Estatisticas do blog

No momento, 7 usuário(s) está(ão) lendo este blog. No total, 2676494 pessoas visitaram esta página.

Clima tempo

Twitter

Publicidade

  • 31.10.2014 | Autor: Pedro Marinho

    As belas da sexta - Fotos









    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 31.10.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Comissão aprova texto integral da MP 657




     

     

    Nesta quinta-feira, 30, foi aprovado na Comissão Mista, o texto integral da Medida Provisória 657/2014, que altera a carreira de delegados de Polícia Federal.

     

    O relator da matéria, deputado João Campos, propôs a rejeição de todas as emendas, sob a alegação de que não possuíam pertinência temática ao texto.

     

    Em sua manifestação, o Deputado Jesus Rodrigues (PT/PI), demonstrou estranhamento pela forma como a MP foi colocada em votação e de pelo fato de que o relator seja um delegado. “O Regimento não proíbe, mas não acho que seja eticamente correto que um delegado relate essa matéria”, enfatiza.

     

    Após a manifestação dos parlamentares presentes, o presidente colocou a matéria em votação, sendo aprovada por unanimidade, sem emendas.

     

    Depois da votação pelo Plenário da Câmara, a MP será encaminhada ao Senado, para deliberação em Plenário. Se forem feitas mudanças, via projeto de lei de conversão, o texto terá de ser sancionado ou vetado pela presidente da República.

     

    Segundo o presidente a Federação Nacional dos Policiais Federais, Jones Leal, todos os representantes sindicais estão atentos à tramitação da MP e que todos os esforços serão envidados para que o cenário mude.

     


    Fonte: Agência Fenapef


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 31.10.2014 | Autor: Pedro Marinho

    TJDF anuncia concurso com 335 vagas; salários vão de R$ 4,6 mil a R$ 7,5 mil





    Vagas serão para cargos técnicos e analistas.Cargos irão compor os quadros de cinco fóruns do TJDFT criados em cidades do Distrito Federal

    Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios
    A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (29), projeto de lei do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), que cria 580 cargos na corte. Pela proposta, que precisa ser aprovada pelo Senado, serão criados 355 cargos efetivos, 25 cargos em comissão e 200 funções comissionadas.

    Os 335 cargos devem ser preenchidos por concurso público entre técnicos e analistas. Os salários iniciais são R$ 4.575,16 para técnicos e R$ 7.506,50 para analistas. Já os vencimentos dos 25 cargos em comissão são de R$ 10.352,52, e as 200 funções comissionadas tem remuneração entre R$ 1.567,95 e R$ 3.434,43.

    Os cargos irão compor os quadros de cinco fóruns do TJDFT criados em cidades do Distrito Federa


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 31.10.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Perito confirma: Sarney votou mesmo em Aécio



      
    Embora o ex-presidente José Sarney (PMDB) tenha negado, em nota oficial, que votou no tucano Aécio Neves (PSDB) no segundo turno das eleições presidenciais, o perito Ricardo Molina confirmou que as imagens que mostram a votação não sofreram trucagens e são autênticas; ou seja, mesmo aliado da presidente Dilma Rousseff (PT) e com um bottom dela no peito, Sarney votou no candidato da oposição

    247 - Embora o ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) tenha negado, em nota oficial, que votou no tucano Aécio Neves (PSDB) no segundo turno das eleições presidenciais, o perito Ricardo Molina, a pedido do portal iG, confirmou que as imagens que mostram a votação não sofreram trucagens e são autênticas. Ou seja, mesmo aliado da presidente Dilma Rousseff (PT) e com um bottom dela no peito, Sarney votou no candidato da oposição.

    Molina dividiu a análise em três fases. Na primeira, comparando o vídeo de corpo inteiro com um recorte mais fechado na urna eletrônica, ele observa que "trata-se da mesma filmagem, ou seja, a ampliação, na qual não há dúvidas de que o voto é 45, foi processada a partir do mesmo vídeo. A seguir, o perito mostra, a partir do vídeo original, uma sequência de frames que mostram o voto de Sarney no 45. "Não é possível discernir os números, mas é possível verificar que o dedo está na altura do 45 e que a gravação é a mesma da ampliação", atesta o perito.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 31.10.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Bolsonaro: ‘Serei o candidato da direita em 2018‘





    Deputado federal mais votado no Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro (PP) diz que será a candidato à Presidência em 2018 como “representante da direita”; “Sou de direita mesmo e não tenho vergonha de dizer. Vou disputar o Planalto. Se meu partido não me apoiar, mudo de legenda para concorrer”, afirma; ele defende a redução da maioridade penal, a flexibilização das leis trabalhistas, alterações no Bolsa Família, defesa de trabalhos forçados para presidiários


    247 - Reeleito como o deputado federal mais votado no Rio de Janeiro, com 464 mil votos, o polêmico Jair Bolsonaro (PP), ex-capitão do Exército, diz que será a candidato à Presidência em 2018 como “representante da direita”. “Sou de direita mesmo e não tenho vergonha de dizer. Vou disputar o Planalto. Se meu partido não me apoiar, mudo de legenda para concorrer”, afirma.

