 2013, a administração pública federal executou 517 milhões para o auxílio-reclusão, em valores já atualizados pela inflação (IGP-DI da Fundação Getúlio Vargas). O valor respondia ao atendimento de 43,2 mil segurados, resultando em pagamento médio por benefício de R$ 997,30.

    Em comparação, de 2013 para 2014, houve um crescimento de 1.893 cárceres segurados. A ampliação dos segurados implicou em uma alta de 6,2% do montante comprometido do orçamento público com o auxílio. Além disso, o valor do benefício médio subiu R$ 18,30, isto é, aumento de 1,8%.

    O Ministério da Previdência Social é responsável pela execução do orçamento do auxílio-reclusão. O pagamento é efetuado em duas categorias: área rural e urbana. Em novembro do ano passado, mês de publicação do último Boletim Estatístico da Previdência Social, a Pasta gastou R$ 51,5 milhões com benefícios.

    Do valor pago no penúltimo mês do ano passado, R$ 47,8 milhões foram pagos a família de segurados da área urbana, com média de R$ 1.153,97 por segurado, e outros R$ 3,7 milhões a família dos segurados de área rural, o equivalente a R$ 1.014,17 mensais.

     


    Contas Abertas


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.01.2015 | Autor: Pedro Marinho

    Vagas do concurso para o MPPB serão em tecnologia e promotoria, médio e superior





    Concurso vai destinar vagas para 70 cidades da Paraíba. Salários vão de R$ 3,3 mil até R$ 4,9 mil, mais auxílio alimentação e auxílio saúde

    Reprodução/Google Street View

    Ministério Público da Paraíba (MPPB)
    Foram definidos os cargos que vão ser ofertados para preenchimento de 38 vagas do concurso do Ministério Público da Paraíba (MPPB), que deve ser realizado até junho. Vão ser 28 vagas de nível médio para atuação nas promotorias de Justiça e dez vagas para Tecnologia da Informação, sendo cinco para nível superior e cinco para nível médio.

    Portal Correio

    Os salários variam de R$ 3.341,29 até R$ 4.940,25 e os aprovados vão receber ainda R$ 900 de auxílio alimentação e R$ 200 de auxílio saúde.

    Segundo o presidente da Comissão do Concurso, o promotor de Justiça João Arlindo Corrêa Neto, as 28 vagas de nível médio vão ser distribuídas por oito regiões: seis vagas na 2ª região; duas vagas na 3ª região; quatro na 4ª região; quatro para a 6ª região; duas na 7ª região; quatro na 8ª região; três na 9ª região; e três para a 10ª região.

    Das dez vagas para Tecnologia da Informação, cinco de nível superior e quatro de nível médio vão ser para João Pessoa. A cidade de Campina Grande vai receber uma vaga de nível médio.

    De acordo com o promotor João Arlindo, o processo de escolha da empresa que vai organizar o concurso já foi iniciado e existe a previsão de que as provas sejam aplicadas em junho. “A próxima etapa de trabalhos da comissão é a confecção do edital do concurso”, acrescentou.

    Confira os municípios que compõem cada região:

    1ª Região: João Pessoa;

    2ª Região: Cabedelo, Bayeux, Santa Rita, Lucena, Alhandra, Jacaraú, Mamanguape, Rio Tinto, Cruz do Espírito Santo, Caaporã e Pedras de Fogo;

    3ª Região: Guarabira;

    4ª Região: Mari, Alagoinha, Pirpirituba, Pilões, Serraria, Remígio, Cuité, Picuí, Areia, Solânea, Araruna, Bananeiras, Belém, Caiçara, Barra de Santa Rosa, Pilar, Sapé, Gurinhém, Itabaiana;

    5ª Região: Campina Grande;

    6ª Região: Prata, Sumé, Serra Branca, São João do Cariri, Cabaceiras, Boqueirão, Queimadas, Aroeiras, Juazeirinho, Umbuzeiro, Monteiro, Ingá, Alagoa Grande, Esperança, Pocinhos, Soledade, Alagoa Nova e Taperoá;

    7ª Região: Patos;

    8ª Região: Malta, Princesa Isabel, Itaporanga, Piancó, Brejo do Cruz, Catolé do Rocha, Santa Luzia, Teixeira, Coremas, Pombal e São Bento;

    9ª Região: Sousa;

    10ª Região: Cajazeiras, Uiraúna, São João do Rio do Peixe, São José de Piranhas, Bonito de Santa Fé e Conceição


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.01.2015 | Autor: Pedro Marinho

    Esposa de Rômulo Gouveia pode assumir secretaria em Campina Grande




     O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB) já deixou clara a possibilidade que pode sair do seu partido e migrar para o PSD, mas a sinalização do bom clima do gestor com a legenda do deputado federal eleito, Rômulo Gouveia (PSD) está prestes a ter um novo capítulo. O motivo da maior sintonia entre os dois é a certeza da nomeação, que figura nos bastidores da política campinense, da deputada Eva Gouveia (PSD) para a secretaria de Ação Social.

