Estatisticas do blog

No momento, 11 usuário(s) está(ão) lendo este blog. No total, 2280019 pessoas visitaram esta página.

Clima tempo

Twitter

Publicidade

  • 24.07.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Primo do goleiro Bruno revela onde está enterrado o corpo de Eliza Samudio





    Quatro anos após seu sumiço, parece que o mistério sobre o corpo de Eliza Samudio está perto do fim. Em entrevista para a Rádio Tupi, o primo do goleiro Bruno, Jorge Rosa Sales, de 21 anos, deu detalhes de como a amante do ex-capitão do Flamengo foi morta em junho de 2010 e afirmou que ela está enterrada num terreno próximo ao Aeroporto Internacional de Confins, em Belo Horizonte.


    "Ela (Eliza Samudio) foi assassinada e enrolada num lençol e colocada num saco preto, e levada para uma chácara próximo ao aeroporto de Belo Horizonte. Tiramos ela dentro do porta-malas do carro e no local já tinha um buraco bem fundo feito com uma retroescavadeira. Quando chegamos, o buraco já estava pronto. Ela está enterrada lá".


    De acordo com Jorge, diferente do que foi relatado no início do caso, Eliza teve somente sua mão cortada pelo ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, enquanto era asfixiada por Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão.


    "Nesse dia estávamos eu, Macarrão, a criança (Bruninho) e o Bola. Ele (Bola) tirou um pedaço da mão mesmo. Ela foi cortada com uma faca de açougue. O macarrão a segurou ela e o Bola cortou a mão. Ela está enterrada com o corpo inteiro", disse Jorge, afirmando que o crime aconteceu na casa do ex-policial.


    O primo do ex-goleiro do Flamengo afirmou que Bruninho, na época com apenas quatro meses, presenciou o assassinato da mãe. "A criança parecia que estava sentindo. Eu estava segurando a criança e ela chorando, vendo tudo. Depois que ela estava morta, o Macarrão perguntou onde iria colocar ela. Depois nós saímos dali e fomos até o local onde ela está. Tiramos ela dentro do porta-malas do carro. No local já tinha um buraco bem fundo feito com uma retroescavadeira. Quando chegamos o buraco já estava pronto".



    Primo do goleiro disse que Eliza teve mão cortada pelo ex-policial Bola
    Foto: Reprodução Internet


    Jorge acredita que o goleiro Bruno não sabia que Eliza Samudio seria morta. "Antes da morte dela, estávamos no sítio eu, Bruno, Dayane (ex-esposa do goleiro), a família toda. O Bruno disse para colocar as malas da Eliza no carro que ela iria para o hotel. No carro, o Macarrão mudou o trajeto e a levou para a casa do Bola".


    Primo do Bruno, que na época do crime era menor de idade, confessou ter participado do sequestro de Eliza no Rio de Janeiro. "A única participação que eu tive foi no sequestro dela aqui no Rio. Ela ligou para o Macarrão pedindo para o Bruno levar um negócio para ela. Quando ela entrou no carro, eu a rendi. Quando ela viu que eu puxei o revólver, ela entrou em desespero".


    Ainda de acordo com Jorge, no dia seguinte, Bruno questionou o motivo de Eliza estar machucada em sua casa. E que depois de uma conversa particular entre o goleiro e Macarrão, foi decidido que eles viajariam para Minas Gerais com Eliza.


    "O Bruno não sabia de nada. Não é porque é meu primo, pois isso nao vai mudar a condenação dele. Ele só soube (do sequestro) disso quando ele a viu machucada no dia seguinte. Ele ficou doido, perguntando o que ela estava fazendo lá. O Bruno questionou o que iria fazer com ela, foi quando o Macarrão disse: 'não vai ter mais jeito'. Depois eles foram para o escritório do Bruno e conversaram. Em seguida, o Macarrão voltou falando que a gente iria viajar".


    Jorge explicou o motivo de ter mudado sua versão diversas vezes desde o início do caso. "Foi muita pressão. Eu inventava, pois falando a verdade eles não iriam me soltar. O meu advogado pedia para eu tentar mudar as coisas, para eu mentir. Eu era menor, não sabia o que era estar preso. Tinha uma delegada (Ana Maria) que ficou muito em cima de mim. Aí eu peguei e fui criando uma história em cima da outra", afirmou.


    Condenado no ano passado, Bruno está preso desde julho de 2010 e cumpre pena de 22 anos e 3 meses de reclusão pela morte de Eliza Samudio, no presídio de Segurança Máxima de Francisco Sá, no norte de Minas Gerais. Bola foi condenado pelo mesmo período, já Macarrão cumpre pena de 15 anos. Fechar [x]
    O Dia Online




    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 24.07.2014 | Autor: Pedro Marinho

    100 mil aposentadorias do INSS terão valor reduzido; correção foi determinada pelo TCU após auditoria




     

    Mais de 100 mil aposentados por tempo de contribuição e também por idade vão ter os valores de seus benefícios do INSS revisados em todo o país. A determinação é do Tribunal de Contas da União (TCU), após ter feito auditoria nos bancos de dados do instituto e constatado irregularidades. Segundo relatório do tribunal, outros mais de 415 mil benefícios apresentaram falta de cadastros, como campos para preenchimento de nome em branco, data de nascimento, nomes de titulares e das mães sem sobrenomes ou abreviados. O INSS tem 180 dias para fazer os acertos.

     


    Os técnicos do TCU se debruçaram sobre um total de 12.532.960 de benefícios. Sendo 8.286.009 aposentadorias por idade e 4.246.951 por tempo de contribuição . O montante representa R$11,9 bilhões na folha do INSS.