    Ele defende a redução da maioridade penal, a flexibilização das leis trabalhistas, alterações no Bolsa Família, defesa de trabalhos forçados para presidiários. Para ele, existe um claro eleitorado que não aprova o governo petista. É atrás desse eleitor que Bolsonaro vai partir. “A maioria dos eleitores que votou no Aécio Neves fez isso por ser antipetista. Inclusive, eu. Quero ser essa alternativa”, disse.

    Bolsonaro diz ter muitas propostas para apresentar ao eleitorado brasileiro e minimiza as críticas.“Podem me chamar de maluco, de homofóbico. Mas eu tenho propostas. Se tivesse sido candidato, não teria dado sossego para a presidente Dilma nos debates e não darei para o Lula se ele for o candidato em 2018", afirma.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 31.10.2014 | Autor: Pedro Marinho

    PSDB apela e quer recontagem de votos





    Partido do candidato derrotado Aécio Neves entrou nesta quinta (30) no Tribunal Superior Eleitoral com um pedido de "auditoria especial" no resultado das eleições; ação, assinada pelo deputado Carlos Sampaio (SP), pede que seja autorizada a criação de uma comissão formada por técnicos indicados pelos partidos políticos para a fiscalização dos sistemas de todo o processo eleitoral; "Nas redes sociais os cidadãos brasileiros vêm expressando, de forma clara e objetiva, a descrença quanto à confiabilidade da apuração dos votos e a infalibilidade da urna eletrônica, baseando-se em denúncias das mais variadas ordens", diz o documento tucano; Dilma Rousseff venceu o pleito do último domingo com 51,64% dos votos contra 48,36% de Aécio; tapetão vai prosperar?


    247 - O PSDB entrou nesta quinta-feira (30) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com um pedido de "auditoria especial" no resultado das eleições. A ação, assinada pelo coordenador Jurídico Nacional do PSDB, deputado Carlos Sampaio (SP), pede que seja autorizada a criação de uma comissão formada por técnicos indicados pelos partidos políticos para a fiscalização dos sistemas de todo o processo eleitoral.

    O PSDB argumenta que não coloca em dúvida a lisura da apuração e o trabalho do TSE, mas justifica que, depois de anunciada a vitória da petista, surgiu, especialmente nas redes sociais, "uma somatória de denúncias e desconfianças por parte da população brasileira".

    Sampaio afirmou que não se trata de recontagem dos votos, mas de uma medida para evitar que teorias de que houve fraude no processo continuem sendo alimentadas e colocando em xeque a postura adequada da Justiça Eleitoral.

    "Nas redes sociais os cidadãos brasileiros vêm expressando, de forma clara e objetiva, a descrença quanto à confiabilidade da apuração dos votos e a infalibilidade da urna eletrônica, baseando-se em denúncias das mais variadas ordens, que se multiplicaram após o encerramento do processo de votação, colocando em dúvida desde o processo de votação até a totalização do resultado", diz o texto.

    No documento, o tucano alega que a diferença entre três horas entre o encerramento da votação no Acre e os demais Estados que seguem o horário de Brasília e a margem apertada de diferença "são elementos que acabaram por fomentar, ainda mais, as desconfianças que imperam no seio da sociedade brasileira". A ação afirma que o intuito da auditoria é "dissipar quaisquer dúvidas sobre a intervenção de terceiros na regularidade do processo de votação e apuração dos votos".

    O PSDB aponta ao TSE que as suspeitas ganharam tamanha dimensão que até uma petição virtual para se exigir uma conferência do resultado eleitoral já está disponível na internet com apoio de 60 mil assinaturas e que foi encaminhada ao senador Aécio Neves (PSDB), segundo colocado na disputa eleitoral.

    O partido requer a análise de cópia dos boletins de urna de todas as sessões eleitorais do país, documentos, impressos ou manuscritos gerados em todas as sessões eleitorais do país; cópia dos arquivos eletrônicos que compõem a memória de resultados obtidas a partir dos dados fornecidos por cada seção eleitoral; arquivos eletrônicos detalhados, originais e completos, correspondentes à transmissão e ao recebimento de todos os dados de apuração; entre outros


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 31.10.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Depois de derrota de Cássio, Vereador de JP quer deixar o PSDB




    Vereador de JP reafirma apoio a Cartaxo e diz que tem que acompanhar a mudança | |
    Passada as eleições estaduais, os políticos já começaram a fazer novas contas. Desta vez para as eleições municipais de 2016. Em João Pessoa, o vereador Dr. Luis Flávio (PSDB) não esconde dos mais íntimos que estuda a possibilidade de ‘bater asas’ do ninho tucano e pousar em outro partido.