    A parlamentar fica no cargo político até o próximo dia 31, quando finda seu mandato e a partir do dia 1º de fevereiro pode trilhar um novo caminho.

    A secretaria que poderia receber Eva Gouveia está sendo ocupada pelo suplente de vereador João Dantas (PSD) que vai assumir a titularidade no dia 1º de fevereiro com a saída de três vereadores de Campina Grande que serão nomeados deputados estaduais, na mesma data.


    PB Agora


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.01.2015 | Autor: Pedro Marinho

    BATEU LEVOU: Cássio acusa Ricardo Coutinho de interferência na eleição da ALPB; Estela Bezerra reage





    O clima voltou a esquentar na disputa envolvendo a sucessão da Mesa Diretora da Assembléia Legislativa da Paraíba, tudo por conta de uma declaração dada pelo senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ao PB Agora nesta quinta, 29, que bota mais lenha na fogueira.


    Sem arrodeios, o tucano que saiu derrotado na ultima disputa eleitoral, voltou a acusar o governador Ricardo Coutinho (PSB) de tentar influenciar na eleição que tem apenas 36 eleitores e que tem dada agendada para o próximo domingo, 1.


    Cássio inicialmente afirmou ter segurança no voto da bancada do PSDB em Ricardo Marcelo (PSDB) e alfinetou o seu algoz: “O tempo vai mostrar de fato quem é Ricardo Coutinho, eu já me afastei dele exatamente por discordar profundamente, do método de fazer política e tenta impor o seu poder na base da força com uma manobra que o governo está fazendo tentando fazer duas eleições em uma só que é bem típico de Ricardo Coutinho, posar de inocente de vestal e por trás é ele quem articula isso tudo”, disparou.


    Cunha Lima continuou ao alfinetar o socialista: “Se você fizer uma entrevista com ele (Ricardo), você vai ouvir: a Assembléia é independente, nada tenho haver com isso, é bem característico dele e não tenho nada pessoal contra Adriano (Galdino), tenho um carinho e respeito por ele, mas o PSDB não apóia a manobra que o governo faz de tentar colocar de joelhos o Legislativo paraibano”, atacou o líder do Clã Cunha Lima.


    Ao ser interpelada pelo PB Agora sobre as declarações de Cássio, a deputada Estela Bezerra (PSB), reagiu com veemência: “O que eu tenho muito certo é o que nós estamos fazendo é licito, transparente, garante a alternância, tem princípios democráticos e tem amparo legal, por que o Regimento é feito pelo colegiado da Casa, dito isto, poderia avaliar o que foi feito anteriormente inclusive com a intervenção do senador quando era governador”, ironizou.


    Para Estela que é uma das maiores defensoras do projeto socialista na Paraíba o clima é de tranqüilidade para o colegiado composto por 21 parlamentares que apóiam Adriano Galdino: “Temos clareza que queremos mudança na Assembléia, harmonia entre os Poderes, independência e alternância no comando, pena que alguns políticos tradicionais na Paraíba não tenham clareza sobre isso”, sentenciou.


    Por fim, a socialista mandou um recado para Cássio: “A Assembléia é autônoma, temos um mandato e responsabilidade, o Legislativo é autônomo, independente e precisa ser tratado como tal”, concluiu.


    Em meio ao bombardeio verbal de Cássio e Estela, onde ambos dizem falar a verdade é válido lembrar um ensinamento pregado por WInston Churchill que dizia que: "Durante a guerra, a verdade é tão preciosa que deveria ser sempre acompanhada de mentiras como guarda-costas!"

     

    Henrique Lima

    PB Agora


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.01.2015 | Autor: Pedro Marinho

    Tovar associa política salarial à violência na PB; Célio reage: “Crime é comprar votos com cesta básica”




    deputado estadual Tovar Correia Lima associa política salarial do Governo ao índice de violência na Paraíba

    O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB – Foto à esquerda) criticou o aumento anunciado pelo governador Ricardo Coutinho esta semana. O deputado associou o percentual de reajuste aos altos números de violência no Estado. Já o secretário executivo de Comunicação da Paraíba, Célio Alves, reagiu à crítica do deputado e disparou: “Crime mesmo é tentar comprar eleitor com cesta básica”.