    De acordo com o relatório do TCU, foram encontrados 2.305 benefícios com suspeitas de acumulação indevida. Para a equipe da auditoria, as principais causas para a concessão irregular são: falha no sistema, erro do servidor que liberou o benefício, concessão por recurso, divergências de dados cadastrais do segurado e fraude. Mas a concessão ou revisão por meio de decisão judicial é considerada a que mais propicia erros, tendo em vista a baixa segurança do sistema quando benefícios são deferidos ou reativados a pedido Justiça.

     


    Conforme o relatório, boa parte das ocorrências foi provocada por “erro do servidor durante o cadastro para a concessão do benefício, a apresentação de documentação inidônea e a falta de condição dos servidores de atestar a veracidade da documentação”. No texto, no entanto, o tribunal ressalta que as falhas cadastrais não constituem, de imediato, “danos aos cofres previdenciários, mas que elas podem, no futuro, provocar o pagamento de benefícios indevidos, além de dificultar as ações de controle”.

     


    A recomendação do ministro-relator da auditoria, Benjamim Zymler, é para que o INSS adote as devidas medidas corretivas e preventivas.

     


    Já para os casos em que houve ocorrências com o mesmo Número de Inscrição do Trabalhador (NIT) ou CPF por pessoas diferentes, o ministro considerou que “podem gerar prejuízos decorrentes de pagamentos indevidos”. Pelo levantamento, foram encontradas 732 aposentadorias com possível acumulação de mesmo NIT e 11.600 com mesmo CPF do titular.

     


    O TCU encontrou também 45.923 aposentadorias que não têm relação com o banco de dados do CPF. O tribunal verificou ainda existência de 11.628 benefícios de aposentadoria por idade em que os segurados, na data de concessão, não observavam os critérios para recebimento dos benefícios: 60 anos de idade para mulheres e 65 anos para homens.


    Instituto alega que trabalha para melhorar cadastro

    Questionado pelo DIA, o INSS alegou que tem “mantido ações constantes de qualificação da base cadastral, tais como ocorrido no Censo Previdenciário de 2005, além da evolução de seus sistemas, de forma a minimizar a entrada de dados inconsistentes ou ausentes na concessão, revisão ou atualização de benefícios”. Em nota, o instituto salientou que promove, por meio dos bancos, a comprovação de vida dos beneficiários para evitar pagamentos indevidos.


    Para o INSS, “nem todo indício de irregularidade acarreta na suspensão ou cessação do benefício, mas sendo comprovada a irregularidade adotam-se as providencias necessárias para a cobrança de valores recebidos indevidamente, após devido processo legal”.


    O órgão informou que trabalha para o aprimoramento do cadastro dos segurados. “O próprio Tribunal de Contas da União relata que a integridade e confiabilidade das informações no banco de dados de benefícios deste Instituto melhoraram significativamente nos últimos dez anos”, diz um trecho da nota.


    O instituto afirma que a evolução na qualidade da informações pode ser atribuída, entre outros pontos, à modernização da fiscalização da Auditoria-Geral do INSS, e de controle do TCU e CG.

     

    Segundo relatório da auditoria do TCU, boa parte das ocorrências é resultado de “erro do servidor durante cadastro para concessão do benefício”
    Foto: ABr

     


    O Dia Online




    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 24.07.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Coligação ‘Força do Trabalho’ acusa PSDB de comprar apoio de prefeitos da Paraíba; PSB garante ter gravação





    A coligação ‘Força do Trabalho’ fez uma denúncia na delegacia da Polícia Federal em Cabedelo no início da tarde desta quinta-feira (24) contra o PSDB, alegando que o partido comprou o apoio de vários prefeitos de municípios paraibanos.

    O coordenador de campanha da coligação, Célio Alves, afirmou durante uma coletiva de imprensa, logo após a formalização da denúncia, que diversos prefeitos que sempre estiveram apoiando o atual governador Ricardo Coutinho (PSB) simplesmente declaram apoio ao PSDB sem qualquer explicação.

    PSB convoca coletiva de imprensa e garante denunciar 'esquema de corrupção eleitoral'Estratégia de Campanha: RC deve investir em comparação de sua gestão com a de Cássio e Maranhão como mote de campanhaA assessoria jurídica afirmou em seguida que o prefeito Cícero Francisco, do município de Caiçara, fez negociações para apoiar a candidatura de Cássio Cunha Lima ao Governo. O jornalista Sales Dantas, se passando por chefe de gabinete do PSDB, se encontrou com o prefeito e obteve provas do crime.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 24.07.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Papo d' Esquina


     QUE TAL IMORTALIZAR ARIANO SUASSUNA NA ESTAÇÃO CIÊNCIA?