    “Com a derrota a nível estadual perdemos um pouco de nosso potencial político”, avaliou o vereador a realidade do PSDB, partido que está filiado a mais de 17 anos.

    Reafirmando apoio ao prefeito Luciano Cartaxo (PT), Luís Flávio começou a fazer as contas de legendas e projetar alianças e, por isso, contempla a saída do seu partido como um escape para ‘sobrevivência’ eleitoral.

    “A vida precisa, aqui acolá, a gente refletir para poder acompanhar os tempos de mudanças e assim não ser atropelado pelo processo de mudança”, disse o vereador.

     


    Écliton Monteiro – MaisPB


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 31.10.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Funcionários festejam vitória de Ricardo no Hospital de Trauma de CG, com direito a bolo personalizado




    Confraternização foi organizada por servidores; diretor encara com normalidade | |
    EXCLUSIVO: Funcionários do Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga, em Campina Grande, comemoraram na manhã desta quinta-feira (30) a vitória e a reeleição do governador Ricardo Coutinho, em confraternização numa das salas da unidade de saúde usadas para lanches dos servidores.

    A festinha teve direito até a bolo personalizado (foto) com desenhos de girassol e o número 40, da candidatura do governador do PSB, bem ao centro.

    O evento foi confirmado ao Portal MaisPB pelo diretor geral do Hospital, o médico Geraldo Medeiros, que encarou o fato com normalidade.

    “Faz parte do congraçamento”, simplificou Geraldo em contato com o MaisPB, deixando claro que o bolo foi custeado pelos próprios servidores.

    Maior da Paraíba - Administrado por Medeiros desde sua inauguração, O Hospital de Trauma de Campina Grande é o maior da Paraíba com 1.856 servidores, 22 mil metros quadrados de área construída e 302 leitos. Custa mensalmente aos cofres do Estado R$ 8 milhões.

    MaisPB

     


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 31.10.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Rosilene se articula para retornar à FPF




    A informação foi apurada pelo Portal Voz da Torcida

    Desde abril de 2014, a presidência da Federação Paraibana de Futebol (FPF) é governada por uma junta administrativa, após o afastamento de Rosilene Gomes, por meio de decisão judicial. No entanto, após mais de 24 anos no poder da federação, Rosilene pretende retornar à presidência da entidade.

    A ex-presidente manifestou seu interesse em contato com o Portal Voz da Torcida, na tarde dessa quarta-feira (29). ‘O que eu posso garantir é que tanto posso apoiar (uma das candidaturas postas) como posso ser candidata’, revelou Rosilene.

    Ainda de acordo com a apuração do portal, caso não se candidate, ela deverá indicar o ex-vereador pessoense Amadeu Rodrigues Júnior e a advogada Maria do Socorro Lula Leite, assessora jurídica da FPF, para a presidência e vice-presidência, respectivamente, da Federação.

    Pleito


    A FPF, através da Junta, marcou as eleições para o dia 12 de dezembro desse ano. Além da ex-presidente, outros nomes já demonstraram interesse no cargo de presidente da federação. Se todos conseguirem lançar chapa, será um número recorde de inscrições.

    Confira os nomes:

    João Máximo (atual interventor da FPF); Rômulo Leal (ex-presidente do Campinense); Josivaldo Alves (presidente do Conselho Deliberativo do CSP); Ariano Wanderley (atual interventor da FPF); Klécius Gomes (ex-presidente do Auto Esporte); e Nosman Barreiros (presidente do Cruzeiro-PB).

    Da Redação
    WSCOM Online


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 31.10.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Ricardo estima bancada com 16 deputados; almoço na Granja reuniu 13 parlamentares




    Ausências dos dois deputados do PT e de membro do PMDB foram sentidas na reunião.

    O governador Ricardo Coutinho (PSB) promoveu a primeira grande reunião com aqueles que deverão compor a bancada do Governo na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), na próxima legislatura, que se iniciará a partir de 31 de janeiro. O encontro foi celebrado em um almoço de confraternização, na Granja Santana, no início da tarde desta quinta-feira (30). Ao todo, 12 parlamentares titulares eleitos e um suplente compareceram ao evento.

    As ausências foram a dos deputados que compõem a bancada do PT, Frei Anastácio e Anísio Maia, que justificaram o não comparecimento por motivo de viagem e a do peemedebista Raniery Paulino. Este último, inclusive, concedeu entrevista nesta quinta-feira e informou que pretenderá continuar na bancada de oposição ao Governo e que “não se sente confortável para conviver com o grupo” do governador Ricardo Coutinho.

    Um dos presentes a reunião foi o suplente de deputado Hervázio Bezerra (PSB), ex-líder do Governo na ALPB. Em entrevista à Rádio Correio FM, ele alegou que a bancada de situação está estimada em 16 parlamentares, contando com a possibilidade de que Raniery Paulino passe a integrar o grupo nos próximos dias.