    Para Tovar, o governador tentou maquiar as informações falando em 20% de reajuste, porém, o aumento real foi de 1% linear, argumentou o parlamentar, elencando que bolsa-desempenho e outros anexos do gênero serão pagos parcelados.

    O tucano afirmou ainda que mesmo somando o aumento de 1% a estas “bolsas”, o aumento real não atinge o percentual da inflação que foi de 6,47% no ano passado. “O resultado deste descaso com funcionalismo público, coloca a Paraíba como o estado mais violento do Brasil e a nossa capital como uma das mais violentas do mundo” afirma.

     

    Secretário executivo de Comunicação Célio Alves reagiu às críticas do deputado Tovar ao governo
    Secretário executivo de Comunicação Célio Alves reagiu às críticas do deputado Tovar ao governo
    Célio Alves reagiu, lembrando que o deputado chegou a ser conduzido a delegacia durante o período eleitoral, por suspeita de abuso do poder econômico disparou: “Crime mesmo é tentar comprar eleitor com cesta básica”.

    “Não há servidor assaltando nem matando, na Paraíba, para que o deputado associe o reajuste à criminalidade”, disse o secretário.

    Alves ainda defendeu a taxa de reajuste do Governo, fazendo um comparativo com outros estados: “A Paraíba está concedendo o maior aumento entre os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal, pois, à exceção da Paraíba, nenhum deles reajustou os salários dos servidores e o reajuste de 1% alcança a menor parcela dos servidores, pois a grande maioria recebeu acima disso, chegando até 20%”.
    MaisPB


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.01.2015 | Autor: Pedro Marinho

    Professores reclamam de reajuste de 9% e pedem plano de carreira e cumprimento do piso nacional






    Os professores ligados à Associação dos Professores de Licenciatura Plena da Paraíba (APLP-PB) protocolaram um documento no Palácio da Redenção requisitando uma audiência com o governador Ricardo Coutinho para discutir o reajuste dado à educação neste ano.

    No documento os professores exigem que o aumento de 20% anunciado pelo governo seja extensivo a todo o magistério. Segundo o presidente da Associação, Francisco Fernandes, o aumento apresentado para a mídia de 20% seria “irreal”, já que atingiria apenas um profissional, não sendo estendido a outros.

    “Os 20% só beneficiarão um profissional que tem a classe A e o nível 1. Só ele está nesta categoria. Mais nenhum. Todos os outros, com licenciatura plena, mestrado, doutorado, tempo de carreira, ficarão com um reajuste de 9%, que está abaixo do piso nacional, que é de 13,01%”, explicou.

    Ele ainda reclamou que o aumento será dado em duas parcelas. “O pagamento é em duas partes. Uma de 4,5% hoje e outra de 4,5% em outubro. E a segunda parte do aumento não é proporcional. Ou seja, vai ser um aumento de 4,5% em cima do valor do salário do ano passado”, revelou o professor.

    Além do reajuste os profissionais reclamam da falta de um plano de carreira. “É um plano descaracterizado. O professor não tem estímulo para fazer um curso de graduação, pós-graduação. Estamos na contramão da história. Uma acentuada desvalorização do magistério”, declarou Francisco.

    A Associação promoveu assembleias regionais ao longo das últimas semanas, que culminaram na confecção do documento que foi entregue hoje, após reunião na sede da APLP, em João Pessoa. “Essa luta é para que o professor não fique no início do ano com o pires na mão. Vamos promover assembleias em todas as regiões do estado e após o carnaval vamos para uma assembleia geral quando vamos definir se entramos ou não em greve”, concluiu.

    João Thiago
    Paraiba.com.br


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.01.2015 | Autor: Pedro Marinho

    Governo recebe propostas de refinanciamento das dívidas do futebol





    O ministro do Esporte, George Hilton, participou nesta quinta (29) de duas reuniões do grupo interministerial criado para apresentar nova proposta de repactuação das dívidas dos clubes de futebol brasileiros; de manhã, recebeu dirigentes de clubes da Série A e, à tarde, integrantes do Bom Senso F.C.; com ambos, a palavra de ordem de George Hilton foi ouvir propostas e construir uma solução consensual para o tema


    Agência Brasil - O ministro do Esporte, George Hilton, participou hoje (29) de duas reuniões do grupo interministerial criado para apresentar nova proposta de repactuação das dívidas dos clubes de futebol brasileiros.

    De manhã, recebeu dirigentes de clubes da Série A e, à tarde, integrantes do Bom Senso F.C. Com ambos, a palavra de ordem de George Hilton foi ouvir propostas e construir uma solução consensual para o tema.