    Como o Centro de Convenções localizado no Altiplano, apressadamente recebeu o nome do político Ronaldo Cunha Lima, que já tinha o seu nome gravado num ginásio na capital paraibana, não existe no momento nenhum espaço a altura da importância de Ariano Vilar Suassuna, para que seu nome seja preservado para as gerações futuras. Ariano era filho o ex-presidente da Paraíba João Suassuna e nasceu em 16 de junho de 1927, em Nossa Senhora das Neves, hoje João Pessoa, Capital da Paraíba e depois da morte do pai foi residir com a mãe e irmãos na cidade de Taperoá no Sertão paraibano. Em 1942, mudou-se para Recife. Formado em direito e em filosofia, publicou sua primeira peça teatral, "Uma Mulher Vestido de Sol", aos 20 anos. Entre 1952 e 1956, Suassuna dedicou-se à advocacia, sem abandonar a atividade teatral. São desta época "O Castigo da Soberba" (1953), "O Rico Avarento" (1954) e "O Auto da Compadecida" (1955), peça que o projetou em todo o país e que seria considerada, em 1962, por Sábato Magaldi "o texto mais popular do moderno teatro brasileiro".Membro da ABL (Academia Brasileira de Letras) desde 1989 como sexto ocupante da cadeira nº 32 e doutor honoris causa da Faculdade Federal do Rio Grande do Norte, Ariano é fundador do Teatro Popular do Nordeste e do Movimento de Cultura Popular, além de idealizador do Movimento Armorial. Ele exerceu, entre outros cargos públicos, o de secretário de Cultura de Pernambuco, durante o terceiro governo de Miguel Arraes. Como a Estação Ciência recebe o nome do local onde foi construída, ou seja, ‘Estação Cabo Branco’, não existe nenhum empecilho que seja o nome mudado para Estação Ciência e Artes Escritor Ariano Suassuna. Fica a sugestão para o prefeito Luciano Cartaxo, ou algum vereador de nossa capital. Em tempo: Na sua última visita ao nosso estado para receber a comenda José Américo de Almeida, o evento ocorreu exatamente na Estação Ciência, onde o mesmo também proferiu sua aula-show.

    A IGREJA CATÓLICA O BISPO E OS PADRES QUE BUSCAM MANDATOS

    Mesmo sem mandato, o maior militante político da Diocese é o próprio Dom Aldo Pagotto que já foi a Souza discursar quando da abertura do Canal de Souza no governo de José Maranhão. Nos dois governos de Cássio Cunha Lima não sai dos tapetes do Palácio da Redenção e ficou furioso com os ministros do Supremo quando da cassação do ex-governador. Na gestão de Ricardo Coutinho o mesmo se tornou assíduo no Palácio da Redenção elogiando tudo que acontece na atual gestão. Até em guia eleitoral o mesmo já andou falando e agora mesmo não tendo poderes para tal, solta uma portaria proibindo que padres sejam candidatos. Ora, ora, ora, primeiro é necessário explicar que mesmo sendo denominado ‘Arcebispo da Paraíba’ os poderes de Dom Aldo se resumem a nossa capital, pois o título citado ainda é o tempo que a nossa capital era denominada assim. Para provar que realmente Dom Aldo não manda necas de pitibira são candidatos os padres: Luiz Couto e Padre Júnior, (PT), Frei Anastácio (PT), Padre Cristiano Melo (PSOL) e Padre Gescione (PC do B). Luiz Couto e Frei Anastácio tentam a reeleição de deputado federal e estadual, respectivamente.

    A IGREJA CATÓLICA O BISPO E OS PADRES QUE BUSACAM MANDATOS II

    Mais de oitenta anos passados tal denominação não foi atualizada, o que causa confusão na cabeça das pessoas, pois a rigor Dom Aldo não tem poderes na s Paróquias de Campina Grande, Guarabira, Cajazeiras e outras onde já existem os seus bispos. Quem não se recorda que Dom Aldo ao chegar aqui buscou a mídia e prometeu que não haveria mais casamentos luxuosos na Catedral e Igrejas São Francisco e do Carmo, suas colocações foram apenas midiáticas, pois tais casamentos acontecem nas igrejas citadas todos os dias e o mesmo não solta um pio, ou mesmo um simples muxoxo.

    O PASTOR JUTAHY MENEZES QUE SEMPRE MUDA DE LADO
    Por falar em igreja, tem gente que faz da política um verdadeiro balcão de negócios. O site maispb, publicou oportuna reportagem sobre o vai e vem do pastor Jutahy Meneze, da Igreja Universal, que sempre arruma um jeito de se colocar próximo ao poder. O Partido Republicano Brasileiro (PRB), que é comandado na Paraíba pelo mesmo nos últimos meses protagonizou nos bastidores políticos locais dribles nas principais lideranças locais. Dentre outras coisas saiu no citado site: ‘O citado deputado após romper com o governador Ricardo Coutinho (PSB) "aos 45 minutos do segundo tempo", tendo usufruído de cargos como a Junta Comercial e a secretária da Pesca na Paraíba, o Partido, que representa os interesses da Igreja Universal do Reino de Deus, se agarrou ao projeto do PSDB de Cássio Cunha Lima (PSDB), barganhou uma coligação com maior facilidade para reeleger o seu pastor-candidato e agora demonstra ainda mais habilidade nos bastidores e deixa o tucanato de orelha em pé. A mais nova manobra arquitetada por Pastor Jutahy foi que ele abocanhou uma secretaria na gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PT) e conseguiu emplacar o Pastor Edmilson (PRB) como titular da secretaria de Juventude Esporte e Lazer, oferecendo em troca a oficialização de apoio ao projeto de Lucélio Cartaxo (PT) que disputa o Senado’.Hummmmm é bom Cássio e Luciano Cartaxo, ficarem espertos com o citado pastor, que sempre arruma um jeito para mudar de lado e abocanhar algum cargo.

    A MÁ DISTRIBUIÇÃO DOS GUARDAS MUNICIPAIS


    Ao andar pela cidade se verifica pouca presença ou nenhum dos mais de 200 guardas municipais recentemente nomeados pela Prefeitura Municipal, com o propósito de zelar pelo patrimônio público e também ajudar no problema da segurança pública. A ausência dos mesmos é notada nas repartições municipais que inexplicavelmente são fiscalizadas por empresas particulares de vigilância e também nas praças e logradouros públicos onde não aparece nenhum deles. Na nossa periferia os moradores jamais viram um guarda municipal que se agrupam no Parque Sólon de Lucena, na s Praias de Tambaú e Manaíra e principalmente no Ponto de Cem Réis, onde permanecem ali em longos bate papos. Um guarda que pediu para não se identificar, alegou que os mesmos pegam as motocicletas e ficam a circular sem nenhum plano de ação, na sua visão apenas queimando gasolina e perdendo tempo.Será que o titular da pasta que tem experiência policial, mesmo sendo perito aposentado e o coronel que coordena os trabalhos não poderiam empregar melhor tal efetivo?