    E complementou: “Tivemos as ausências [no almoço] justificadas do Frei Anastácio e Anísio Maia e a do deputado Raniery Paulino, que se manteve equidistante, é de conhecimento público isso, mas que tem um bom relacionamento com todos nós que integramos a base do Governo e, obviamente, que estamos conversando para a chegada do deputado Raniery, que é um grande quadro”, afirmou.

    Almoço
    Hervázio Bezerra não entrou em muitos detalhes sobre o que foi discutido durante o almoço. Ele revelou apenas que o governador pediu a união da bancada, pois, “sabe o que passou nos últimos quatro anos em que teve minoria na Assembleia Legislativa”, sobretudo, na dificuldade para a aprovação de matérias polêmicas.

    O parlamentar socialista também jurou que a sucessão da Mesa Diretora da ALPB não entrou em pauta na reunião entre o governador e os deputados estaduais. “Quem tem prazo, não pode ter pressa. Temos mais de 90 dias para a escolha da nova Mesa Diretora”, disse.

    Segundo ele, a única coisa que o governador e que os deputados da bancada governista sabem sobre a eleição da Mesa Diretora é o que a imprensa tem especulado. “A imprensa vem especulando alguns nomes. Mas, o que sabemos é que os 36 têm condições de serem candidatos”, despistou.

    Estiveram no almoço os deputados eleitos Estela Bezerra (PSB), Adriano Galdino (PSB), Lindolfo Pires (Democratas), Ricardo Barbosa (PSB), Jeová Campos (PSB), Buba Germano (PSB), Tião Gomes (PSL), Doda de Tião (PTB), Gervásio Maia (PMDB), Inácio Falcão (PTdoB), João Bosco Carneiro (PSL), Zé Paulo (PCdoB) e Nabor Wanderley (PMDB), além do suplente Hervázio Bezerra (PSB).

    Ângelo Medeiros
    WSCOM Online


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.10.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Advogado de Youssef confirma armação da Veja




    O crime eleitoral cometido pela revista Veja, que pertence a Giancarlo Civita e é comandada pelo executivo Fábio Barbosa e pelo jornalista Eurípedes Alcântara (à dir.), foi confirmado, nesta quinta-feira, por reportagem do jornal Valor Econômico, pelo próprio advogado Antônio Figueiredo Basto, que defende o doleiro Alberto Youssef; reportagem da semana passada diz que Youssef afirmou que "Lula e Dilma sabiam de tudo"; eis, no entanto, o que aponta Figueiredo Basto: "Não houve depoimento no âmbito da delação premiada. Isso é mentira. Desafio qualquer um a provar que houve oitiva da delação premiada"; caso está nas mãos de Teori Zavascki, ministro do STF, que pode obrigar Veja desta semana a circular com direito de resposta; atentado à democracia envergonha o jornalismo


    247 - A situação da revista Veja e da Editora Abril, que atingiu o fundo do poço da credibilidade no último fim de semana, com a capa criminosa contra a presidente Dilma Rousseff, acusada sem provas pela publicação, pode se tornar ainda mais grave.

    Reportagem do jornal Valor Econômico, publicada nesta quinta-feira, revela algo escandaloso: o "depoimento" do doleiro Alberto Youssef que ancora a chamada "Eles sabiam de tudo", sobre Lula e Dilma, simplesmente não existiu.

    Foi uma invenção de Veja, que atentou contra a democracia, tirou cerca de 3 milhões de votos da presidente Dilma Rousseff e, por pouco, não mudou o resultado da disputa presidencial, ferindo a soberania popular do eleitor brasileiro.

    Quem afirma que o depoimento não existiu é ninguém menos que o advogado Antônio Figureido Basto, que representa o doleiro. "Nesse dia não houve depoimento no âmbito da delação. Isso é mentira. Desafio qualquer um a provar que houve oitiva da delação premiada na quarta-feira", disse ele.

    Basto também nega uma versão pró-Veja que começou a circular após as eleições – a de que Youssef teria feito um depoimento e depois retificado. "Não houve retificação alguma. Ou a fonte da matéria mentiu ou isso é má-fé mesmo", acusa o defensor de Youssef.

    Com isso, a situação de Veja torna-se delicadíssima. No fim de semana, a publicação passou por uma das maiores humilhações de sua história, ao ser obrigada a publicar um direito de resposta contra um candidato – no caso, a presidente Dilma Rousseff – em pleno dia de votação.

    Agora, a revista pode ser condenada a circular neste próximo fim de semana com uma capa e páginas internas, também com direito de resposta. A decisão está nas mãos do ministro Teori Zavascki, que pode decidir monocraticamente – ou levar a questão ao plenário do Supremo Tribunal Federal. Mas mesmo no plenário Veja tende a perder. Afinal, como os ministros justificariam o direito de informar uma mentira, com claras finalidades eleitorais e antidemocráticas?