    Na semana passada, a presidenta Dilma Rousseff vetou o Artigo 141 da Medida Provisória 656, que permitia o refinanciamento das dívidas dos clubes sem qualquer contrapartida que os obrigasse a cumprir medidas de responsabilidade financeira e de gestão.

    Agora, a ideia do governo é encaminhar ao Congresso Nacional uma nova proposta na primeira quinzena de fevereiro, incluindo, além da repactuação, contrapartidas dos clubes de fair-play financeiro e trabalhista.

    “Os clubes trouxeram propostas que entendemos importantes. Há interesse na verdade de todos. A proposta do Bom Senso também vai na linha de um fair-play, de critérios de governança, de bom uso dos recursos públicos e de valorização dos atletas quanto aos salários, que precisam estar em dia”, afirmou o ministro.

    De acordo com o ex-jogador da Seleção Brasileira e integrante do Bom Senso F.C. Alex, o compromisso e o diálogo assumidos por Dilma no ano passado, quando se encontraram pela primeira vez, têm sido mantidos. Além da contrapartida trabalhista, Alex defende penas desportivas para os clubes que não pagarem as dívidas, de modo que os torcedores entendam a responsabilidade dos gestores.

    O movimento, que pede reformas no futebol brasileiro, não é a favor do rebaixamento automático dos clubes em dívida. Eles exigem, no entanto, a responsabilização individual dos dirigentes. Segundo Alex, esta pode ser uma das “pequenas divergências”, que serão costuradas pelo grupo. O ministro informou que receberá amanhã (30) representantes da Confederação Brasileira de Futebol e de federações estaduais.

    “Não vamos impor, mas criar critérios. São princípios que serão criados. Naturalmente, cada clube terá o direito ou não de participar. O que queremos é uma política clara, que fortaleça o futebol, mas que tenha, sobretudo, fundamentos de boa governança”, ressaltou George Hilton.

    “O importante é que se pague. O governo não abrirá mão, não anistiará ninguém, o que já é um fato importante. Para mim, pouco importa em quanto tempo a dívida será paga e qual a contrapartida da punição desportiva, que realmente é o que vale no futebol”, acrescentou Alex.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.01.2015 | Autor: Pedro Marinho

    Cerveró processará quem fizer máscara com seu rosto para o Carnaval





    Advogado do ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, Edson Ribeiro alertou sobre processos por conta de rumores de que a máscara seria ‘sensação‘ na folia deste ano; "Se alguém fizer isso, vou processar. Você tem o direito à imagem, tem o dano moral. Se alguém fizer, vou localizar quem fez", afirmou; dona de uma fábrica de produtos carnavalescos, Olga Valle disse que desistiu de reproduzir o rosto de Cerveró


    247 - Acusado de corrupção e lavagem de dinheiro, o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró promete processar quem produzir máscaras com seu rosto para o Carnaval. Segundo a agência O Globo, o advogado Edson Ribeiro passou a alertar sobre processos, por conta dos rumores que a máscara seria ‘sensação‘ na folia deste ano.

    Ainda de acordo com O Globo, um integrante da equipe de defesa chegou a ligar para a Condal, uma grande fábrica de acessórios para o Carnaval e informou que iniciaria uma ação judicial.

    "Se alguém fizer isso, vou processar. Você tem o direito à imagem, tem o dano moral. Se alguém fizer, vou localizar quem fez", afirmou Ribeiro.

    A dona da fábrica, Olga Valle, disse que desistiu de reproduzir o rosto de Cerveró para evitar dores de cabeça. "Eles falaram que iam tomar providências. Como estamos mal de tempo, e seria uma complicação, acho melhor não entrar nessa", disse Olga.

    Ainda de acordo com Olga, os pedidos pelas máscaras de Cerveró não foram muitos e a aposta é fabricar máscaras da presidente da Petrobras, Graça Foster.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.01.2015 | Autor: Pedro Marinho

    Costa diz que recebeu R$ 8 milhões de Andrade e Estre





    O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa afirmou ter recebido até R$ 8 milhões da construtora Andrade Gutierrez e da Estre Ambiental, especializada em coleta e tratamento de lixo; a maior parte, "entre US$ 2 milhões a US$ 2,5 milhões", foi paga pela empreiteira, segundo ele, e R$ 1,4 milhão, pela Estre Ambiental, que tem como acionista o BTG Pactual, do banqueiro André Esteves


    247 - O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa afirmou ter recebido até R$ 8 milhões da construtora Andrade Gutierrez e da Estre Ambiental, especializada em coleta e tratamento de lixo. Apesar de já citadas ao longo da Operação Lava Jato, é o primeiro depoimento de Costa em sua delação premiada que vem a público citando valores recebidos dessas duas empresas.