    O JORNALISTA E ESCRITOR RAMALHO LEITE TOMA POSSE NESTA SEXTA–FEIRA (25) NO INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO PARAIBANO.

     

    Na mesma ocasião, Ramalho Leite lança mais um livro que se somará a outros já incorporados ao mercado editorial de autores paraibanos. O novo livro faz parte das comemorações dos 120 anos de A União, embora com atraso. A obra denominada “A Botija de Camucá”, enfeixa uma série de artigos publicados naquele jornal durante o período em que o autor foi seu diretor superintendente. Dividido em secções que tratam de assuntos do cotidiano, políticos e memórias, o livro inclui ainda um adendo com um depoimento sobre a intervenção do diretório acadêmico Epitácio Pessoa da Faculdade de Direito, durante o regime militar. “Camucá”, explica o autor, era o nome do antigo distrito de Bananeiras, hoje cidade de Borborema, onde nasceu. O titulo do livro é também uma homenagem a esse pequeno distrito, cenário da primeira história da coletânea e mistura personagens reais e fictícios - um pequeno conto baseado em fatos reais.O livro está a venda na Livraria do Luiz, na Galeria Augusto dos Anjos e na Livraria da Academia Paraibana de Letras. Ramalho Leite que é colaborador do blogdopedromarinho, com já tem o seu nome imortalizado na Academia Paraibana de Letras.

     

    REVISTA VEJA CLASSIFICA CÁSSIO COMO FICHA SUJA

    Ainda repercutindo muito, principalmente na Paraíba, matéria da Revista Veja, que se encontra nas bancas. Dentre outros nomes o senador e candidato ao governo da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB) foi alvo da citada da revista em sua versão online. Na matéria, as jornalistas, Laryssa Borges e Marcela Mattos destacaram que o tucano foi alvo de processo e poderia ser enquadrado como ficha-suja, mas com as brechas da lei conseguiria, segundo a reportagem, assim como outros políticos, tentar se manter no poder, em algum cargo público, neste caso, como governador.Confira a publicação: ‘Ex-governador da Paraíba, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) tenta voltar ao posto mesmo após ter sido condenado por abuso de poder político e econômico durante campanha à reeleição. Segundo a Justiça, ele distribuiu 35.000 cheques para eleitores sob o argumento de se tratar de um programa assistencial e promoveu sua candidatura em um jornal oficial. Apesar de ter a candidatura impugnada pelo MP, o senador alega que já cumpriu a pena de três anos e que, mesmo se forem aplicados os oito anos de inelegibilidade, o prazo também já teria se encerrado’.

    WILMAR UCHOA ARAUJO E OS FICHAS-SUJAS


    A propósito de tal assunto, o sempre antenado Wilmar Uchoa Araujo, não se fez de rogado e sapecou: ‘Meu amigo Pedro Manoel Macedo Marinho, nessa terra do "faz de conta", ter o nome incluso no rol dos “fichas sujas" é um STATUS, inclusive impulsiona mais ainda a candidatura do condenado, que fica POSANDO de "vítima de perseguição política".Mas, se um dia, essas "brechas" forem "fechadas", eles inovam, criam, por exemplo, UMA COTA SOCIAL DE MANDATOS PARA OS POBRES FICHAS SUJAS.Infelizmente, no nosso País, a política não aprendeu a sobreviver sem a corrupção”.

    A NOVA AVENIDA JOÃO MACHADO

    A gestão de Luciano Cartaxo vem sendo muito criticada, pois já rumando para completar o seu segundo ano de mandato, com sucessivas substituições dos seus secretários e não se observa nenhuma grande obra a não serem ações pontuais, como por exemplo, a jardinagem da até então esquecida Avenida João Machado, que ressurge agora com moderna iluminação, dando uma visão mais bonita aquela que é uma das mais importantes vias de nossa capital. É preciso que o prefeito não se esqueça da Avenida Trincheiras, que se encontra totalmente na escuridão, mesmo dando acesso aos Bairros de Cruz das Armas, Novaes e Funcionários, sem falar que é saída para o Recife e cidades do nosso interior do estado.


    RICARDO RECEBE APOIO DE 12 VEREADORES DA CAPITAL. SERÁ VERDADE?

    Ontem na Granja Santana o governador recebeu a visita e o apoio de 12 vereadores da bancada do prefeito Luciano Cartaxo. Os edis estiveram na residência oficial acompanhados do candidato ao Senado Lucelio Cartaxo. Foi notado que pelo menos uns oito vereadores da base do prefeito, alegando os mais diversos motivos não compareceram ao evento. É preciso não esquecer também que dentre aqueles que compareceram existem alguns suplentes, que por razões óbvias não têm vontade própria, ou seja, vão para onde o prefeito determinar, portanto RC deve ficar com um pé atrás com relação a esses apoios, principalmente o voto que acontece na solidão da urna.