    Veja cometeu um atentado contra a democracia brasileira, que envergonha o jornalismo, e este crime é apontado pelo próprio advogado do doleiro Youssef. Os responsáveis diretos são: Giancarlo Civita, controlador da Abril, Fábio Barbosa, presidente da empresa, e Eurípedes Alcântara, diretor de Redação de Veja.

    Abaixo, reportagem do Valor Econômico sobre o caso:

    Advogado de Youssef nega participação em ‘divulgação distorcida‘

    Por André Guilherme Vieira | De São Paulo
    O advogado que representa Alberto Youssef, Antonio Figueiredo Basto, negou envolvimento na divulgação de informações que teriam sido prestadas pelo doleiro no âmbito da delação premiada, sobre o conhecimento de suposto esquema de corrupção na Petrobras pela presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) e pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Asseguro que eu e minha equipe não tivemos nenhuma participação nessa divulgação distorcida", afirmou ao Valor Pro. A informação de que Dilma e Lula sabiam da corrupção na Petrobras foi divulgada na sexta-feira passada pela revista "Veja".

    No mesmo dia, o superintendente da Polícia Federal (PF) no Paraná, delegado Rosalvo Ferreira Franco, determinou abertura de inquérito para apurar "o acesso de terceiros" ao conteúdo do depoimento prestado por Youssef a delegados da PF e a procuradores da República.

    "Acho mesmo que isso tem que ser investigado. Queremos uma apuração rigorosa", garante Basto, que já integrou o conselho da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar). "Eu não tenho nenhuma relação com o PSDB. Me desliguei em 2002 do conselho da Sanepar [controlada pelo governo do Estado]. Não tenho vínculo partidário e nem pretendo ter. Nem com PSDB, nem com PT, nem com partido algum", afirma. O Paraná é governado por Beto Richa desde janeiro de 2011. Ele foi reconduzido ao cargo no primeiro turno da eleição deste ano.

    A reportagem menciona que a declaração de Youssef teria ocorrido no dia 22 de outubro. "Nesse dia não houve depoimento no âmbito da delação. Isso é mentira. Desafio qualquer um a provar que houve oitiva da delação premiada na quarta-feira", afirma, irritado, Basto. O advogado diz ser falsa a informação de que o depoimento teria ocorrido na quarta-feira para que fosse feito um "aditamento" ou retificação sobre o que o doleiro afirmara no dia anterior: "Não houve retificação alguma. Ou a fonte da matéria mentiu ou isso é má-fé mesmo", acusa o defensor de Youssef.

    Iniciadas no final de setembro, as declarações de Youssef que compõem seu termo de delação premiada são acompanhadas pelo advogado Tracy Joseph Reinaldet dos Santos, que atua conjuntamente com Basto.

    O Valor PRO apurou que o alvo principal da operação Lava-Jato disse em conversas informais com advogados e investigadores, que pessoalmente considerava "muito difícil" que o presidente da República não tivesse conhecimento de um esquema que desviaria bilhões de reais da Petrobras para abastecer caixa dois de partidos e favorecer empreiteiras.

    "Todo mundo lá em cima sabia", teria dito o doleiro, sem, no entanto, citar nomes ou apresentar provas.

    O esquema de corrupção na diretoria de Abastecimento da Petrobras teria começado em 2005, segundo a investigação e o interrogatório à Justiça Federal do ex-diretor de Abastecimento da petrolífera, Paulo Roberto Costa. Era o segundo ano do primeiro mandato do então presidente Lula. Dilma foi nomeada ministra de Minas e Energia em 2003.

    Segundo a versão de Costa à Justiça, Lula teria cedido à pressão partidária para nomeá-lo diretor da Petrobras, sob risco de ter a governabilidade ameaçada pelo trancamento da pauta do Congresso. "Mesmo que essa declaração do Paulo Roberto [Costa] seja fato e que a comprovemos nos autos, qual é o crime que existe nisso?", questiona um dos investigadores da Lava-Jato. "Uma coisa é a atividade política. Outra é eventual crime dela decorrente. Toda a delação de Costa e outras que venham a ocorrer serão submetidas ao crivo do inquérito policial e da devida investigação", esclarece.

    A PF também instaurou inquérito para apurar supostos vazamentos da delação premiada de Costa.

    Investigações sobre vazamentos podem resultar em processo penal. No dia 21 deste mês, o deputado federal Protógenes Queiroz (PC do B-SP) foi condenado pela 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) por violação de sigilo funcional qualificada. Queiroz, que é delegado da PF, foi responsabilizado por "vazar" informações da operação Satiagraha, deflagrada em São Paulo em 2008.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.10.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Multa de trânsito fica até 900% mais cara a partir de sábado




    Se o motorista for reincidente no período de até 12 meses, será aplicada uma multa com o dobro do valor multiplicado
    Foto: Divulgação
    A partir deste sábado, motoristas que infringirem as leis de trânsito sentirão um gosto mais amargo no bolso. Isso porque o valor das multas será reajustado em até 900%, de acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). O aumento está previsto na Lei 12.971, que altera 11 artigos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) – a maioria se refere a ultrapassagens.