    A maior parte, "entre US$ 2 milhões a US$ 2,5 milhões", foi paga pela empreiteira, segundo ele, e R$ 1,4 milhão, pela da Estre Ambiental. As informações constam em depoimentos prestados por Costa em sua delação premiada. Costa sustenta que, a exemplo do que ocorria na estatal, empresas privadas também formaram carteis para atuar em outras áreas do governo: "Eletrobras, construção de hidrelétricas, portos e aeroportos", elencou.

    Paulo Roberto Costa voltou detalhar o quinhão da propina que cabia a partidos --principalmente PP e PMDB-- e autoridades.

    De acordo com Costa, "60% eram para políticos", 20% eram repartidos entre ele e o operador do esquema, responsável por receber das empresas e repassar ao ex-diretor, e o restante cobria eventuais custos.

    No primeiro momento, a função de intermediar a negociata era do ex-deputado José Janene, morto em 2010, quando foi substituído por Alberto Youssef. Mais adiante, Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, também passou a recolher o dinheiro.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.01.2015 | Autor: Pedro Marinho

    UTC sugere que Moro alivia para Oldebrecht e Andrade





    Apontado como chefe do "clube da propina", o empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC Engenharia, questiona porque duas das maiores construtoras do País, a Odebrecht, de Marcelo Odebrecht, e a Andrade Gutierrez, de Otávio Azevedo, vêm sendo poupadas pelo juiz Sergio Moro, que conduz a Operação Lava Jato; "A denúncia sustenta que a dita organização criminosa era constituída, entre outras empreiteiras, pela Odebrecht e Andrade Gutierrez. Ocorre que não se vê nenhum controlador ou mesmo executivo destas empresas no polo passivo desta ação penal", diz trecho de sua defesa; a questão é, de fato, intrigante; Paulo Roberto Costa confessou ter recebido R$ 59 milhões da Odebrecht, naquela que foi a maior de todas as propinas já descobertas no País; a Andrade, além de sócia da Cemig, num acordo costurado pelo PSDB-MG, é a empreiteira mais ligada ao lobista Fernando Baiano


    247 - A defesa do empreiteiro Ricardo Pessoa, dono da UTC Engenharia, que vem sendo apontado como chefe do "clube da propina", questiona, indiretamente, a lisura do juiz Sergio Moro. O motivo é o fato de duas das maiores empreiteiras do País, a Odebrecht e a Andrade Gutierrez, não terem sofrido qualquer tipo de punição no âmbito da Operação Lava Jato.

    "A denúncia sustenta que a dita organização criminosa era constituída, entre outras empreiteiras, pela Odebrecht e Andrade Gutierrez. Ocorre que não se vê nenhum controlador ou mesmo executivo destas empresas no polo passivo desta ação penal", diz trecho do documento, assinado pelo advogado Alberto Zacharias Toron.

    A ausência da Odebrecht da Lava Jato é, de fato, intrigante. Segundo Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobras, que é peça central da investigação, foi a Odebrecht quem depositou nada menos que R$ 59 milhões em propinas para ele, em diversas contas abertas no exterior. Em dezembro deste ano, foi noticiada a informação de que a empreiteira comandada por Marcelo Odebrecht pressionara o senador Aécio Neves (PSDB-MG) para esvaziar as investigações sobre a Petrobras (leia mais aqui).

    A Andrade Gutierrez, por sua vez, é a empreiteira mais próxima ao senador tucano. Foi a maior doadora de Aécio na campanha presidencial de 2014 e também se tornou sócia da Cemig, com um acordo de acionistas que a favorece. De acordo com as delações de Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef, a empreiteira mineira, comandada por Otávio Azevedo, é a mais próxima ao lobista Fernando Soares, o Fernando Baiano, que seria operador do PMDB. Embora tenha sido aberto um inquérito contra a empreiteira, nenhum de seus executivos sofreu qualquer punição até agora.

    Em sua defesa, a UTC também mencionou diversos políticos como testemunhas de defesa. São eles: o ministro da Defesa, Jaques Wagner, o deputado e candidato à Presidência da Câmara Arlindo Chinaglia (PT-SP), o ex-ministro das Comunicações Paulo Bernardo, o secretário de Saúde da cidade de São Paulo, José de Filippi Júnior e os deputados federais Paulo Pereira da Silva (SD-SP), Jorge Tadeu Mudalen (DEM-SP) e Jutahy Júnior (PSDB-BA) e o ex-deputado Arnaldo Jardim (PPS-SP).