    MPF DENUNCIA EFRAIM MORAES

    No passado o político Efraim Moraes, quando senador e primeiro secretário do Senado foi acusado da contratação de fantasmas e até a empregar seis sobrinhos no seu gabinete e até de apurar denúncias irregularidades na folha de pessoal do Senado que era da sua alçadas. Tais denúncias como não poderia deixar de ser foram fatias na reeleição de Efraim que terminou dando com os burros n’água. Agora quando surge a possibilidade de o dito cujo sári candidato ao Senado na chapa de Ricardo Coutinho - caso o PT seja obrigado a seguir caminho diferente - eis que o Ministério Público Federal denuncia o mesmo por contratar sem licitações, juntamente com o ex-diretor adjunto do Senado José Alexandre Lima Gazineo e cinco empresários. O azar tem perseguido Efraim que precisa urgentemente tomar uns bons banhos num terreiro qualquer.


    NINGUÉM ENTENDEU O FECHAMENTO DO ACESSO AO EMPÓRIO SAINT PATRICK

    Se não for uma deslavada perseguição do DINIT, vai ficar muito difícil explicar a repentina ação para fechar o acesso ao Empório Saint Patrick que vinha fazendo enorme sucesso na estrada de Cabedelo. A alegação ventilada por alguns de que o fechamento do acesso seria em razão da segurança cai por terra, pois existe na mesma estrada milhares de estabelecimentos, inclusive até motéis com acesso para a estrada e até mesmo um famoso shopping. Só mesmo na Paraíba onde se precisa cada vez mais de empresas e consequente geração de empregos é que acontece algo assim, que soa a grave perseguição gratuita e sem motivos, Ou será que tem motivos e nós pobres mortais não sabemos?

    Esta coluna é publicada no http:/www.blogdopedromarinho.com e em quatro portais.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 24.07.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Presidente Michel Temer chega nesta quinta à Paraíba e reúne lideranças do PMDB





    O Presidente Nacional do PMDB e Vice-Presidente da República, Michel Temer (SP) chega nesta quinta-feira (24) à Paraíba, onde participa de programação da campanha a Governador do Estado do candidato da Coligação Renovação de Verdade (PMDB-PT), Vital do Rêgo. Temer passa o dia inteiro em João Pessoa, onde concede entrevista coletiva e se reúne com lideranças do partido de toda a Paraíba.

    Michel Temer, que novamente vai disputar o cargo de Vice-Presidente da República na chapa encabeçada pela Presidente Dilma Rousseff (PT), que disputa a reeleição na coligação PT-PMDB, chega a João Pessoa por volta das 9h. No mesmo voo virá o senador e candidato a Governador Vital do Rêgo, que passou esta quarta-feira (23) em Brasília, em atividades do seu mandato de Senador da República..

    Michel Temer, Vital e outros membros da comitiva seguirão direto para a sede do Diretório Regional do PMDB, na Avenida Duarte da Silveira, nº 751, no centro de João Pessoa, onde, a partir das 10h, Temer concederá uma entrevista coletiva à imprensa paraibana.


    Após a entrevista, na própria sede do Diretório Regional do PMDB, Michel Temer participa de um encontro com deputados estaduais, deputados federais, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, presidentes de diretórios municipais do partido e lideranças diversas.

    Na oportunidade, eles debaterão sobre estratégias nos municípios visando o fortalecimento da campanha e formas de levar a mensagem e as propostas de Vital para o Governo do Estado, a toda a Paraíba.

    Este será o primeiro grande ato político do qual irá participar Michel Temer, já como candidato à reeleição, em favor de Dilma e, na Paraíba, de Vital, candidato de uma coligação que envolve PMDB e PT, a mesma aliança nacional que tem Dilma e Temer como candidatos a presidente e vice, respectivamente. Às 13hs, Michel Temer deixa a Paraíba, retornando a Brasília.

    Michel Temer reassumiu na última quarta-feira (16) a presidência nacional do PMDB, posto do qual estava licenciado desde o último mês de março de 2013, quando foi reeleito para o comando da legenda. “Poderei ter um protagonismo maior de natureza exclusivamente política, não apenas administrativa. Esse protagonismo significa que vamos percorrer o país exatamente para tentar em todos os Estados fazer prevalecer o nosso PMDB”, afirmou Temer, na oportunidade.

    Assessoria


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 24.07.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Senado volta a examinar classificação de papiloscopistas como peritos oficiais




     Por: Agência Senado

     

    A classificação dos papiloscopistas como peritos oficiais, que já foi objeto de um veto presidencial no ano passado, voltará a ser debatida no Senado. Chegou à Casa neste mês o PLC 78/2014, do deputado Luciano Castro (PR-RR), que inclui os peritos em papiloscopia na mesma condição de peritos criminais, médico-legistas e odontolegistas, conforme estabelecido na Lei 12.030/2009.

    Ao apresentar o projeto, em 2011, o autor ressaltou que a medida reproduz "tendência que já se observa nas carreiras policiais de alguns Estados-membros". Durante a tramitação na Comissão de Constituição, Justiça e de Cidadania da Câmara (CCJC), o relator, deputado João Campos (PSDB-GO), destacou que o projeto garante autonomia aos papiloscopistas.


    No Senado, a proposta será examinada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde aguarda designação de relator. Em seguida será votada em Plenário.

    Projeto vetado

    Em 2013, depois de aprovado no Senado e na Câmara, foi enviado a sanção projeto semelhante de autoria da ex-senadora Ideli Salvatti. O PLS 244/2009, no entanto, acabou vetado integralmente.

    Na justificativa do veto, a presidente Dilma Rousseff alegou vício de iniciativa, pois projetos que criam ou alteram carreiras do serviço público federal são de competência privativa da Presidência da República. Também argumentou que o projeto invade competência dos estados ao tratar da organização das polícias civis.