    O valor da multa por uma ultrapassagem em local proibido, considerada infração gravíssima, vai saltar de R$ 191,54 para R$ 1.915,40, uma alta de 900%. Com a vigência da Lei 12.971, o artigo 191 prevê a aplicação de multa 10 vezes o valor da gravíssima e a suspensão do direito de dirigir.

    O Denatran também alerta que, se houver reincidência no período de até 12 meses, será aplicada uma multa com o dobro do valor multiplicado, atingindo R$ 3.830,80.

    De acordo com o órgão, o objetivo das mudanças é aumentar a segurança dos motoristas e pedestres, e incentivar a condução de forma segura.

     

    Terra


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.10.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Governador reúne deputados da base em almoço na Granja Santana para afinar bancada; Confira lista




     

    Tweet Granja Santana, onde será realizada a reunião com a bancadaO governador Ricardo Coutinho está reunindo nesta quinta-feira (30),para um almoço na Granja Santana, os deputados da sua base para afinar a bancada na nova legislatura. Estaão presentes 15 deputados da nova gestão, além da deputada Gilma Germano e do suplente HErvázio Bezerra, ex-líder do governo na Assembleia Legislativa (ALPB).

    Para Lindolfo, maior desafio de RC é ser ‘melhor que no primeiro mandato’ e destaca que alianças trazem perspectiva positivaRC e mais 10 governadores terão minoria nas Assembleias Legislativas; confira listaEstarão presente no almoço os deputados Ricardo Barbosa (PSB), Buba Germano (PSB), Estela Bezerra (PSB), Jeová Campos (PSB), Adriano Galdino (PSB), Lindolfo Pires (DEM), Gervásio Maia (PMDB), Nabor Wanderley (PMDB), Doda de Tião (PTB), Inácio Falcão (PTdoB), Tião Gomes (PSL), João Bosco (PSL), Anísio Maia (PT), Frei Anastácio (PT) e Zé Paulo (PCdoB).

    Também estarão presentes o secretário de Comunicação do Estado, Luis Torres, e o secretário executivo da comunicação, Célio Alves, além do secretário de Infra-estrutura Efraim Morais.

     

    Paulo Dantas com informações de Adelton Alves

    Paraiba.com.br


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.10.2014 | Autor: Pedro Marinho

    MPF consegue condenação de Jota Júnior por desvio de verbas da merenda escolar




     

    Improbidades ocorreram na aplicação dos recursos federais do Programa Nacional de Alimentação Escolar repassados ao município em 2006 e 2007

    Em ação de improbidade movida pelo Ministério Público Federal (MPF) na Paraíba, a Justiça Federal condenou o ex-prefeito de Bayeux (PB), Josival Júnior de Souza (Jota Júnior) por irregularidades na aplicação de recursos federais do Programa Nacional de Alimentação Escolar para Ensino Fundamental e Creche (Pnae/Pnac), repassados ao município em 2006 e 2007. As ilicitudes geraram dano ao erário no valor de R$ 72.242,05 que o ex-prefeito condenado terá que restituir ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) acrescido de juros e atualização monetária.
    Durante o curso das investigações em inquérito civil público no Ministério Público Federal, verificou-se que as contas do Pnae/Pnac, referentes aos exercícios 2006 e 2007, haviam sido aprovadas parcialmente nos valores de R$ 477.862,32 e R$ 533.765,97, sendo impugnados os valores de R$ 39.902,58 e R$ 32.339,47, respectivamente.

    Dentre as irregularidades apontadas pelo FNDE estão a aquisição de produtos não distribuídos às escolas, aquisição de produtos por valores maiores que os licitados, não aplicação dos recursos no mercado financeiro, realização de nova licitação no período de validade da anterior, aquisição de gêneros alimentícios sem licitação, notas fiscais emitidas fora da sequência numérica, documentação comprobatória das despesas realizadas sem identificação do programa, notas fiscais originais sem registro de "atesto" da entrega e recebimento das mercadorias e movimentações indevidas nas contas específicas do programa.

    Monstruosidade - Na sentença, a Justiça destacou que as improbidades detectadas excedem o âmbito de meras irregularidades ou ilegalidades. “São desvios e anormalidades. Desvios de recursos destinados a escolas e a crianças são monstruosidades a merecer pronto combate e reparação educativa. Não são meras irregularidades, repita-se”, enfatizou a sentença.