     


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 29.01.2015 | Autor: Pedro Marinho

    Lava Jato: Janot deve enviar à 1ª instância políticos sem mandato




     
    O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve propor já na próxima semana o desmembramento das investigações que ficarão no âmbito do STF, com o pedido de remessa para a primeira instância dos casos de políticos citados na Operação Lava-Jato e que perderam o foro privilegiado; ele planeja pedir o envio à Justiça Federal no Paraná dos casos de políticos que deixaram de exercer mandato eletivo na Câmara, no Senado ou em governos estaduais


    247 - O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve propor já na próxima semana o desmembramento das investigações que ficarão no âmbito do Supremo Tribunal Federal (STF), com o pedido de remessa para a primeira instância dos casos de políticos citados na Operação Lava-Jato e que perderam o foro privilegiado. Entre 30 e 40 autoridades foram citadas pelos delatores.

    Janot planeja pedir o envio à Justiça Federal no Paraná dos casos de políticos que deixaram de exercer mandato eletivo na Câmara, no Senado ou em governos estaduais. São esses mandatos que garantem foro no STF ou no Superior Tribunal de Justiça (STJ). O desmembramento deve ser o primeiro ato de Janot em relação às investigações sobre os políticos envolvidos no esquema.

    O procurador-geral montou um grupo especial formado por procuradores regionais da República, procuradores da República e promotores de Justiça do Distrito Federal para auxiliá-lo na análise e na busca por provas que envolvam as autoridades com foro privilegiado. O grupo também prepara a primeira ofensiva mais concreta nas investigações: na próxima semana, procuradores viajam a Curitiba para estreitar a articulação com os procuradores da República da força-tarefa responsável pelos desdobramentos da Operação Lava-Jato.

    Diante do grande volume de informações e de políticos citados, o mais provável é que as primeiras denúncias e os pedidos de abertura de inquérito no STF e no STJ só ocorram depois do feriado de carnaval. Antes disso, Janot deve remeter de volta à primeira instância os casos de parlamentares que não se elegeram e de ex-governadores que não se candidataram.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 29.01.2015 | Autor: Pedro Marinho

    Papo d‘ Esquina


     TERCEIRO TURNO - CÁSSIO VAI APOIAR CHAPA DE RICARDO MARCELO

    O senador Cássio Cunha Lima foi procurado pelo seu antigo aliado Adriano Galdino, que pediu ao mesmo para não interferi na disputa a presidência da Assembleia Legislativa, deixando os deputados tucanos a vontade para cada um decidir a sua maneira. O senador não deu trela a Galdino e revelou que via sim apoiar Ricardo Marcelo ou mesmo um terceiro nome que entre na disputa, para assim se posicionar contra RC que apóia Adriano Galdino. Cássio corre o risco de ocorrer a vitória de Galdino e o povo dizer que ele perdeu o terceiro turno para Ricardo Coutinho. Ai vai ficar ruim.

    RENATO GADELHA APOSTA NA VITÓRIA DE RICARDO MARCELO

    Por falar em pleito na Assembleia, o deputado noviço Renato Gadelha, acredita piamente que Ricardo Marcelo será o vitorioso pela quarta vez para ficar à frente dos destinos da Assembleia Legislativa no pleito de domingo vindouro. Lembrado que em tese Adriano Galdino já conta com 21 votos, o mesmo respondeu de forma enigmática que o voto é secreto e tudo pode acontecer. Será meu Deus será?

    GOVERNADOR DIZ QUE A PARAÍBA FOI O ÚNICO ESTADO QUE OUSOU CONCEDER REAJUSTE AOS SERVIDORES


    O governador Ricardo Coutinho criticado pelo percentual muito pequeno que concedeu aos servidores foi incisivo lembrando as dificuldades da economia brasileira e especialmente a Paraíba, s[ó permitiu tais valores. Lembrou que pesquisou e verificou que nenhum estado da Federação, ofereceu nada aos seus servidores e que a Paraíba é o único estado a fazê-lo- Ainda segundo ele “só a Paraíba está tendo a ousadia de dar reajuste”. “Gostaria muito de estar dando novamente o reajuste da inflação para a imensa maioria das categorias, mas infelizmente o estado não tem capacidade para isso, desta vez, neste mês de janeiro”.