     


    Fonte: Agência Senado


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 24.07.2014 | Autor: Pedro Marinho

    As belas da quinta - Fotos









    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 24.07.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Brasil perde da Alemanha por 11 a 1 na Copa do Mundo de Robótica




     
    Seleção brasileira não faz boa campanha na competição: em cinco jogos, sofreu 20 gols e marcou apenas um

    Público pode conferir competições de perto até a quinta-feira (28) no Centro de Convenções
    Os torcedores brasileiros mal superaram a derrota histórica contra a Alemanha na Copa do Mundo e já precisam lidar com outra goleada. Desta vez, no ramo da robótica. Os alemães venceram o Brasil por 11 a 1 no campeonato mundial de futebol de robôs, a Robocup, que neste ano acontece em João Pessoa.

     Portal Correio

    A seleção brasileira não conseguiu sequer fazer um gol de honra. O único tento registrado a favor dos donos da casa foi marcado pela Alemanha. O time do Brasil é formado por estudantes da Universidade Federal de Uberaba. Eles disputam a categoria Humanoid TeenSize e não faz boa campanha na competição. A equipe já acumula quatro derrotas e um empate. Desde o início da Robocup, o time sofreu 20 gols e marcou apenas um.

    * Robôs falam 22 línguas, dançam Michael Jackson e podem revolucionar educação

    A Robocup 2014 está aberta a visitação do público desde a segunda-feira (21) e paraibanos e turistas podem conferir o evento até esta quinta (24). A Copa do Mundo de Robótica acontece no Centro de Convenções.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 24.07.2014 | Autor: Pedro Marinho

    TJPB nega pedido de pensão à viúva de ex-deputado




    A Segunda Seção Especializada Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba negou, nesta quarta-feira (23), o pedido de concessão de pensão por morte à senhora Maria José Souto, viúva do ex-deputado estadual José de Sousa Arruda. Ela havia impetrado um mandato de segurança contra ato da secretária de Administração do Estado da Paraíba e do presidente da PBPrev – Previdência Paraíba, que já haviam indeferido o pedido de pensão.

    De acordo com os autos, Maria José de Souto entrou com o pedido de pensão junto à Secretaria de Administração do Estado e à PBPrev, por decorrência do falecimento do ex-deputado José de Sousa Arruda, no dia 17 de setembro de 2008, com quem era casada, à época. No entanto, o pedido foi indeferido e os órgãos estaduais fundamentaram que o benefício não era previsto pela Lei Estadual nº 7.517/03, que regulamenta o Regime Próprio de Previdência.

    Insatisfeita, a viúva entrou com um mandado de segurança, alegando que o ex-deputado exerceu mandato na Assembleia Legislativa da Paraíba de janeiro de 1947 a janeiro de 1951 e ainda por períodos nos anos de 1955, 1956, 1957 e 1958, perfazendo um total de seis anos e quatros meses de mandato.

    Para fundamentar a pensão, Maria José pediu o enquadramento nos artigos 2º e 3º, II, do Decreto Estadual nº 5.187/71, artigos 4º e 22º, da Lei nº 5.238/90 e artigo 1º, da Lei nº 4.191/80, com a redação dada pela Lei nº 4.650/84.

    Em sua decisão, o relator da matéria, juiz convocado Marcos Coelho de Salles, observou que toda legislação utilizada pela impetrante para fundamentar o seu pedido de pensão havia sido revogada pela Lei nº 7.517/2003, que regulou o Regime Próprio de Previdência, e pela Lei nº nº 6.718, de janeiro de 1999, que extinguiu o Regime Previdenciário Titular de Mandato Eletivo Estadual.

    "A pensão desejada, portanto, foi extinta do ordenamento jurídico no ano de 1999, de sorte que o falecimento ocorreu em 17 de setembro de 2008, não há direito adquirido a ser amparado, aplicando-se à espécie a Súmula nº 340 do Superior Tribunal de Justiça, cujo teor dispõe que a lei aplicável à concessão de pensão previdenciária por morte é aquela vigente na data do óbito do segurado", observou o relator.

    Por fim, o magistrado votou pela rejeição das arguições de impossibilidade jurídica do pedido, de inadequação e de decadência levantadas pela Secretaria da Administração do Estado, e acolheu a preliminar de ilegitimidade da Secretaria do Estado. No mérito, votou pela denegação da segurança, no que foi acompanhado à unanimidade.

    Parlamentopb.com


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 24.07.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Dilma: Suassuna traduziu a lama nordestina'




     
    Em nota, a presidente Dilma Rousseff diz que guarda ótimas recordações dos encontros que teve com o escritor e desejou aos parentes, amigos e leitores, seus sentimentos neste momento de perda; velório do corpo de Suassuna será no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo pernambucano, no Recife; o enterro será amanhã (24), às 16h, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, região metropolitana do Recife

    Luciano Nascimento da Agência Brasil - A presidenta Dilma Rousseff destacou hoje (18) que a literatura brasileira perdeu uma grande referência cultural, com a morte do escritor e dramaturgo Adriano Suassuna.

    Em nota divulgada após a notícia da morte de Suassuna, a presidenta diz que "Suassuna foi capaz de traduzir a alma, a tradição e as contradições nordestinas em livros como Auto da Compadecida, Romance d'A Pedra do Reino e O Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta."

    A nota destaca ainda que a obra do escritor pernambucano, que morreu em decorrência de um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico, aos 87 anos, é essencial para a compreensão do Brasil.

    A presidenta diz que guarda ótimas recordações dos encontros que teve com o escritor e desejou aos parentes, amigos e leitores, seus sentimentos neste momento de perda.