    Além do ressarcimento, a Justiça Federal proibiu o ex-prefeito de Bayeux de contratar com o poder público e de receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios por cinco anos e condenou-o a ter os direitos políticos suspensos por cinco anos, contados do trânsito em julgado. Cabe recurso da sentença.

     


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 30.10.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Papo d‘ Esquina


     


    RICARDO COUTINHO, DIZ QUE A PREFEITURA DE CAMPINA GRANDE PASSA POR EM DIFICULDADES FINANCEIRAS

    Logo após a sua vitória, entrevistado no Programa Conexão Master, sob o comando de Alex Filho, o governador Ricardo Coutinho falou sobre diversos temas, mais um de suas falas chamou a atenção dos telespectadores, quando o mesmo afirmou que nem precisou usar o fato durante a campanha, mas alertou que a Prefeitura de Campina Grande contratou tanta gente nos últimos tempos que sequer pode tocar as suas obras e os credores se negam a fazer novos negócios com aquela prefeitura. O mesmo deu dois exemplos, a Avenida João Suassuna que o estado tentou fazer e foi impedido e que se encontra totalmente parada e a parte de dragagem do Parque Bodogongó, já que o restante vem sendo tocado normalmente pelo estado. Será meu Deus, Será?

    RICARDO COUTINHO GANHOU EM 47 BAIRROS DE JOÃO PESSOA, PERDENDO APENAS NO ROGER E CÁSSIO GANHOU EM 48 BAIRROS DE CAMPINA GRANDE

    O Jornal da Paraíba trouxe ontem em suas paginas, os resultados apurados em 48 bairros tanto da cidade João Pessoa bem como na cidade de Campina Grande. Na cidade de Campina Grande Cássio Cunha Lima ganhou em todos os bairros relacionados, sendo que onde Ricardo Coutinho esteve mais perto foi no Mutirão do Serrotão, onde Cássio obteve 1.291 e Ricardo Coutinho 1.251 votos. Já em João Pessoa dos 48 bairros pesquisados, Ricardo perdeu apenas no Bairro do Roger, com uma diferença de 35 votos. O bairro onde RC mais se destacou foi no Cristo Redentor, onde conseguiu no segundo turno 14.259 votos contra 7.725 obtidos por Cássio.


    JOÃO GONÇALVES AINDA NÃO DESCEU DO MURO

    Por conta de disputa acirrada para o governo do estado, o deputado João Gonçalves, espertamente alegou que estaria seguindo orientações do seu eleitorado, revelando que iria ficar neutro e só revelaria o seu candidato no segundo turno o que não fez até a abertura das urnas, temendo em apoiar o candidato A e se eleger o B. Como o mesmo adora os tapetes vermelhos do Palácio da Redenção e tem lugar cativo como papagaio de pirata de tudo que é foto do governador, com o final do pleito e se sabendo quem foi o escolhido pelos paraibanos, já, já, o dito cujo vai começar a aparecer nas fotos governamentais. É só aguardar.

    O RESULTADO DAS PESQUISAS

    As pesquisas na Paraíba sempre foram muito questionadas e até desmoralizadas quando da abertura das urnas. Este ano duas delas contratadas por dois veículos de comunicação do nosso estado, mais uma vez erraram e erraram feio, induzindo o eleitor de que Cássio Cunha Lima seria eleito no primeiro turno e com uma vantagem bem elástica, tentando assim desmotivar o eleitor e a militância de Ricardo Coutinho e consequentemente produzir efeito contrário do outro lado, tendo um deles sido multado cerca de oito vezes pelo TRE. A bem da verdade pelo menos desta feita dois institutos se saíram muito bem, um deles que acertou em cheio foi o 6Sigma no primeiro turno e o Ibope que andou perto no primeiro e segundo turno, se reabilitando de insucessos de pleitos passados.


    MARANHÃO NO GOVERNO E NILDA GONDIM NO SENADO

    No seio do PMDB já existe um grupo defendendo que José Maranhão pela sua seriedade e experiência, seja guindado a um importante cargo na estrutura federal, cedendo espaço assim para sua primeira suplente Nilda Gondim, que faria uma dobradinha mãe e filho Vitalzinho no Senado e ainda teria na Casa de Leis no prédio vizinho a Câmara Federal, o filho Veneziano Vital do Rego. Seria verdadeiramente um trio realmente parada dura.

    VENEZIANO NÃO QUER QUE O PMDB PERDOE AS TRAIÇÕES DO ÚLTIMO PLEITO


    Por falar em Veneziano, já prevendo o que poderá acontecer no pleito municipal de 2016, o deputado federal eleito Veneziano Vital do Rêgo (PMD-PB), disse que o partido vai se posicionar e tomar uma decisão sobre os peemedebistas que traíram a legenda no pleito deste ano. Segundo Veneziano, que provavelmente disputará novamente a Prefeitura de Campina Grande, na sua visão, esta é uma realidade que o partido não pode esconder e a posição tomada por muitos peemedebistas é vista com preocupação, considerando o futuro da legenda para as próximas eleições estaduais e nacionais. “Não faremos ‘caça as bruxas’, mas não podemos varrer para debaixo do tapete as traições, não dá para esconder essa realidade vivenciada nestas eleições pelo PMDB paraibano”.