    PSB REJEITA PARTICIPAÇÃO NA GESTÃO DO PT NA CAPITAL


    Por 21 votos contra nove, o PSB de João Pessoa decidiu na noite desta quarta-feira (28) se abster de indicar, oficialmente, nomes para composição na gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PT), da Capital. Tal resultado foi obtido depois de reunião realizada na Granja Santana entre lideranças socialistas e o governador Ricardo Coutinho. Em sua decisão, o PSB, entretanto, não veta o aproveitamento de filiados da legenda, caso seja essa a decisão de Luciano Cartaxo, mas a participação terá cunho de participação individual sem indicação e referendo do partido.A socialista Sandra Marrocos defendia posição contrária, mas foi voto vencido na discussão.


    RAIMUNDO LIRA QUER ENTREVISTA EM CASA. SÓ FALTAVA ESSA!!!

    Raimundo Lira em vez de ir à Associação de Imprensa, justificar a sua ausência e agradecer ao paraibanos o mandato de senador que caiu no seu colo, manifestou o desejo de que os jornalistas fossem entrevistá-lo em sua casa em Campina Grade. Essa criatura certamente não foi escolhido suplente de Vitalzinho pelos seus belos olhos. Por sorte pegou um boi deitado, ou seja, virou senador contando apenas com o próprio voto. Ele representa mal ele mesmo e nem sei porque parte de nossa imprensa vem dando tanta visibilidade a tal pessoa, que no Senado há mais de uma mês só agora visita no nosso estado, dizendo que estava gozando férias com a sua família. Como se observa o dito cujo nem começou a trabalhar e já fala de férias. Assim é dose.

    PRESIDENTE DO PT DIZ QUE FREI ANASTÁCIO TERÁ QUE SEGUIR O PARTIDO


    O presidente do PT paraibano, Charlinton Machado não se fez de rogado e por conta das declarações dadas pelo deputado estadual Frei Anastácio sobre sua insatisfação pela aliança firmada entre seu partido e PSB, afirmou que não estava em par das declarações do deputado estadual, mas que sabe que Anastácio tem uma tradição de acatar as decisões partidárias. “Ele votou em favor da aliança. Votou pela composição do governo, inclusive na última reunião de diretório. Todos esperamos que ele se adéque às instâncias partidárias como sempre fez”, declarou o presidente do partido.Pois é o Frei vai ter que rezar pela cartilha da sua legenda.

    LUCAS AMEAÇA SAIR DO DEM SE O PARTIDO VIER A APOIAR CARTAXO


    O vereador Lucas de Brito que acaba de deixar nas mãos de Raoni Mendes a liderança da oposição na Câmara Municipal ao ser questionado sobre um eventual apoio do seu partido o DEM ao prefeito Luciano Cartaxo, nem pensou duas vezes e revelou que a sua posição é clara: ficará oposição. Contrário à gestão municipal em João Pessoa, o vereador pode estar às portas de um dilema: o DEM pode estar se preparando, em decorrência da aliança com o PSB no Estado, para apoiar o mesmo Cartaxo ao qual Lucas se opõe na Câmara Municipal.“O posicionamento do DEM é contraditório. Ouvi conversas de que o Democratas vai apoiar Cartaxo nas próximas eleições. Vou me sentir a vontade para deixar o partido caso isso aconteça”, declarou o vereador.Em tempo: Ontem Lucas revelou que é candidato a prefeito de João Pessoa.


    NONATO QUER PARCERIAS ADMINISTRATIVAS ENTRE O PSB E PT

    Depois de ter se tornado um critico feroz da gestão de Ricardo Coutinho de quem foi aliado a vida inteira, o atual vice-prefeito Nonato Bandeira, revela o seu desejo que prospere a união administrativa entre o PSB e o PT, unindo assim o governador Ricardo Coutinho e o prefeito Luciano Cartaxo. Na ótica de Nonato os discursos políticos deveria ficar para 2016 e ambos os gestores focarem em obras para o estado e para a capital, tais como o Hospital da Mulher, o Viaduto do Geisel, reforma da nossa rodoviária, um museu para a cidade de João Pessoa que completa 430 anos e não tem a sua história preservada.


    MÉDICA ASSUME HOSPITAL DA GUARNIÇÃO DE JOÃO PESSOA


    A Major Médica Carla Maria Clausi assume a Direção do Hospital de Guarnição de João Pessoa. Sua assunção ao cargo é um marco na história do Exército Brasileiro: A Maj Carla é a primeira mulher a assumir o Comando de uma Organização Militar, nível unidade, pertencente à Força Terrestre. Tomara que co a sensibilidade da mulher o serviço de atendimento melhore naquele hospital, pois reformados e pensionistas sofrem muito para marcarem uma simples consulta ou para qualquer outro atendimento, pois ficam apenas dois recrutas fazendo tal trabalho, ou seja, atendendo vagarosamente cerca de 30 A 40 pessoas que chegam ali nas primeiras horas da manhã.