    Suassuna era era membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) desde 1994, ocupando a Cadeira 32.

    Ele foi autor de mais de dezenas de peças de teatro e de livros, sendo o Auto da Compadecida, sua obra de maior alcance popular.

    O velório do corpo de Suassuna será no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo pernambucano, no Recife. O enterro será amanhã (24), às 16h, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, região metropolitana do Recife.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 24.07.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Fim da crise para Dilma, que atinge Aécio e Campos




    :
    No sobe e desce da eleição, presidente sai por cima em caso da compra da refinaria de Pasadena, que consumiu rios de tinta da mídia tradicional; senador tucano é surpreendido por denúncia de aeroporto feito em fazenda de seu tio-avô, em Cláudio, Minas; ex-governador de Pernambuco sofre com investigação da PGR sobre relação entre o PSB e o Pros, sob suspeição de propina; TCU isentou Dilma Rousseff por negócio feito por diretores da Petrobras; Aécio Neves se bate para explicar plenamente decisão tomada como governador de Minas Gerais; Eduardo Campos experimenta revés em seus domínios; mudanças contínuas
    23 DE JULHO DE 2014 ÀS 22:03

    247 – Para o bem ou para o mal, um dia após o outro faz mesmo muita diferença. Especialmente numa disputada eleição presidencial. É o que se vê, nesta quarta-feira 23, entre os três principais candidatos ao Palácio do Planalto.

    A presidente Dilma Rousseff, que passou os primeiros quatro meses do ano pressionada pelo caso Pasadena, acaba de ultrapassar essa crise. O senador Aécio Neves, até aqui flanando na ausência de problemas sérios a resolver, encontrou uma para ele administrar no caso do aeroporto instalado na fazenda de seu tio-avô, em Cláudio, quando ele era governador do Estado. No cargo, em Pernambuco, Eduardo Campos determinou desapropriação de terrenos na Zona a Mata, mas se tornou candidato a réu em ação popular impetrada por advogado. Além disso, vai ter de administrar autorização de abertura de investigação regional, determinada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sobre relacionamento entre o PSB regional e A inversão de papéis se dá num momento em que, com sinais trocados, a candidata a reeleição pelo PT e o postulante pelo PSDB são vistos de maneiras díspares pelos chamados analistas de pesquisas. Enquanto Dilma passaria a enfrentar problemas para vencer em primeiro turno, Aécio seria um duro adversário na segunda volta. Antes das projeções, porém, a situação se inverteu entre eles.

    Com uma decisão facilmente compressível, o Tribunal de Contas da União manteve o entendimento de que a compra da refinaria de Pasadena, pela Petrobras, deve continuar sendo investigada por suspeita de ter sido lesiva aos cofres da estatal. Mas esclareceu que a então presidente do Conselho de Administração não teve nada a ver, absolutamente nada, com evetuais maracutaias praticadas entre diretores. Hectolitros de tinta preta foram gastos pela mídia tradicional para atribuir responsabilidade à presidente no caso, mas muito menos devem ser usados para mostrar que, após investigação, ela foi isenta.

    Com o senador Aécio Neves está acontecendo diferente. Até aqui, ele não enfrentou nenhum grave problema em seu passado de administrador público. Duas vezes governador de Minas Gerais, ele se surpreendeu, dias atrás, com a denúncia de que teria, no cargo, construído um aeroporto, ou pista de pouso, dentro de uma fazendo de seu tio-avô, com pagamento de R$ 1 milhão pela compra. Com duas opiniões jurídicas de peso a seu favor, dos ex-presidentes do STF Carlos Velloso e Ayres Brito, ainda assim Aécio tem de ser explicar quando gostaria de, apenas, estar atacando.

    A troca de posição entre os dois primeiros colocados nas pesquisas tende a continuar, por um ou outro motivo, acontecendo. Afinal, trata-se de uma disputa que os dois lados – com o acréscimo, é claro, do tudo o que pode ser feito pelo presidenciável Eduardo Campos em termos de crescimento – consideram a mais acirrada desde 2002, quando o ex-presidente Lula chegou ao poder. Um tira-teima histórico no qual quem está por cima num dia, pode experimentar o inferno astral no outro.


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 24.07.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Prefeita de Diamante é cassada pela Justiça Eleitoral por suposta compra de votos




    Assessoria jurídica da prefeita anunciou recurso ao TSE | |
    A prefeita do município de Diamante, no Sertão da Paraíba, Marcília Mangueira (PMDB), teve o seu mandato cassado pela Justiça Eleitoral nesta quarta-feira (23). A gestora foi acusada de abuso do poder econômico nas eleições.

    A assessoria jurídica de Marcília Mangueira prefere não se pronunciar sobre a decisão do Juiz da 33ª Zona Eleitoral , mas adiantou que a prefeita deve recorrer e pedir uma liminar para que ela possa continuar no comando do Poder Executivo.


    Marcília Mangueira teve o mandato cassado por suposta compra de votos nas eleições de 2012.

     

    MaisPB com Vale News PB


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 24.07.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Presidente do PMDB ignora apoio de vereador de JP a Ricardo e Lucélio




     Vereador do PMDB de João Pessoa participou de encontro de adesão a candidatos | |
    Um dia após a participação do vereador de João Pessoa Mangueira (PMDB) em um encontro de parlamentares com o candidato ao Senado Lucélio Cartaxo e ao governo Ricardo Coutinho (PSB), o presidente estadual do PMDB, José Maranhão, preferiu não tratar do tema e disse que vai aguardar os acontecimentos, afirmando que ainda não está definido o procedimento do partido em atos similares ao do vereador da Capital.