    TIÃO GOMES QUER PRESIDIR A ASSEMBLEIA

    Mesmo tendo nomes de peso na base do governo, como Estela Bezerra, Ricardo Barbosa, Adriano Galdino, Buba Germano, Gervásio Maia, Lindolfo Pires, dentre outros, o deputado veterano e presidente do PSL Tião Gomes, decidiu entrar na briga pela presidência da Assembleia Legislativa. Se depender de fidelidade ao governador Ricardo Coutinho o deputado Tião já pode até comprar o paletó para a sua posse como presidente. Por falar em fidelidade, outro bem colocado aos olhos do governador e que também se mostrou bem seguro e fiel e que pode ser o líder na Assembleia é Ricardo Barbosa, que é bom de briga e defende bem as causas em que se envolve.

    ARACILBA ROCHA SUMIU

    Por falar em Ricardo Barbosa a ex-secretária de Finanças Aracilba Rocha, durante a campanha deixou o governo e mesmo sem apresentar um único documento, saiu atirando dizendo que havia irregularidades financeiras na Suplan, órgão de execução das obras do governo, dirigido durante toda a gestão exatamente pelo agora deputado estadual Ricardo Barbosa. O fato é que a mesma deveria ter sido ouvida ontem na Assembleia sobre a sua denúncia, mas enviou recado que estaria descansando no exterior e, portanto impedida de comparecer a convocação. Teria mesmo Aracilba algo a dizer aos nossos deputados, ou tudo não passou apenas de um factóide politiqueiro?

    O PRECONCEITO CONTRA OS NORDESTINOS

    De vez em quanto por um fato ou outro, aparecem nas redes sociais e até na imprensa verdadeiras campanhas agressivas e criminosas contra os nordestinos. Desta feita a revolta de alguns preconceituosos e desinformados como o jornalista Diego Mainardi, ocorreu em razão da votação da presidente Dilma Roussef no último pleito. Tais pessoas além de preconceituosas são também, desinformadas, pois enquanto o Nordeste deu 24.568.663 votos para Dilma, Sul e Sudeste deram 26.627.802 votos.

    TATIANA MEDEIROS DESISTE DE OUTRAS DISPUTAS ELEITORAIS E PODE OCUPAR CARGO NO GOVERNO

    Após obter no último pleito apenas 11.568 votos para deputada estadual, a médica Tatiana Medeiros, que em 2012 disputou a Prefeitura de Campina Grande apoiada por Veneziano Vital, revelou a imprensa que não pretende mais fazer novas incursões na seara política. Tatiana Medeiros que foi uma das primeiras peemedebistas aderir a candidatura de Ricardo Coutinho é forte candidata a uma vaga na futura equipe de governo de RC.

    O PÉSSIMO SERVIÇO DA NET

    O cidadão que desejar perder o juízo e a paciência é só assinar uma prestação de serviço com a NET – Internet Banda Larga, que há dias vem martirizando os seus usuários com constantes oscilações, interrupções e quedas na rede, atrapalhando e fazendo muitos perderem os serviços que executam. O pior é que o cliente telefona
    Para o SAC da referida empresa e escuta a mesma cantilena que o sistema se encontra em manutenção. Chegará o dia em que a população brasileira será respeitada?

    O SHOW DE CRISTOVAM TADEU

    O nosso multimídia e consagrado humorista Cristovam Tadeu, com nome projetado nacionalmente, vai realizar hoje as 17 horas, o show ‘Risopontocom’ em homenagem ao ‘Dia do Servidor’ . O evento será no auditório da Sede da Justiça Federal no Bairro de Brisamar. Realmente imperdível

    BADER MASSUD – ‘DUELA A QUIÉN DUELA’

    O sempre atento amigo Bader Massud, que já foi prefeito e conselheiro do Tribunal de Contas de Rondônia, não se nega a expor suas ideias e criticas nas redes sociais. A seguir mais uma de Bader: ‘Está mais que na hora dos pombos começarem a falar dos problemas do Brasil real que os mais de 51 milhões de votos do Aécio afirmaram que não aguentam mais e que a reeleição não resolve para a metade da população que votou contra a indignidade. A começar pelo Pizollato que vai cumprir sua pena totalmente em liberdade na Itália e sem devolver os 70 milhões que o STF diz ter sido surrupiado do banco do Brasil no mensalão. E fica a pergunta: como ficam as juras de combater a corrupção "Duela a quién duela"?

     

    Esta coluna é publicada no http:/www.blogdopedromarinho.com e em quatro portais.
     


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários


ver mais antigas