    COMPANHEIRO PETISTA ABANDONADO II

    Esta semana falei aqui neste espaço sobre o abandono no a que está relegado o petista e ex-presidente da Câmara Federal João Paulo Cunha, ou seja, dos mensaleiros, o dito cujo é um dos poucos ainda curtindo o xilindró, em razão de não ter recursos financeiros para pagar a pesada multa imposta pela Justiça e não receber a solidariedade dos antigos companheiros de partido, fazendo o mesmo que fizeram com José Dirceu e Delúbio Soares, beneficiados com duas ricas ‘vaquinhas’ que arrecadaram alguns milhares de reais.A vitima agora é o deputado cassado André Vargas aquele que em solidariedade aos companheiros presos atrevidamente presidindo a sessão da Câmara Federal ergueu o braço com o punho cerrado para afrontar o então presidente do Supremo Joaquim Barbosa.Tal figura tempos depois foi denunciado por conta de negócios poucos republicanos com o doleiro Alberto Youssef. Tal figura que chegou a ser primeiro vice-presidente da Câmara tem dificuldade até mesmo para pagar o colégio dos filhos e por isso pediu e implorou emprego aos seus antigos colegas petistas e todos fizeram ouvidos moucos. O que é isso companheiros?

    LAVA JATO - DEPUTADOS BLINDADOS


    Quando a gente pensava que já viu tudo no Brasil vindo da classe política, eis que se descobre que desconfiados com a divulgação nos próximos dias da relação dos deputados envolvidos com o escândalo da Petrobras, parlamentares rapidamente já trataram de alterar regras no Conselho de Ética da Câmara Federal, com o intuito de proteger eventuais envolvidos. A idéia é criar um acordo de leniência parlamentar segundo o qual o deputado acusado de lesar os cofres públicos poderá apresentar à Mesa da Câmara proposta de devolver o dinheiro desviado, o que abriria uma posta para absolvição. Resta saber se a população brasileira vai aceitar mais esse verdadeiro escárnio contra os cidadãos, que por certo sentirão que mais os mesmos zombam os mesmos de nossa inteligência.


    OTÁVIO PAULO NETO – O POVO SE ESCONDE DA CORRUPÇÃO E DO CRIME

    O promotor de Justiça Otávio Paulo Neto, através das redes sociais se manifestou sobre o descaso e a aceitação pacifica do povo brasileiro com relação aos desmandos e a corrupção que explodem em nosso país. Otávio Paulo Neto a partir deste ponto: “Engraçado! Nosso País que se diz celeiro de pessoas cultas e aguerridas se esconde cada vez mais ante as inúmeras manifestações de corrupção e crimes. De 2009 a 2011 pudemos assistir na Tunísia e Islândia toda uma população se levantar por uma nova ordem política, tais manifestações ecoaram em todo mundo e voltam a eclodir no Egito, enquanto isso aqui no Brasil nos preparamos pro carnaval confeccionando máscaras do pessoal da Petrobras, a mediocridade cobrará seu preço, muitas vidas se esvaem todas os dias em razão de nossas omissões, que a mão forte da injustiça não nos abata, enquanto isso vamos preparando o confete e a serpentina, seca ? Crise energética? Inflação ? Corrupção ? Que é isso ? Vamos aproveitar o verão , nos bronzear para o carnaval , afinal Deus é brasileiro !!”Pois é prezado Otávio Paulo Neto, o povo brasileiro deveria seguir os ensinamentos de Drew Pearson, que cravou: “Trabalho pelo olfato. Quando sinto algo fedendo, vou atrás”.

    O SURREALISMO DOS NOSSOS LADRÕES


    Por falar em ladrões a ousadia dos mesmos chega a ser surreal. Na cidade de Maringá (PR),l bandidos levaram R$ 20 mil de uma farmácia e ousadamente mandaram recado para a emissoraas de televisão, mais precisamente para os programas policiais dizendo que os mesmos parassem de meter a boca nos bandidos e falassem mal de Dilma e dos políticos que roubam. Num outro episódio bem pitoresco, em Paraipaba no estado do Ceará, bandidos explodiram os caixa da única agencia bancaria,m acordando a população, tendo os bandidos arrecadado pouco dinheiro e batido em retirada. Revela um policial que dias depois chegou uma carta na delegacia da cidade, onde os bandidos lamentavam que gastaram R$ 71 mil com a operação e só conseguiram levar R$ 36 mil. Ao final da carta, escreveram ‘Esse povo da cidade é muito ladrão”.


    Esta coluna é publicada no http:/www.blogdopedromarinho.com e em quatro portais.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários


ver mais antigas