    Mangueira esteve na Granja Santana, nesta terça-feira (22), e foi fotografado, sorridente, entre os parlamentares que declararam apoio a candidatura de Ricardo e Lucélio.

    Maranhão, que também é candidato ao Senado, disse que ainda não tinha tomado conhecimento da participação do vereador na reunião com Ricardo, classificou a adesão do parlamentar ao socialista como “boato” e disse que muitas fotos são contestadas após publicação. Ele argumentou que prefere aguardar uma declaração publica de Mangueira para se pronunciar sobre o tema.

    O PMDB tem como candidata ao governo o senador Vital do Rêgo e protagoniza uma briga na Justiça Eleitoral para que o PT deixe de apoiar a candidatura do PSB e passe a integrar a aliança com o PMDB.

     


    Écliton Monteiro – MaisPB

     


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 24.07.2014 | Autor: Pedro Marinho

    MEC autoriza curso de Medicina do Unipê




     Candidatos podem se inscrever entre os dias 25 de julho a 05 de agosto


    O Ministério da Educação autorizou, nessa quarta-feira (23), a abertura do curso de Graduação em Medicina do Centro Universitário de João Pessoa - Unipê, uma conquista para a sociedade e da instituição que, na atividade educacional, vem se destacando como a melhor do Estado, segundo indicadores do próprio MEC.

    O curso foi autorizado pela Portaria nº399, de 22 julho de 2014, assinada pela Secretária de Regulação e Supervisão da Educação Superior, Marta Wendel Abramo, e publicada hoje (23), no Diário Oficial da União. Foram autorizadas 100 vagas, e a Instituição irá realizar vestibular para a primeira turma do referido curso já em agosto próximo, dias 16 e 17, cuja turma irá ingressar ainda no período 2014.2. As inscrições estarão abertas entre os dias 25 de julho a 05 de agosto.

    Fundamentado no forte compromisso com a região, com enfoque no contexto nacional, o Unipê atua na transmissão de conhecimentos e na busca participativa de soluções que ajudem a reduzir as desigualdades sociais e a proporcionar uma melhor qualidade de vida à sua população.

    Para reitora do Unipê, profa. Ana Flávia Pereira, esta é uma conquista de toda a Paraíba, pois buscará formar profissionais comprometidos com a realidade social, para atuarem de forma humanizada, focados na melhoria da qualidade de vida da população local e regional. “A proposta é garantir uma formação médica integrada com a rede pública de saúde e voltada às necessidades da Capital, do Estado e da Região”, declarou.

    “O curso de Medicina visa se integrar a projetos já existentes na Instituição e às atividades multiprofissionais e interdisciplinares dos demais cursos da área de saúde do Unipê, todos tradicionais e reconhecidos pelo MEC com ótimos conceitos (4 e 5)”, declarou o coordenador dos cursos da área de saúde e também coord. do curso de Medicina do Unipê, professor Rosalvo Zósimo Bispo Jr.

    Convênios com a rede pública

    Assim como já ocorre com os demais cursos da área de Saúde, o curso de Graduação em Medicina se integrará ao Sistema Único de Saúde local e regional. Para isso, o Unipê mantém convênios com as Secretarias de Saúde do Município de João Pessoa e do Estado da Paraíba.“Dessa forma, desde os primeiros períodos, os alunos deverão aliar teoria e prática, dentro da estratégia da rede de Atenção Básica e, em graus crescentes de complexidade (média e alta) serão treinados e capacitados para a conduta frente às mais diversas situações ou condições clínicas, da nossa realidade epidemiológica”, declarou prof. Zósimo.

    Projeto Pedagógico

    O Projeto Pedagógico do Curso (PPC) está voltado à formação de médicos generalistas que atendam ao Sistema Único de Saúde (SUS), convindo destacar que toda a infraestrutura já existente na instituição e na rede conveniada, corpo docente altamente qualificado, bem como os projetos de extensão voltados à comunidade, foram itens considerados relevantes para a aprovação do curso de medicina do Unipê.

    A Instituição tem como proposta buscar selecionar um alunado proativo e desenvolver metodologias ativas de ensino-aprendizagem, desde o primeiro ano de ingresso no curso superior.“O objetivo principal desta proposta é desenvolver a integração: da teoria com a prática; entre os cursos da área da saúde; do ensino, serviço e comunidade; entre os componentes curriculares; assim como, entre os diferentes períodos do curso”, concluiu prof Zósimo ao destacar os diferenciais do curso de Medicina do Unipê


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários

  • 24.07.2014 | Autor: Pedro Marinho

    Processos que pedem impugnação de Cássio serão julgados até o dia 5 de agosto




     

    Relator terá até o dia 5 de agosto para julgar todos os pedidos de impugnação

    Os pedidos de impugnação movidos contra a candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ao governo do Estado já têm um relator escolhido pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE). Trata-se do juiz federal Rudival Gama do Nascimento.

    Ontem, o advogado Harrison Targino, representando a coligação A Vontade do Povo, protocolou seis petições contra os pedidos de impugnação movidos pelos candidatos a deputado estadual Maria da Luz (PRP) e Rafael Lima (PSB).

    Também foram contestados os pedidos elaborados pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), pela direção do PSB e a impugnação proposta pelo cidadão Demócrito Medeiros de Oliveira, mais conhecido como Moca Medeiros.

    O prazo para julgamento dos pedidos de registros de candidaturas se encerra no próximo dia 5 de agosto.

    blogdotiaolucena.com


    Arquivado em Artigos

    ( 0 ) comentários


ver mais antigas